Análise Pixel Watch 2 – o verdadeiro smartwatch da Google

Apesar de não ser a primeira versão, o Pixel Watch 2 é, de facto, aquele que pode ser considerado o verdadeiro smartwatch da Google. Com esta segunda versão conseguimos sim obter um equipamento completo e com tudo o que seria de esperar vindo de uma empresa como a Google.

O Pixel Watch 2 é um equipamento elegante, capaz de ser utilizado em diferentes ocasiões, com muitas funcionalidades que não são novas no mercado, mas que fazem todo o sentido estar presentes, ainda por cima quando são bem implementadas.

Google Pixel Watch 2
Publicidade

O essencial sobre o Pixel Watch 2

Apresentado em conjunto com a gama Pixel 8, o Google Pixel Watch 2 é o smartwatch que vem complementar o ecossistema Google no que diz respeito ao mercado dos wearables da marca.

A primeira versão foi alvo de algumas criticas e, ao que parece, esta segunda versão veio para trazer justiça à empresa e mostrar o que é possível ser feito.

Começando pelo exterior, temos um ecrã redondo, como o próprio relógio, que conta com Corning® Gorilla® Glass 5 3D personalizado. O ecrã trata-se de um AMOLED com 320 ppp e uma luminosidade máxima de até 1000 nits.

A bracelete que vem de origem com o Pixel Watch 2 é a tradicional pulseira de silicone, bastante maleável e confortável de ser utilizada no dia a dia ou a praticar qualquer tipo de desporto. Tem ainda uma boa variedade de furos para poder servir nos pulsos maiores e também nos mais pequenos.

Google Pixel Watch 2

Passando então para o interior, encontramos uma bateria de 306 mAh que pode ser carregada dos 0% aos 100% em cerca de 80 minutos pelo que indica a Google. Nos nossos testes o resultado não foi muito diferente desta situação, sendo que carrega mais depressa até atingir os 80% de bateria e depois sim abranda um pouco.

A nível de processador podemos contar com o Qualcomm 5100 acompanhado pelo Coprocessador Cortex M33. Conta ainda com uma Memória flash eMMC de 32 GB e uma SDRAM de 2GB. O Pixel Watch 2 vem de origem com o sistema Wear OS 4.0 instalado.

No campo dos sensores, este smartwatch vem bem equipado, contando com: Bússola, Altímetro, Sensores vermelhos e infravermelhos de monitorização da saturação de oxigénio (SpO2), Sensores elétricos multiusos compatíveis com a app ECG (eletrocardiograma), Sensor ótico de vários caminhos de ritmo cardíaco, Acelerómetro de 3 eixos, Giroscópio, Sensor de luz ambiente, Sensor elétrico para medir a condutância da pele (cEDA) para a monitorização da resposta corporal, Sensor de temperatura da pele, Barómetro e Magnetómetro.

Google Pixel Watch 2

O Pixel Watch 2 tem ainda um microfone incorporado assim como um altifalante e conta com uma resistência IP68.

Configuração inicial

A configuração do Pixel Watch 2 é feita através da aplicação Google Pixel Watch e, como seria de esperar, é um processo muito simples e quase automático. Tudo o que precisamos de fazer é concordar e carregar em seguinte, configurar a nossa conta Google no relógio e está pronto a utilizar.

A partir daqui é só definir que tipos de alertas pretendemos receber no relógio e, claro, escolher o estilo que lhe queremos dar.

Google Pixel Watch 2 2 Pixel Watch 2

Existem inúmeras possibilidades de watch faces de origem e ainda muitas mais que podem ser adquiridas através da Play Store (no relógio ou no smartwatch).

Na aplicação pode ainda tratar de todas as definições que petende ligar ou desligar em vez de fazer estas escolhas através das definições no próprio relógio, pois pode ser mais rápido e direto.

Navegação com a coroa lateral

Apesar do ecrã ser sensível ao toque, sem nos apercebermos, começamos a utilizar a coroa do Pixel Watch 2 para realizar grande parte da interação com o relógio.

Esta coroa funciona como botão se pressionarmos assim como serve para navegar para cima e para baixo em todos os menus do smartwatch.

Google Pixel Watch 2

Esta é uma navegação que funciona bastante bem e que se mostrou muito suave em tudo o que fazíamos. Os menus aparecem sem entraves e com animações simples e agradáveis, e todo o sistema simplesmente fluí de forma muito natural no relógio.

Atividade física em conjunto com a Fitbit

Aproveitando o facto de terem a Fitbit como parte da empresa, a Google incorporou estes serviços no Pixel Watch 2 para que a monitorização da atividade física seja feita de forma mais “profissional”.

Desta forma, é recomendado instalar a app Fitbit para um leitura completa de todos os dados de saúde analisados pelo relógio.

Google Pixel Watch 2

Neste campo o Pixel Watch 2 é um smartwatch bastante completo, com uma leitura de atividade muito precisa e em sintonia com outros equipamentos que fazem as mesmas funções. Conta com a monitorização do sono que permite ainda classificar como foi a nossa noite assim como mede ainda a temperatura da pele durante este período, de forma a percebermos se existem alterações que podem influenciar o nosso sono.

Sempre que o relógio deteta algum tipo de atividade por cerca de 10 minutos seguidos, envia um alerta de que começou a registar esta atividade e questiona se queremos que o faça como sendo algo em concreto ou se aceitamos a sugestão que ele nos indica (caminhada, corrida, bicicleta, etc).

Google Pixel Watch 2

Muitas vezes houve apenas um pequeno percalço com esta deteção automática que registou como estando a andar de bicicleta um percurso que foi feito de carro, mas numa estrada não alcatroada. Os movimentos parecem ter dado a sensação ao relógio de que se tratava de uma viagem a pedalar em vez de a conduzir.

De forma geral, o resumo obtido de cada atividade monitorizada é bastante completo e pode ser acedido tanto no Pixel Watch 2 como na aplicação Fitbit, sendo a informação mais completa na app.

Autonomia

Smartwatch e autonomias longas é uma guerra no mercado atual que ainda ninguém conseguiu, efetivamente solucionar. Enquanto algumas marcas conseguem oferecer uma semana de autonomia num relógio, outras conseguem apenas 1 dia de uso, o que torna esta comparação sempre muito estranha de se fazer.

No caso do Pixel Watch 2, estamos perante o segundo cenário. Durante o período de testes, conseguimos obter um dia de utilização normal sem grandes problemas, sobrando sempre cerca de 30% de bateria quando batem as 22h da noite e o colocamos a carregar para estar pronto a monitorizar o sono dessa noite e aguentar o dia seguinte de uso.

Google Pixel Watch 2

No entanto, esta autonomia é, obviamente, reduzida se utilizarmos a funcionalidade Always On Display, que apesar de deixar o relógio constantemente mais atrativo por ter sempre alguma informação no ecrã, gasta também muito mais bateria, chegando assim ao fim do dia já nos limites do que o relógio consegue aguentar.

Comparando com concorrentes diretos, como é o caso dos Galaxy Watch ou dos Apple Watch, acaba por estar dentro daquilo que é esperado nestes equipamentos, um dia de uso normal sem grandes exageros.

Wear OS 4.0

O sistema operativo Wear OS 4.0 veio trazer alguma estabilidade ao relógio assim como uma melhor integração de todo o sistema no pulso.

Os mapas funcionam melhor que nas versões anteriores, os menus mexem-se de forma mais natural e suave, as respostas são mais rápidas e o sistema em si acaba por ter um ar muito mais polido. Desta forma o utilizador sente-se muito confortável a utilizar o relógio devido a tudo estar em sintonia com o design do mesmo e com as funcionalidades que integra.

Google Pixel Watch 2

Além disso oferece a possibilidade de interagir com um maior número de aplicações Google evitando assim recorrer tantas vezes ao smartphone.

O assistente virtual continua a receber melhorias e a deteção de voz está cada vez mais aprimorada, especialmente na língua portuguesa, ao ponto de conseguirmos realizar quase tudo de forma tao natural como com a língua inglesa.

Vale a pena o Pixel Watch 2?

A resposta a esta pergunta é muito complicada de dar. Se por um lado temos um equipamento fabricado quase na perfeição para aquilo que estava pensado, por outro temos um preço ligeiramente elevado: 399€.

O pixel Watch 2 é um equipamento bastante completo, com um aspeto elegante e ao mesmo tempo desportivo, com capacidades de monitorização de saúde muito bem trabalhadas e com um ecrã de excelente qualidade.

Apesar de tudo, não deixa de ser um relógio, um complemento ao smartwatch, que acaba por custar quase tanto como alguns smartphones de gama média alta no mercado.

Google Pixel Watch 2

Sendo vendido em exclusividade, à data desta análise, pela Worten e pela Vodafone, uma opção que poderá ser vantajosa é aguardar por uma altura de promoções ou recorrer, se possível, a pontos do Clube Viva da operadora, de forma a baixar significativamente o valor do relógio.

Apesar de todo o design e toda a tecnologia que conseguimos levar no pulso, a integração com os serviços Google não nos parece ainda suficiente para justificar o preço do Pixel Watch 2 no mercado português.

Google Pixel Watch 2

Mesmo assim, para que pode e quer comprar, sem sombra de dúvidas que não se vai arrepender, pois o relógio é, sem sombra de dúvidas, um topo de gama preparado para aguentar qualquer desafio e guiar o utilizador por um estilo de vida mais saudável se esse for o objetivo.

Agradecemos à Google por nos ter disponibilizado o Pixel Watch 2 para análise.

Google Pixel Watch 2

399€
8.9

Design

9.5/10

Conetividade

10.0/10

Preço

7.0/10

Autonomia

9.0/10

Conforto

9.0/10

Pros

  • Design
  • Wear OS 4.0 muito responsivo e suave
  • Monitorização de saúde bastante completa
  • Carregamento rápido

Contras

  • Autonomia de 1 dia
  • Preço
Participe no passatempo:
nordvpn promocao

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory