8 erros a evitar para ter mais sucesso num hackathon

Um hackathon é uma ótima oportunidade de sair de sua zona de conforto, desafiar a si
mesmo, experimentar e aprender algo novo, partilhar experiências e conhecer pessoas
interessantes. E por fim, mas não menos importante, receber uma dose de adrenalina, já que todo hackathon não deixa de ser uma competição.

Sem dúvidas, toda a equipa que participa num hackathon quer vencer. No entanto, algumas cometem erros prejudiciais que podem impedi-las de colherem os louros merecidos.

Caso esteja a pensar participar num Hackathon, estes são os erros que não deve fazer de forma a aproveitar ao máximo a experiência.

hackathon
Publicidade

Não fazer o dever de casa

A etapa de preparação é altamente importante! Não tenha preguiça, invista no seu tempo para não gastar minutos preciosos do evento fazendo o que poderia ter feito com antecedência.

Primeiro, estabeleça uma comunicação com os organizadores. Faça perguntas e saiba todos os detalhes.

Descubra se eles irão fornecer servidores ou repositórios, que ferramentas e abordagens são permitidas e quais são inaceitáveis.

Haverá acesso a mentores, equipes de suporte, representantes de empresas ou usuários finais, quais problemas que vai ter de resolver durante a competição? Qualquer informação pode ser útil. Não deixe de falar com os organizadores durante o evento também, as respostas deles podem levá-lo na direção certa.

Em segundo lugar, pense nas tarefas que lhe serão atribuídas. Existem hackathons em que os participantes só podem seguir uma direção geral. O outro formato é quando as equipas resolvem tarefas e problemas reais.

Prepare-se para ambos! Dê uma atenção especial ao domínio em que vai trabalhar e procure entendê-lo de forma clara. Assim, pode ter várias ideias em mente sobre que conceito criar.

Leia sobre os organizadores e as suas verticais de negócio. Imagine quais pontos críticos que eles talvez queiram resolver e faça uma lista de ideias de como essas áreas problemáticas podem ser resolvidas.

hackhaton

Trabalhar com pessoas aleatórias

Sem as pessoas certas, poderá estar sempre a recuar e talvez não consiga obter um protótipo que funcione.

Uma equipa forte é aquela em que todos os membros são multidisciplinares, estão prontos para lidar com tarefas novas e incomuns, e são pessoas que aprendem rápido e não têm medo de testar novas abordagens em atividade.

Em boas equipas de hackathon, as pessoas complementam-se. Precisar de dois especialistas com as mesmas competências é um caso bem raro.

Pense em todas as etapas de criação do produto e na experiência que é necessária para abrangê-las, e escolha sua equipa com base nessas necessidades.

Pessoas de mente fechada e que não estão prontas para se comprometer ou que não lidam bem com críticas, no geral, não são membros eficientes.

Sendo assim, preste atenção nas “soft skills” ao escolher os membros da sua equipa. É impossível ganhar o Hackathon sem pessoas motivadas que querem fazer a diferença e estão prontas para ir além.

Expectativas desproporcionais

Quando já tem uma visão clara do seu futuro produto, é bem difícil evitar adicionar um monte de recursos extras.

É perigoso tentar lidar com tudo de uma vez, pois pode acabar a chegar à final com um produto completamente inacabado.

Pense grande, mas comece pequeno. Determine o principal modelo de negócios e foque nele desde o início.

Faça o melhor para dividir seu projeto em recursos menores. Se não tiver tempo suficiente para finalizar, pelo menos terá algo.

Caso tenha algum tempo livre, poderá implementar o resto de suas ideias, só tente avaliá-las e priorizá-las de forma sensata.

Em terminologia de startup, isso chama-se MVP (em tradução livre: Produto Mínimo Viável).

pc pme work empresa trabalho

Evite um início lento

É algo que acontece com frequência. Ao iniciar uma tarefa, muitas equipes, especialmente novatos, perdem muito tempo para dar seu primeiro passo.

Elas pensam em conceitos, passam por cada mínimo detalhe, fazem listas longas de possíveis recursos, arrumam espaços de trabalho, fazem brainstorming e atribuem funções numa equipa; fazem tudo, exceto trabalhar de facto.

Quanto mais tempo levarem para arrancar, menores as chances de chegar à linha de chegada com bons resultados.

Faça alguns desses preparativos com antecedência. Defina as funções na equipa com antecedência, assim todos quais são suas responsabilidades e podem começar a trabalhar logo nelas.

Certifique-se de que não haja situações em que duas ou mais pessoas estão a trabalhar na mesma tarefa.

Não quer que as pessoas passem uma por cima das outras enquanto as outras tarefas são ignoradas.

Trabalhar sem pausas

Lembre-se de fazer pausas regulares para beber algo, alongar o corpo e clarear a mente.

Às vezes, afastar-se de sua tarefa e ter uma breve mudança no ritmo pode ajudar a resolver seus problemas e romper questões delicadas.

Hacker PC Virus Ataque Ransomware

Esquecer o equilíbrio

Pode acontecer de no meio do hackathon dar-se conta de que não poderá mostrar algo aos jurados.

Muitas coisas podem acontecer devido à falta de experiência, algum imprevisto ou soluções supercomplicadas.

Seja como for, lembre-se sempre de atingir o equilíbrio entre uma aplicação que funciona e a interface de utilizador.

É apenas um hackathon, ok? Ninguém espera que tenha uma interface super polida.

Poderia ficar surpreso com o quanto é fácil cair na armadilha de passar horas a pensar num logotipo ou perder um tempo precioso, pois as colunas não estão alinhadas.

Vá com calma nisso. Afinal, a sua tarefa principal é a demonstração do seu produto.

Frustrar-se com o espaço aberto

Para a maioria das pessoas, trabalhar num espaço aberto, barulhento e lotado é um verdadeiro desafio.

Como tem de estar visível no evento, isso significa que todos poderão ver os seus sucessos e fracassos. Por outro lado, conhecerá também todos os problemas e conquistas os seus vizinhos.

O astral das pessoas ao seu redor influencia o seu próprio astral mais do que pensa. Talvez demore muito para que sua equipa se acostume e, durante esse tempo, a sua eficiência estará longe de ser perfeita.

Tente focar nas suas tarefas e passe o menor tempo possível a olhar para outros participantes.

pessoas alunos escola pc computador estudar

Deixar o pitch ao acaso

Esta é a coisa mais importante, caso realmente queira sair-se bem num hackathon. Planeie bem o seu pitch.

Deve passar tempo suficiente na demonstração do produto, pois essa é a parte mais importante e verdadeira razão de você estar ali.

Caso tenha a oportunidade de escolher a ordem do seu discurso, peça sempre para ser o primeiro ou o último, essas equipas são lembradas com mais frequência.

Um grande erro que quase todos cometem é não passar tempo o suficiente a preparar o pitch. Cerca de meia hora antes da parte de desenvolvimento terminar, pare tudo que está a fazer, mesmo que a implantação do recurso esteja “quase a acabar”.

Tire tudo o que não funciona e fale sobre como vai apresentar. Caso tenha alguma coisa realmente maravilhosa a acontecer nos bastidores, pense numa forma de mostrar.

Um efeito de admiração ajudará os jurados a destaca-lo das dezenas de outras equipas participantes no hackathon.

Participe no hackathon “Hack for Peace”

Participe na “Hack for Peace”, um hackathon europeu, para encontrar e criar soluções tecnológicas para problemas da guerra!

O evento ocorrerá em 21-23 de outubro, em cinco países: Ucrânia, Reino Unido, Suécia, Polônia e Portugal. Não perca a chance de mudar o mundo para melhor! Candidate-se aqui (para participantes) e aqui (para mentores).

Artigo escrito por Tetyana Osetrova, antiga Gestora de Contas e Gestora de Projectos da Sigma Software
Group
.

nordvpn black friday campanha

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory