Apple Watch Series 7 rebenta nas mãos de um utilizador após sobreaquecimento

Um utilizador de um Apple Watch Series 7 acabou por se deslocar às urgências como medida de prevenção depois de o relógio ter sobreaquecido e rebentado sem nenhuma razão aparente.

A Apple já se encontra a averiguar a situação, mas terá pedido ao utilizador que assinasse um contrato de confidencialidade para que este não partilhasse o sucedido, algo que o mesmo terá recusado.

Publicidade

Apple Watch sobreaquece e rebenta nas mãos do utilizador

O caso foi reportado à publicação 9to5Mac pelo próprio utilizador. O mesmo indica que estava a utilizar o Apple Watch de forma norma, como todos os dias, e que se apercebeu que este estava a começar a aquecer mais que o normal.

Após se aperceber, o utilizador terá verificado que a parte de trás do Apple Watch já havia estalado devido ao sobreaquecimento do relógio e contava já com um aviso por parte do watchOS para desligar o relógio devido á sua temperatura elevada.

apple watch

O mais estranho é que tudo isto terá acontecido enquanto o utilizador se encontrava em casa, onde a temperatura era de aproximadamente 70ºF (21ºC).

O utilizador terá contactado imediatamente a Apple para explicar a situação acabando por ser transferido para diferentes pessoas do apoio ao cliente, até chegar a um dos responsáveis do centro de apoio ao cliente que terá aberto um processo de investigação para o caso relatado. No entanto, através desta chamada, não foi oferecida qualquer solução ao cliente além de aconselharem a que o mesmo não utilizasse o relógio até novo contacto.

apple watch

Na manhã seguinte o utilizador terá acordado com o Apple Watch ainda mais quente que no dia anterior ao ponto de já ter estalado também o ecrã do relógio. O incidente maior terá ocorrido logo após este momento, quando o cliente pegou no relógio para o fotografar e reportar o incidente.

Ao pegar no Apple Watch, indica que terá ouvido uns pequenos estalidos e logo de seguida o relógio terá rebentado nas mãos do consumidor, que rapidamente o terá largado.

O relógio deixou marcas de queimadura no sofá do utilizador que acabou por se dirigir às urgências devido ao risco de envenenamento por chumbo. Esta visita foi apenas uma mera questão de segurança uma vez que os Apple Watch não têm chumbo suficiente no seu interior para poderem ser considerados venenosos após a exposição a estes componentes.

O utilizador terá contactado novamente a empresa para reportar o que havia acontecido e foi informado de que seria um caso prioritário.

Na semana seguinte ao sucedido a Apple terá enviado uma pick-up para recolher o Apple Watch e levar o mesmo para laboratório. Juntamente com o levantamento, a empresa terá enviado um contrato que pediu ao consumidor para assinar, tratando-se de um contrato de confidencialidade para que o mesmo não partilhasse a história de forma pública, algo que o mesmo terá recusado assinar.

Participe no passatempo:
passatempo xiaomi smart band 8

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory