CyberOne – o robô humanoide da Xiaomi capaz de detetar emoções humanas

O CyberOne é o primeiro robô humanoide da Xiaomi e com algumas características únicas. Consegue reconhecer 85 tipos de sons ambientais e 45 classificações de emoções humanas.

O CyberOne é então o novo membro da família Cyber da Xiaomi, juntando-se ao Cyberdog, o cão robô da empresa que já tinha sido apresentado há mais tempo e marcou presença no evento Discover Xiaomi 2022.

CyberOne Xiaomi
Publicidade

CyberOne apresentado oficialmente em Pequim

Foi em Pequim que a Xiaomi apresentou ao mundo a sua mais recente inovação no mundo robótico, o CyberOne, num evento dedicado a novos produtos da empresa em diversos ramos.

A Inteligência Artificial presente no robô humanoide teve de ser ajustada e melhorada de forma a oferecer capacidades diferentes ao CyberOne que tem 177cm de altura, pesa 52kg e possui uma amplitude de braços de 168cm.

20220621 113624 cyberone

“A Inteligência Artificial (IA) e as capacidades mecânicas do CyberOne são todas autodesenvolvidas pelo Xiaomi Robotics Lab. Temos investido fortemente em I&D em várias áreas, incluindo inovação em software, hardware e algoritmos”, afirma Lei Jun, Fundador, Presidente e CEO do Grupo Xiaomi.

“Com a IA no seu núcleo e uma estrutura humanoide em tamanho real, esta é uma exploração das possibilidades do futuro ecossistema tecnológico de Xiaomi e um novo avanço para a empresa”, acrescenta.

Tratando-se de um robô humanoide, em comparação aos robôs com quatro pontos de apoio ao solo, o CyberOne é mais complexo a nível mecânico, exigindo motores mais potentes, mais graus de liberdade e algoritmos de controlo bípede humanoide complexos.

CyberOne Xiaomi

O humanoide suporta até 21 graus de liberdade em movimento e consegue uma velocidade de resposta em tempo real de 0,5ms para cada grau de liberdade, conseguindo assim simular diversos movimentos humanos de forma mais natural.

A fim de assegurar a flexibilidade dos membros superiores do CyberOne, a Xiaomi desenvolveu um motor de alta eficiência pesando apenas 500g com um torque de saída nominal de até 30Nm para o motor de junta do membro superior. O motor da articulação da anca é semelhantemente capaz de um torque de pico instantâneo de até 300Nm.

Graças ao algoritmo de controlo bípede humanoide autodesenvolvido, a postura de marcha do CyberOne foi programada para ser ao mesmo tempo natural e estável. Além disso, é ainda capaz de aguentar até 1,5kg de peso com uma única mão e de programar por demonstração.

Estes robôs estão dependentes da visão para conseguirem processar o ambiente em que se encontram e o CyberOne não é diferente. Equipado com um módulo de visão de profundidade Mi-Sense autodesenvolvido e combinado com um algoritmo de interação IA, este é capaz de perceber o espaço 3D, reconhecer indivíduos, gestos e expressões.

A fim de comunicar com o mundo, o CyberOne está equipado com um motor de reconhecimento semântico de ambiente MiAI e um motor de identificação vocal MiAI, permitindo-lhe reconhecer 85 tipos de sons ambientais e 45 classificações de emoções humanas. O CyberOne é capaz de detetar a felicidade e confortar o utilizador em tempos de tristeza. Todas estas características estão integradas nas unidades de processamento do robô, que são emparelhadas com um módulo OLED curvo para exibir informação interativa em tempo real.

O futuro da robótica humanoide

Enquanto os robôs industriais são admirados e valorizados pelas suas capacidades mecânicas especializadas, o principal desafio na construção de robôs humanoides é conseguir simular perfeitamente os processos humanos de perceção, cognição, tomada de decisões e execução em diferentes cenários.

O CyberOne é um símbolo de dedicação da Xiaomi para incubar um ecossistema tecnológico centrado num único ponto, e ligá-lo ao mundo de formas diferentes.

Lei Jun observa que os robôs biónicos humanoides requerem o mais alto grau de integração técnica e apresentam o maior desafio no campo da robótica inteligente. A Xiaomi está a dar os seus primeiros passos nesta área e o CyberOne está constantemente a acrescentar novas capacidades. “Pensamos que os robôs inteligentes farão definitivamente parte da vida das pessoas no futuro”, disse Lei Jun.

O processo de investigação e desenvolvimento do CyberOne combinou tecnologias de ponta de vários sectores, incluindo perceção biónica e cognição, biomecatrónica, inteligência artificial, big data e computação em nuvem, e navegação visual.

A empresa acredita que estes avanços tecnológicos deem origem a mais cenários de aplicação noutros campos, tais como robôs industriais com melhor desempenho mecânico, robôs de companhia com reconhecimento de emoções, e robôs de serviço público alimentados por big data e computação em nuvem. A tecnologia do CyberOne será também aplicada a cada vez mais produtos Xiaomi no futuro.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory