DHL foi utilizada em 23% das tentativas de phishing no final de 2021

Segundo dados da Bankless Times, divulgados em comunicado, a transportadora DHL esteve em altas no último trimestre de 2021, sendo utilizada como isco em 23% das tentativas de ataques de phishing.

O aumento das compras online aliado ao período de Black Friday e de Natal levou a que a empresa tenha subido 14% quando comparados os valores com o trimestre anterior.

DHL
Publicidade

DHL foi o isco preferido

Segundo Omer Dembinsky, da Check Point, a DHL tornou-se um isco atrativo para os atacantes devido ao aumento de novos compradores online que, por se tratar das primeiras vezes neste mundo de compras online, acabavam por estar mais vulneráveis a possíveis ataques.

Mesmo as pessoas que já eram clientes habituais de determinadas lojas físicas, começaram a comprar online pela primeira vez nestes tempos de pandemia e de maior correria. O facto de, em alguns lugares, as lojas físicas terem estado proibidas de realizarem campanhas de desconto, obrigou muitos a comprar online para poderem aproveitar determinadas campanhas.

DHL ranking phishing 2021

Sendo novos no mundo das entregas via transportadora, é normal que muitas pessoas não soubessem verificar o estado da entrega nem conhecessem muito bem os sites das mesmas, incluindo da DHL. Este era então um cenário ideal para tentar um ataque por phishing.

A Microsoft detinha o primeiro lugar dos iscos mais apetecíveis, mas com esta subida da DHL passou para segundo lugar no último trimestre de 2021 tendo sido utilizada como isco em 20% das tentativas.

A ideia de um ataque de phishing é apenas fazer-se passar por determinada empresa de forma a que o utilizador pense que está a ser contactado pela companhia e forneça determinados dados de acesso (ou outro tipo de informação pessoal) aos atacantes sem que este saiba que está a ser enganado.

DHL

As redes sociais têm uma enorme tendência para continuarem a ser um isco recorrente (com o LinkedIn a ocupar a quarta posição do ranking de iscos mais utilizados) uma vez que o trabalho remoto passou a ser algo mais comum no dia a dia das pessoas, abrindo assim uma maior probabilidade de os atacantes terem sucesso num ataque de phishing.

A DHL não deverá ficar em primeiro lugar por muito tempo uma vez que, com a redução de medidas de restrição em todo o mundo relacionadas com a pandemia COVID-19, as pessoas devem começar a voltar aos antigos hábitos e devem recorrer novamente às lojas físicas para muitas das suas compras.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory