Análise Huawei Mate 50 Pro – Uma das melhores câmaras em smartphone

A Huawei já não tem a força que tinha outrora no mercado, muito prejudicada pela impossibilidade de utilizar os serviços da Google nos seus equipamentos.

No entanto, houve algo que a marca chinesa não perdeu. A capacidade de fazer excelentes smartphones e de primar na fotografia mantém-se bem presente, sendo o Huawei Mate 50 Pro um excelente exemplo disso.

Nas últimas semanas tivemos oportunidade de testar este equipamento topo de gama e partilhamos agora a nossa análise e opinião.

Huawei mate 50 pro analise
Publicidade

Huawei Mate 50 Pro Review – Um smartphone bastante completo, mas que peca pela falta de serviços da Google

A Huawei continua a fazer alguns dos melhores smartphones do mercado. Embora em termos de software seja muito afetada pela falta dos serviços da Google, continua a aliar num único equipamento uma excelente qualidade de construção a um excelente desempenho e câmara.

Huawei mate 50 pro analise

O Huawei Mate 50 Pro, lançado pela marca chinesa no ano passado e lançado em Portugal este ano, é um excelente exemplo desta descrição que fazemos.

Na frente encontramos um ecrã OLED com 6.74″ com os cantos arredondados nas suas laterais. Apresenta uma resolução 2K com taxa de atualização de 120 Hz, rácio 19.5:9 e proteção com vidro Huawei Kunlun.

Huawei mate 50 pro analise

Em termos de processador, este equipamento recebeu o Snapdragon 8 Gen 1, sem modem 5G, acompanhado por uma Adreno 730, 8 GB de RAM e 256/512 GB de armazenamento UFS 3.1.

Para fotografia, conta com uma câmara principal com sensor de 50 MP de 24mm com abertura variável  f/1.4-f/4.0, PDAF, OIS e foco a laser.

Huawei mate 50 pro analise

Como câmaras secundárias encontramos um sensor de 64 MP (f/3.5, 90mm, PDAF, OIS e zoom ótico de 3.5x) e 13 MP (f/2.2, 13mm, 120º e PDAF).

Em termos de vídeo, consegue gravar em 4K@30/60fps, 1080p@30/60/120/240/480fps, 720p@960fps e 720p@3840fps.

A câmara da frente tem 13 MP (f/2.4, 18mm) e incorpora um sensor TOF 3D para profundidade e biometria.

Huawei mate 50 pro analise

Em termos de bateria, o Huawei Mate 50 Pro apresenta 4700 mAh com carregamento rápido de 66W, carregamento sem fios de 50W e carregamento inverso de 5W.

Conta ainda com resistência à água e pó através da certificação IP68, sensor de impressões digitais debaixo do ecrã, desbloqueio facial Face ID, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac/6, porta infravermelhos e colunas stereo e EMUI 13.

Quanto ao preço, o Huawei Mate 50 Pro está à venda em Portugal por 1249,99€ na loja oficial online da marca, atualmente em campanha de desconto por 1149,99€.

Huawei mate 50 pro analise

Na caixa

  • Huawei Mate 50 Pro
  • Capa protetora transparente
  • Manuais
  • Carregador com fios
Huawei mate 50 pro analise

Design

O Huawei Mate 50 Pro apresenta uma construção robusta que transmite a qualidade e posicionamento de segmento alto deste equipamento.

Com 162.1 x 75.5 x 8.5 mm e 209 gramas, é confortável de utilizar quer na mão como no bolso, embora a traseira possa ser um pouco escorregadia.

Huawei mate 50 pro analise

Falando da traseira, apresenta uma área circular na parte superior onde estão integradas as 3 câmaras juntamente com um sensor de luz de proximidade posicionados de forma simétrica. Nesta área encontramos ainda um sensor multiespectro de 10 canais juntamente com um sensor laser AF.

Ainda na parte traseira, esta é um autêntico íman de impressões digitais e pó junto às câmaras, algo difícil de manter limpo.

Huawei mate 50 pro analise

Na frente, encontramos um ecrã que aproveita bastante bem a moldura e que apresenta as laterais arredondadas. No topo, está localizada a câmara frontal juntamente com o sensor TOF 3D que ocupa uma área generosa e que torna o notch grande ao estilo do iPhone.

Huawei mate 50 pro analise

Já na base, encontramos o conector USB-C juntamente com um microfone e o slot para 2 cartões SIM.

Huawei mate 50 pro analise

Na parte de cima encontramos também um microfone juntamente com o sensor infravermelhos.

Huawei mate 50 pro analise

Por fim, na lateral direito estão localizados os botões de ligar/desligar e o controlo de volume e, do lado esquerdo, é totalmente lisa.

Huawei mate 50 pro analise

Ecrã OLED de 6.74″

O Huawei Mate 50 Pro traz um ecrã OLED de 6.74″ que, embora tenha grandes dimensões, está bem enquadrado na parte frontal apresentando uma moldura bastante pequena, apenas manchada pelo grande notch onde está colocada a câmara frontal e o sensor ToF 3D responsável pelo Face ID para desbloqueio facial.

Huawei mate 50 pro analise

Com resolução 2K, 10 bits, HDR10+ e taxa de atualização de 120 Hz, este ecrã acompanha a qualidade dos seus principais concorrentes e apresenta uma excelente reprodução de cores, bem saturadas, e com bons ângulos de visão.

O brilho máximo atinge os 950 nits, permitindo uma boa visibilidade ao sol, além de poder reduzir até 2 nits para ambientes com pouca ou nenhuma luz.

Huawei mate 50 pro analise

Em termos de taxa de atualização, além dos modos de 60 e 120 Hz, pode ainda usar o modo inteligente que permite que o sistema utilize uma taxa variável (60, 90 ou 120 Hz) consoante as necessidades do Huawei Mate 50 Pro de forma a aumentar a autonomia do equipamento.

Tendo em conta que as laterais são curvadas, o ecrã apresenta uma continuidade que dá alguma beleza à visualização, embora a zona das dobras sofra sempre de um ligeiro esbranquiçado.

Huawei mate 50 pro analise

Desbloqueio facial e impressão digital

O Huawei Mate 50 Pro utiliza um notch de grandes proporções para albergar um sensor de desbloqueio facial completo e fiável.

Huawei mate 50 pro analise

Além disso, o Huawei Mate 50 Pro integra ainda um sensor de impressões digitais na parte inferior do ecrã.

Huawei mate 50 pro analise

Ambos os sistemas funcionaram de forma irrepreensível, sendo verificado que a segurança deste equipamento está assegurada.

EMUI 13

O Huawei Mate 50 Pro traz pré-instalada a EMUI 13 baseada em HarmonyOS. Embora este seja um sistema exclusivo da Huawei, lançado depois de poder aceder aos serviços e produtos da Google, continua a ter o mesmo aspeto que as versões baseadas em Android.

Huawei mate 50 pro analise

Dentro das marcas chinesas, esta foi sempre a interface que mais me captou a atenção, algo que ainda se mantém nos dias de hoje. É simples, fácil de utilizar e bastante personalizável.

Mesmo com a falta dos serviços da Google, que falaremos em seguida, a marca conseguiu adaptar-se e apresenta hoje o seu próprio ecossistema no Huawei Mate 50 Pro que, embora não seja fantástico, tenta suprimir a falta das aplicações da gigante americana.

Huawei mate 50 pro analise

Encontramos assim a própria aplicação, o Petal Maps, a loja de aplicações AppGallery, o navegador Huawei Browser, Huawei Assistant e a Celia ou a ferramenta de pesquisa Petal Search.

O Huawei Mate 50 Pro integra também a funcionalidade superdispositivo prara facilitar a integração de diversos equipamentos Huawei no ecossistema e diversas soluções inteligentes.

O dia a dia sem serviços e aplicações da Google

Se a EMUI 13 é bastante agradável de utilizar, a falta de serviços e aplicações da Google complica um pouco a experiência.

Ao iniciar a primeira vez o smartphone, é possível copiar as aplicações do telemóvel antigo para o Huawei Mate 50 Pro. Isto faz com que muitas das aplicações em falta sejam instaladas (como o Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outros).

Huawei mate 50 pro analise

No entanto, este processo nem sempre tem sucesso a instalar todas as aplicações. Embora algumas possam ser instaladas pela AppGallery (como o MBWay, aplicações de bancos e supermercados, entre outras), existem outras que necessitam de ser instaladas por outros serviços.

Huawei mate 50 pro analise

Através do Petal Search ou da AppGallery é possível pesquisar aplicações e ser encaminhado para o APKPure e outras plataformas para descarregar ou instalar o APK. Este é um processo que pode, por vezes, não ser o mais simples para os utilizadores mais básicos, mas que permite usar as aplicações mesmo que não esteja na loja de aplicações da Huawei.

Huawei mate 50 pro analise

Para facilitar a instalação de aplicações, podem ainda ser instaladas lojas de aplicações de terceiros como é o Aptoide e a Aurora Store.

Já no caso das aplicações da Google e algumas aplicações que obriguem a usar os serviços da Google para funcionar, existem diversas realidades. Aplicações como o Chrome e Google Maps continuam a funcionar se instalados através de APK, outras com o Gmail e o Google Analytics não podem ser usados de todo, pelo menos de forma nativa e a sua substituição nem sempre é um processo simples.

Huawei mate 50 pro analise

A falta de aplicações da Google não se torna um impedimento para a utilização do Huawei Mate 50 Pro, mas obriga a uma grande adaptação que pode ser maior ou menor dependendo da dependência do utilizador pelas aplicações da Google.

Como instalar os serviços da Google e outras aplicações nos smartphones Huawei

Se necessitar mesmo das aplicações da Google, existem hoje formas de ter os serviços da Google a funcionar sem grandes dificuldades.

GBox

Uma das soluções é a Gbox, uma aplicação disponível na AppGallery, que permite realizar uma instalação das aplicações da Google dentro da própria app sem grandes dificuldades.

Todo o processo é bastante simples e funciona sem qualquer problema, embora apresente um ponto menos positivo. No entanto, é possível perceber que a sessão na nossa conta Google é aberta numa sessão que aparenta ser remota, deixando um certo desconforto com a privacidade dos dados que estamos a partilhar.

Huawei mate 50 pro analise

Atualização: Numa das últimas atualizações, foram adicionadas várias aplicações, das quais o Gmail.

huawei mate 50 pro - gbox

GSpace

Outra solução é o GSpace, uma aplicação que também pretende correr aplicações da Google sem nenhum root ou outras alterações complexas. bastando instalar a app GSpace e integrar as aplicações Google que necessitamos de usar.

Tudo irá funcionar como se a aplicação estivesse instalada no smartphone, sendo possível receber notificações e criar atalhos no ecrã inicial.

Huawei mate 50 pro analise

Desempenho

Se os Kirin já eram processadores bastante competentes e equilibrados, a opção da Huawei pelos processadores da Qualcomm mantém ou até eleva a qualidade dos topos de gama da Huawei.

Equipado com o Snapdragon 8+ Gen 1, o Huawei Mate 50 Pro executa qualquer aplicação ou jogo sem qualquer problema, sendo toda a experiência de utilização excelente sem qualquer travagem.

Em termos de benchmark, o topo de gama da Huawei obteve as seguintes pontuações:

  • Antutu V9.6.2 – 826 975 pontos
  • Geekbench 6 Single-core – 774 pontos
  • Geekbench 6 multi-core – 2856 pontos

Fotografia

Chegamos finalmente a um dos maiores destaques deste equipamento, a câmara fotográfica.

O Huawei Mate 50 Pro promete marcar uma nova era na fotografia em dispositivos móveis e, para isso, conta com uma câmara principal Ultra Aperture XMAGE com sensor de 50 MP com abertura variável de f1.4-f4.0 e apoio de OIS. Conta ainda com câmara ultragrande angular de 13 MP e câmara com teleobjetiva de 64 MP.

Huawei mate 50 pro analise

Olhando para os exemplos de fotografias captadas, é fácil perceber que estamos perante uma das melhores câmaras do mercado. As fotografias apresentam uma qualidade fantástica revelando um excelente detalhe e uma boa captação de cores.

Passando para a fotografia noturna é onde este equipamento mais surpreende. O detalhe e cor é captado com uma qualidade impressionante, com pouco ruído e pouco desfoque, embora este possa sempre acontecer quando o objeto tem movimento.

A captação de luz durante a noite consegue mesmo tornar uma área praticamente sem luz numa fotografia clara e com boa visibilidade da zona.

Comparando o modo noite com a fotografia normal nestas condições, obtemos uma imagem mais clara no modo específico para estas condições, embora ambas apresentem uma boa qualidade.

Passando para a grande angular nota-se uma ligeira perda de qualidade quando comparado com a câmara principal, embora os resultados mantenham um bom desempenho.

No caso do Zoom, é possível fotografar com zoom ótico até 3.5x que oferece um desempenho impressionante, mesmo em situações noturnas ou de pouca luz.

Conjugando as passagens de grande angular para zoom 3.5x ótico, obtemos os seguintes resultados.

Passando para o zoom máximo, conseguimos alcançar os 100x, que pode ser útil quando queremos ver um objeto ao longe, mas não serve para fotografia tendo em conta a grande perda de qualidade que apresenta.

Outra das características da câmara do Huawei Mate 50 Pro é a possibilidade de utilizar uma abertura variável entre f/1.4 e f/4.0. Isto faz com que seja possível criar um efeito de desfoque mais natural e próximo ao possível com uma lente montada numa câmara fotográfica.

Em termos de funcionalidades, a aplicação da câmara da Huawei traz diversos modos de fotografia, desde o normal, profissional, supermacro, entre outros.

Huawei mate 50 pro analise

Tirando partido da câmara frontal com ToF 3D é possível também brincar com a realidade virtual, algo introduzido pelos iPhone.

Autonomia

O Huawei Mate 50 Pro integra uma bateria de 4700 mAh cujo desempenho superou as expectativas. Mesmo com uma utilização mais intensa, foi raro o dia em que precisámos de dar um pouco de carga, com a bateria a aguentar um dia de utilização sem qualquer dificuldade.

Em termos de carregamento, traz o carregador SuperCharge de 66W na caixa e suporta ainda carregamento SuperCharge sem fios a 50W.

Huawei mate 50 pro analise

Em resumo…

O Huawei Mate 50 Pro é, atualmente um dos smartphones mais completos da atualidade.

Huawei mate 50 pro analise

Oferece o excelente desempenho do Snapdragon 8+ Gen 1, na sua versão 4G, assim como um ecrã com boa definição e cores.

De tudo, a câmara é o que mais surpreende, de noite ou de dia, embora a autonomia também seja bem acima do esperado.

Huawei mate 50 pro analise

Em termos de preço, o Huawei Mate 50 Pro começa nos 1249.99€.

O Techbit agradece à Huawei a cedência do Huawei Mate 50 Pro para análise.

Huawei Mate 50 Pro

1249.99€
8.9

Construção e design

9.0/10

Desempenho

9.0/10

Sistema operativo

7.5/10

Câmara

9.5/10

Autonomia

9.5/10

Pros

  • Excelente câmara, especialmente à noite
  • Boa autonomia

Contras

  • Falta de serviços da Google
  • Notch de grandes dimensões
Participe no passatempo:
passatempo xiaomi smart band 8

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory