A Segurança e a Privacidade nos Casinos Online Portugueses

Até há relativamente pouco tempo, a sociedade portuguesa olhava com desconfiança para as compras feitas pela internet. Aliás, até hoje é normal encontrar internautas a perguntar pela fiabilidade de um determinado site, receosos de enviar dinheiro para um sítio fraudulento. Contudo, felizmente, a maioria do país modernizou-se e, atualmente, as compras online são extremamente comuns.

No entanto, o momento de confirmar o que está no carrinho de compras não é o único momento em que os portugueses inserem os seus dados de pagamento sensíveis num site. Os casinos online são, cada vez mais, uma das formas preferidas dos internautas portugueses e, para que possam jogar num casino online dinheiro real em Portugal, é necessário que os jogadores introduzam os dados das ou associem as suas contas de pagamento.

Por isso, é normal que a questão se coloque: afinal, quão seguros são os casinos online portugueses? É isso que vamos descobrir neste artigo.

portal da queixa casinos online
Publicidade

Um país de jogadores

Ao contrário daquilo que talvez se possa pensar, os portugueses gostam bastante de jogar em casinos online. Em 2022, por exemplo, os portugueses gastaram diariamente uma quantia de aproximadamente 31 milhões de euros em apostas online. A isso acrescenta-se ainda um número de registos em constante crescimento—de um trimestre para outro, o número de jogadores registados em casas de apostas online aumentou em cerca de trezentos mil.

Como tal, vários operadores tentaram capitalizar nesta paixão pelos jogos de azar. À data, o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), a entidade que regula e licencia os jogos de azar em Portugal, conta com 17 entidades licenciadas para explorar os jogos de azar online e as apostas desportivas. Este número, embora possa parecer pequeno, tem vindo a crescer de ano para ano—um dos principais motivos para que os números de operadores licenciados sejam tão baixos são os requisitos muito exigentes do SRIJ.

Segurança acima de tudo

Quando se pensa no cofre de um casino físico, vem-nos à cabeça uma caixa-forte extremamente segura, protegida não só por sofisticados sistemas de segurança, mas também por pessoal altamente qualificado. A ideia não está muito longe da realidade—nem daquilo que se passa nos casinos online.

Surpreendentemente, no entanto, a maior preocupação dos casinos online não é propriamente com que algum hacker altere as probabilidades dos jogos que disponibilizam. Como iremos ver um pouco mais à frente, isso é, na prática, impossível. As preocupações dos casinos online portugueses resumem-se antes à proteção dos dados confidenciais dos seus utilizadores, que muitas vezes incluem nomes completos, cópias de documentos de identificação, moradas, números de cartões de crédito e mais.

Uma falha na segurança de um casino online pode originar uma grande dor de cabeça para os seus clientes. Caso os sistemas de segurança dos casinos não estejam atualizados, é possível que hackers ganhem acesso a informações sensíveis dos utilizadores do casino.

smartphone jogos casino

Medidas de segurança a rigor

A grande maioria dos casinos online utiliza sistemas de segurança similares. No entanto, o nível de segurança é mais aprofundado nos casinos legalizados pelo SRIJ e que, por motivos legais, têm de cumprir com um maior nível de segurança. Embora quase todos os casinos online utilizem ligações encriptadas para salvaguardar os dados dos seus clientes, nem todos referenciam os documentos de identidade de um jogador com, por exemplo, o nome que consta no método de pagamento disponibilizado.

Os casinos online licenciados em Portugal têm ainda uma medida de segurança adicional e que não está presente em muitos dos casinos licenciados noutras jurisdições: os casinos portugueses só podem disponibilizar métodos de pagamento com segurança comprovada. Esta medida, embora garanta uma maior fiabilidade dos pagamentos e segurança dos utilizadores, tem uma grande contrapartida: os casinos licenciados pelo SRIJ não podem disponibilizar métodos de pagamento inovadores, como os pagamentos por criptomoedas.

Sem receio de piratas informáticos

A segurança dos casinos online foca-se maioritariamente na segurança dos dados dos seus clientes por uma boa razão: manipular os jogos disponibilizados pelo casino é praticamente impossível.

A maioria dos casinos online nem sequer aloja os jogos que disponibiliza nos seus próprios servidores. Em vez disso, os jogos estão alojados em servidores de outras empresas, o que por si só significaria que os potenciais hackers teriam de conseguir penetrar dois sistemas distintos. Depois, além disso, muitos dos jogos usam o sistema Provably Fair, que permite comprovar que o resultado de cada ronda foi totalmente aleatório.

Portanto, os casinos não se preocupam com piratas informáticos porque já têm um sistema de segurança extremamente complexo e que previne praticamente todos os ataques nesse sentido. Uma invasão aos seus servidores é mais difícil de controlar e, por isso, é nessa categoria que os casinos online fazem os seus maiores investimentos de segurança.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory