Feira tecnológica MWC multada em 200 mil euros por uso de reconhecimento facial

A MWC, a popular feira tecnológica organizada pela GSMA em Barcelona, foi multada em 200 mil euros pelas autoridades espanholas.

Em causa está a obrigatoriedade do uso do reconhecimento facial na edição de 2021, algo que infringe as regras do RGPD.

mwc gsma
© 2023 GSMA / MWC
Publicidade

MWC multada por não cumprir regras do RGPD

Em 2021, a GSMA, empresa que organiza a MWC em Barcelona, obrigou os participantes a terem de identificarem no sistema de reconhecimento facial instalado pela empresa organizadora.

Embora esta opção costuma ser opcional, podendo as pessoas enviar uma selfie e a foto do cartão de identificação para se registar, em 2021 a autenticação biométrica foi obrigatória.

Nesta mesma edição, Anastasia Dedukhyna, uma das oradoras do evento, solicitou que a autenticação fosse feita pessoalmente, algo que a organização rejeitou, o que levou a que fosse feita uma queixa junto da entidade reguladora.

Fruto desta queixa, e após dois anos, o processo foi finalmente encerrado levando a que a GSMA fosse condenada a pagar a multa.

mwc 2023

A utilização do reconhecimento facial violou assim o artigo 35º do RGPD que refere que um tipo de tratamento que envolva riscos aos direitos e liberdades das pessoas físicas deve passar por uma avaliação que considere o impacto das operações no tratamento de dados individuais.

A GSMA já reagiu referindo que leva a sério a segurança e privacidade dos dados pessoais e que a sua tecnologia é segura para os participantes.

Participe no passatempo:
passatempo xiaomi smart band 8

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory