fbpx

Desempenho do Kirin 9000 ultrapassa Snapdragon 865+

A Huawei está atualmente impedida de produzir os seus próprios processadores devido às restrições mundiais impostas por Trump.

No entanto, conseguiu armazenar a tempo uma grande quantidade do seu novo processador Kirin 9000, que deverá integrar a série Mate 40 e tornar-se no último modelo Kirin a ser produzido.

Antes do seu lançamento, este SoC surgiu num teste de benchmark do Geekbench 5 e mostrou todo o seu potencial ao mostrar resultados superiores ao Snapdragon 865+.

kirin huawei
Publicidade

Kirin 9000 será o segundo processador a ser desenvolvido em 5 nm

O Kirin 9000 é o próximo e último processador que a Huawei irá produzir, pelo menos enquanto as restrições se mantiverem.

Construído em 5 nm, este processador irá assim tornar-se no segundo a ser desenvolvido nesta tecnologia, logo a seguir ao Apple A14, e deverá apresentar uma grande evolução no desempenho.

Antes do seu lançamento, junto com a série Mate 40, surgiu um teste de benchmark no Geekbench 5 de um dispositivo intitulado de NOH-NX9 que mostra todo o potencial deste novo SoC.

Neste teste é possível identificar três clusters, com um conjunto de cores a 3.13 GHz, um segundo conjunto a 3.54 GHz e um terceiro a 2.04 GHz.

kirin 9000 benchmark geekbench 5

Em termos de pontuação, totalizou, em single-core, 1020 pontos, o que representa uma melhoria de 30% face ao seu antecessor e um desempenho superior ao Snapdragon 865+. Já em multi-core, totalizou 3710 pontos, ultrapassando o Apple A13 Bionic.

O novo Kirin 9000 deixa assim boas indicações, podendo tornar-se num dos melhores processadores do mercado.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade