fbpx

ByteDance rejeita proposta da Microsoft e poderá negociar TikTok com Oracle

A história em torno da venda do TikTok já vai bastante longa e repleta de episódios.

Depois de Trump ter exigido a venda das operações nos Estados Unidos para que a operação da rede social fosse mantida no país, empresas como a Microsoft, Oracle, Twitter ou Alphabet apresentaram as suas propostas.

Depois de várias negociações, a Microsoft, em conjunto com a Walmart, e a Oracle apresentaram-se como pretendentes finais, num negócio acompanhado de perto pelo governo chinês.

Com o prazo limite para a concretização do negócio a acabar amanhã, a ByteDance poderá já ter tomado a sua decisão.

tiktok smartphone
Publicidade

TikTok deverá ser vendido à Oracle

A operação do TikTok nos Estados Unidos já poderá ter destino, mas num negócio onde poderá ser vendido “o carro sem motor.”

Segundo as últimas informações, a ByteDance rejeitou a proposta conjunta da Microsoft com a Walmart e deverá mesmo optar pela Oracle.

No entanto, este negócio poderá ter uma particularidade que poderá influenciar o funcionamento da aplicação nos Estados Unidos. Esta venda será apenas da aplicação, não estando o algoritmo de inteligência artificial responsável por decidir que conteúdos apresentar a cada pessoa incluído.

Assim, a equipa que ficar responsável pelo TikTok nos Estados Unidos terá de construir um novo algoritmo para utilizar naquele mercado.

Esta foi assim a forma que a ByteDance encontrou para vender a operação do TikTok antes do prazo imposto por Trump, mas salvaguardando o seu maior ativo, o algoritmo, e impedindo que o governo chinês pudesse proibir esta venda.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade