fbpx

China regula venda de tecnologia de inteligência artificial e ganha poder de veto no negócio do TikTok

Depois de Trump forçar a venda da operação do TikTok nos Estados Unidos, várias foram as empresas americanas que se mostraram interessadas neste negócio.

No entanto, este negócio não tem sido dos mais simples, estando repleto de avanços e recuos.

Num momento em que a Microsoft e a Walmart se destacavam nas negociações, o governo chinês decidiu intrometer-se no negócio e puxar para si parte da decisão da venda.

tiktok techbit
Publicidade

China terá de permitir venda do TikTok

Face aos rumores de uma iminente venda do TikTok, a China decidiu fazer uma mudança na sua legislação de forma a ganhar algum poder de decisão neste negócio.

Recentemente, o governo chinês, numa ação idêntica à de Trump, impôs restrições à venda de tecnologia de inteligência artificial (IA) a outros países como forma de salvaguardar os interesses económicos do país.

Com esta alteração, a China ganha assim poder de veto sobre qualquer venda dentro do mercado da IA, categoria onde se insere a rede social chinesa.

rede social tiktok

Assim, a venda do TikTok ganha agora mais um capítulo que pode atrasar ou dificultar este negócio, obrigando a ByteDance a pedir aprovação ao governo para vender a sua aplicação a uma empresa americana.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade