fbpx

Acordo entre ByteDance e Oracle pode não ter aprovação do governo americano

O processo de venda do TikTok ainda não terminou e ainda vários episódios irão decorrer nos próximos dias.

Segundo as últimas informações, a ByteDance tinha afastado por completo a proposta da Microsoft, uma vez que o governo chinês apenas permitia vender a rede social sem o algoritmo, o que tornava a aplicação inútil e sem valor pois seria necessário o desenvolvimento de um novo código.

Assim, a solução encontrada pelo TikTok foi o estabelecimento de uma parceria com a Oracle, algo que poderá não ser aceite pelo governo de Trump.

oracle
Publicidade

Aceitação do acordo entre ByteDance e Oracle está agora nas mãos de Trump

Depois de afastar as negociações com a Microsoft, a ByteDance chegou a acordo com a Oracle de forma a que esta se tornasse na sua agente de segurança de dados seguros nos Estados Unidos, providenciando servidores na Cloud para armazenamento dos dados e garantindo a sua segurança e privacidade como Trump pretendia.

No entanto, além desta solução não ir de encontro ao que Trump pretendia, também o senador republicado Josh Hawley, amigo de Trump, enviou uma carta ao CFIUS (Committee on Foreign Investment in the United States) a contestar esta parceria estabelecida entre ambas as empresas.

A decisão estará agora na mão do presidente americano, que terá de decidir se aceita ou não esta parceria como solução, algo que tanto a Oracle como a ByteDance consideram que irá ser aprovado.

tiktok techbit bytedance

O prazo para a venda do TikTok terminaria hoje, tendo Trump dito que rejeitava a possibilidade de expandir o prazo, embora o seu Secretário do Tesouro tenha referido numa entrevista que o prazo limite para a venda seria o dia 20 de setembro.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade