Dicas para manter os seus filhos seguros no mundo digital

As crianças têm acesso a dispositivos móveis e à internet cada vez mais vez mais cedo e, consequentemente, garantir que o fazem de forma segura é essencial para todos os pais.

Confira as nossas dicas para manter os seus filhos seguros enquanto navegam online.

criancas smartphone seguranca online filhos
Publicidade

Manter os dispositivos fora do quarto na hora de dormir

Não é segredo que os smartphones e outros ecrãs podem ser prejudiciais para uma boa noite de sono. A luz azul emitida pelos ecrãs impede a produção de melatonina, a hormona que nos faz sentir sonolentos. É por isso que é importante manter os ecrãs fora do quarto e longe das crianças durante a noite.

Mas há outra razão para manter os telefones fora dos quartos das crianças: a privacidade que as crianças desfrutam durante a noite pode ser propícia para que elas acedam a conteúdos impróprios como conteúdos sexuais ou jogo online.

Atualmente, os casinos online legais procuram ativamente novos jogadores ao oferecer os bónus de registo, o que pode ser particularmente eficaz nas crianças.

smartphone study criancas kids jovens

Instalar controlo parental nos seus dispositivos

As aplicações de controlo parental são uma ótima forma de manter os seus filhos seguros online. Há muitos tipos diferentes de aplicações de controlo parental disponíveis, por isso é importante escolher uma que seja adequada para si e para a sua família.

Eis alguns dos pontos a ter em conta na hora de escolher uma aplicação de controlo parental:

  • Características: De que características precisa? Algumas aplicações permitem-lhe bloquear determinados websites e aplicações, estabelecer limites de tempo e rastrear a localização do seu filho. Outras têm características mais sofisticadas, tais como monitorizar as chamadas telefónicas e as mensagens de texto do seu filho.
  • Facilidade de utilização: Quão fácil é utilizar a aplicação? Vai querer uma aplicação que seja fácil de instalar e utilizar para que possa rapidamente começar a proteger os seus filhos.
  • Custo: Quanto é que custa a aplicação? Algumas aplicações são gratuitas, enquanto outras cobram uma taxa de assinatura mensal. Considere o seu orçamento ao escolher uma aplicação.
  • Compatibilidade: O aplicativo é compatível com o dispositivo móvel do seu filho? Certifique-se que verifica a compatibilidade da aplicação com o smartphone ou tablet do seu filho antes de o adquirir.

As aplicações de controlo parental podem dar-lhe paz de espírito ao saber que os seus filhos estão seguros online. Existem imensas opções no mercado, algumas muito populares entre os pais, como é o caso do mSpy, Norton Family Premier, Screen Time ou Kaspersky Safe Kids

smartphone study criancas kids jovens

Criar um acordo familiar sobre a utilização da Internet

Os pais podem implementar um acordo sobre a utilização da Internet com as crianças para estabelecer expetativas e regras para o comportamento online dos seus filhos.

Ao fazê-lo, os pais podem ajudar os seus filhos a permanecer seguros online e evitar cyberbullying ou outras experiências negativas. Além disso, tal acordo pode ajudar as crianças a compreender a importância de uma utilização responsável da Internet.

Pode optar por um acordo que beneficie a criança (mais tempo de acesso) em caso de boa utilização, ou vice-versa.

crianças tech tablet criança smartphone telemóvel

Conhecer a presença dos seus filhos nas redes sociais

Enquanto pai ou mãe, é importante estar consciente da presença do seu filho nas redes sociais.

Com a popularidade de sites como o Facebook e o Twitter, é fácil para as crianças ligarem-se a outros sem o seu conhecimento. Isto pode levá-los a partilhar informações pessoais que deveriam permanecer na esfera privada.

Ao estar ciente da atividade dos seus filhos nas redes sociais, pode ajudar a mantê-los seguros e a proteger a sua privacidade.

crianças tech tablet criança smartphone telemóvel

A partir de que idade deve permitir que os seus filhos estejam presentes nas redes sociais?

A maioria das redes sociais tem uma idade mínima exigida de 13 anos, mas algumas permitem que crianças a partir dos 10 anos criem uma conta. Então, qual é a idade certa para o seu filho aderir a uma rede social?

Não há uma resposta única para esta pergunta, uma vez que cada família é diferente. No entanto, existem vários aspetos a considerar ao tomar uma decisão sobre a utilização das redes sociais do seu filho.

Em primeiro lugar, pense no nível de maturidade do seu filho. Será ele ou ela capaz de lidar com a responsabilidade de manter uma conta nas redes sociais? O seu filho pode seguir as regras e orientações da plataforma específica?

crianças tech tablet criança smartphone telemóvel

Deve também ponderar se o seu filho está pronto para lidar com os aspetos negativos das redes sociais, como o cyberbullying ou o contacto indesejado com estranhos. Se não tiver a certeza se o seu filho está pronto para as redes sociais, é melhor ter cuidado e esperar mais alguns anos.

Em última análise, a decisão sobre quando deixar o seu filho entrar para uma rede social é da sua responsabilidade. Fale com o seu filho sobre as suas preocupações e estabeleça algumas regras básicas antes de lhe permitir criar uma conta. Com um pouco de planeamento e supervisão, o seu filho pode desfrutar com segurança dos benefícios das redes sociais.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory