10 dicas da SPC para a segurança dos smartphones e tablets

Com o cenário de cibersegurança atual, os ataques informáticos têm tido um aumento constante e a exploração de falhas nos sistemas é cada vez mais aproveitada pelos criminosos para conseguirem aceder à informação pessoal dos utilizadores.

Sendo a SPC uma empresa tecnológica europeia especializada no desenvolvimento de produtos eletrónicos, a mesma decidiu partilhar 10 dicas de segurança cruciais para manter os smartphones e tablets em segurança.

smartphone SPC Discovery Pro
Publicidade

A SPC recorda que os tablets e, especialmente, os smartphones armazenam muita informação pessoal e bancária dos utilizadores e estão constantemente ligados à rede, tornando-se assim um alvo muito atrativa para os hackers.

10 recomendações de segurança da SPC

Cada vez mais se tem mostrado uma prática comum para os hackers copiarem grandes marcas como a Microsoft, Amazon e Google para conseguirem obter os dados dos utilizadores.

Com este tipo de ataques, muitas vezes, o acesso aos sites fraudulentos é feito através dos equipamentos móveis que nos acompanham no dia a dia e que acabam por colocar a nossa segurança em perigo.

Assim sendo, a SPC começa por deixar o conselho de que nunca devem ser utilizadas informações pessoais que sejam óbvias. Ou seja, voltar a referir que a configuração de senhas/passwords devem ser pensadas para serem algo forte e complexo de adivinhar, mas fácil de lembrar.

Neste campo, a empresa recomenda que os utilizadores não recorram a informações pessoais óbvias para criarem uma password. Nomes, datas de nascimento ou palavras do dicionários, são alguns exemplos que devem ser evitados. A SPC alerta que este tipo de informação é fácil de adivinhar e que devem ainda ser evitadas sequências como “123456”ou “qwerty”.

password 123456

Uma boa forma de criar uma password forte, segundo indica a marca, é recorrer a acrónimos ou abreviações de uma frase que seja significativa para o utilizador, mas difícil de adivinhar.

Por outro lado, os utilizadores devem tirar proveito dos métodos de bloqueio biométricos, sempre que disponíveis, como as impressões digitais ou o reconhecimento facial, de forma a garantir o acesso único aos equipamentos.

Como segundo ponto de destaque, a SPC recomenda que se evite instalar aplicações provenientes de links ou fontes desconhecidas. O download de aplicações deverá ser sempre feito através das lojas oficiais ou de sites devidamente verificados, como é o caso da Google Play Store.

Android malware virus

Os utilizadores devem evitar instalar aplicações que sejam recomendadas por algum tipo de link ou outra fonte desconhecida, uma vez que podem estar a cair num esquema fraudulento. A SPC recomenda que se deve ler as avaliações e comentários deixados por outros utilizadores antes de se fazer o download de uma app.

Esta é uma forma de obter algum feedback sobre a aplicação e saber se existem queixas que deve ter em atenção.

A SPC recomenda também a utilização de um antivírus. Este deve ser um serviço de confiança, robusto e seguro, capaz de oferecer uma segurança adicional contra malware, phishing e outras ameaças online.

Por vezes, um serviço de antivírus gratuito não é o mais completo, mas em conjunto com uma utilização consciente é uma barreira extra para qualquer imprevisto.

backup copia de seguranca ciberseguranca

Os backups devem ser feitos com regularidade de forma a garantir que os dados dos equipamentos estão sempre atualizados e salvaguardados num sítio seguro.

No caso de um roubo, falha ou perda do equipamento, o backup vai permitir reaver a grande maioria da informação armazenada no dispositivo. A SPC explica como fazer o backup nos equipamentos Android, mas poderá haver ligeiras mudanças no procedimento de marca para marca.

Para efetuar o backup dos equipamentos, o utilizador deverá ir às definições, selecionar o menu Google e, nesta página, deverá aparecer para realizar o backup agora. A SPC aconselha a verificar se tem a opção “Cópia de Segurança no Google One” ativa.

google photos

De forma a garantir que tem sempre as fotos e vídeos guardados, deverá ir até à aplicação Google Photos e verificar se tem a cópia de segurança ativa. Esta é também uma forma mais simples de ter todas as fotos e vídeos presentes em todos os equipamentos e, até mesmo, num novo equipamento que venha a comprar.

A SPC reforça o cuidado que deve haver com a ligação a redes Wi-Fi que devem ser apenas selecionadas as redes de confiança. Caso seja mesmo necessário ligar-se a uma rede pública, deverá recorrer a uma VPN para criptografar a ligação dos equipamentos e proteger os dados enquanto estiver online.

ciberseguranca hacker ransomware vpn smartphone

Um outro passo que deve sempre ter em consideração e verificar se está ativo, é o bloqueio remoto, de forma a que possa proteger a informação presente nos equipamentos em caso de perda ou roubo.

A SPC explica que esta função permite rastrear, bloquear e apagar, de forma remota, os dados do equipamentos em caso de perda ou roubo. A função de bloqueio remoto costuma estar associada aos serviços de localização e segurança de origem dos equipamentos.

No caso do sistema Android, esta funcionalidade está nas definições, dentro do menu Google. Aqui deverá procurar pelo separador Localização e Encontrar o Meu Dispositivo.

data breach seguranca informatica hacker surfshark ransomware dados roubo malware phishing dados

Passando para a sétima dica da SPC, a empresa recomenda não clicar em links de fontes não confiáveis. Seja via email, mensagem ou outra forma de interação, se não conhecer a fonte, não clique no link.

Se o site não for verificado ou seguro, não deverá introduzir quaisquer dados pessoais ou de login de qualquer conta, pois poderá tratar-se de um esquema de phishing.

Conexões que não são utilizadas devem permanecer desativadas. A SPC deixa esta dica que, apesar de poder ser contraditória, faz sentido.

Kobo elipsa 2E

Nos casos em que esteja num ambiente seguro, por exemplo em casa, deverá desligar os serviços que não vai necessitar (bluetooth, GPS, etc.) e até mesmo o Wi-Fi quando não tiver uma ligação de confiança onde estar ligado.

Desta forma, não só poupa um pouco de bateria dos equipamentos, como reduz o risco de uma possível exploração destes serviços por parte de terceiros.

A SPC aconselha ainda que os utilizadores se mantenham informados sobre novas ameaças que possam surgir. Saber quais são as ameaças mais recentes e as práticas de segurança que vão sendo recomendadas faz parte de uma educação contínua.

Esta educação é fundamental para aumentar o nível de segurança de todos, permitindo assim uma abordagem proativa na proteção dos equipamentos.

black friday sale smartphone descontos shopping compras

Por fim, o último conselho da SPC, passa por pedir aos utilizadores que tenham cautela com promoções e ofertas suspeitas. Um negócio que pareça demasiado bom para ser real, provavelmente, não é mesmo real.

Deve manter a atenção a este tipo de promoções que podem aparecer de várias formas e feitios e que só tem um único objetivo: roubar dados ou dinheiro dos utilizadores.

Seguindo estas 10 dicas e conselhos deixados pela SPC, os utilizadores vão conseguir fortalecer a segurança dos smartphones e tablets que os acompanham. A prevenção é a chave para manter a integridade dos dados e preservar a privacidade de todos.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory