Google explica como os portugueses utilizam os motores de busca

Que os portugueses utilizam bastante os motores de busca não é novidade alguma, no entanto, será que o fazem de forma eficaz? A Google decidiu debruçar-se sobre o assunto e concluiu que 43% dos portugueses recorre aos motores de busca 1 a 5 vezes por dia, todos os dias.

No total, 85% dos portugueses utiliza esta ferramenta diariamente (com mais ou com menos frequência), mas poderá não ser da forma mais eficaz.

Para tentar esclarecer o tópico em questão, a Google decidiu realizar o estudo “Como pesquisam os Portugueses?” que contou com a participação de mais de 600 utilizadores de diferentes faixas etárias.

Google Como Pesquisam os Portugueses
Publicidade

Google questiona: Como Pesquisam os Portugueses?

Como referido anteriormente, 85% dos portugueses utilizam um motor de busca diariamente, sendo que 43% numa frequência de 1 a 5 vezes por dia e 28% recorre a esta ferramenta mais de 10 vezes todos os dias.

Mas a pesquisa nos motores de busca, como é o caso do próprio motor de busca da Google, pode levar a demasiados resultados que, nem sempre, são diretamente aquilo que os utilizadores procuram.

Uma das conclusões do estudo realizado pela Google é que a maioria dos utilizadores (58%) não conhece nenhum truque ou dica que lhes permita otimizar as suas pesquisas na rede, no entanto, 48% gostava de saber como pode fazer para conseguir resultados de pesquisa mais eficientes.

Pesquisas google

Os motores de busca são mais complexos do que aparentam e, por vezes, “menos é mais”. Alguns truques mais simples ainda são conhecidos pela grande maioria, sendo que nestes casos estamos a falar de pesquisar por categorias – algo que 77% dos inquiridos que indicou saber de alguns truques e dicas faz – (imagens, vídeos, notícias, etc.) e de utilizar aspas para filtrar alguns resultados (39%).

No entanto, os números descem drasticamente quando falamos de truques menos convencionais e menos diretos. Apenas 11% dos conhecedores de alguns truques e dicas dos motores de busca recorrem ao hífen para eliminarem palavras que não são relevantes para o tópico em questão. Já o “~” é conhecido apenas por 4% dos utilizadores como uma ferramenta para procurar sinónimos, como indica o estudo da Google.

O próprio motor de pesquisas da Google aceita este tipo de dicas e atalhos para facilitar as pesquisas dos utilizadores, no entanto, parece que poucos conhecem estas ferramentas que podem poupar alguns scrolls e muito tempo de procura.

Pesquisa Google

Bernardo Correia, Country Manager da Google em Portugal, refere que “a nossa missão de organizar a informação e torná-la universalmente acessível e útil é central na Pesquisa Google.” A integração e o desenvolvimento de novas formas de inteligência artificial contribuíram também para diversas melhorias no motor de pesquisa da Google.

“Em mais de 20 anos do nosso motor de busca em Portugal, e com os avanços recentes em inteligência artificial, fizemos muitos progressos para que a pesquisa possa ser sempre o mais útil para todos: seja para encontrar algo rapidamente com truques mais simples, ou para ajudar os utilizadores na sua jornada ao pesquisar e explorar mais informações”, salienta Correia.

Diferenças entre as gerações

A Google conseguiu ainda chegar à conclusão que diferentes gerações desenrascam-se de formas diferentes e recorrem a formas de pesquisa também elas diferentes.

friends grupo google pesquisa trabalho work

Os Baby Boomers são os menos conhecedores do termos “otimizar a pesquisa”, ou seja, são a geração com menos conhecimento e que menos utiliza os diversos truques e dicas que podem ajudar a melhorar as pesquisas (72%), logo de seguida surge a Geração X (61%).

Os mais conhecedores de ferramentas de otimização de pesquisa, indica a Google, são a Geração Z (58%) e os Millennials (57%) que mostraram ter um maior conhecimento dos truques de otimização.

Quanto ao sítio onde as pesquisas são realizadas, a maioria dos inquiridos prefere recorrer ao computador (59%) do que aos equipamentos mobile (33%). Neste campo a Google verificou diferenças entre gerações e entre sexos.

pc portatil pesquisa google

60% da Geração Z e dos Millennials dão preferência à pesquisa no telemóvel, enquanto 64% dos Baby Boomers recorrem mais ao computador. Esta percentagem baixa para os 51% no caso da Geração X.

Entre homens e mulheres, as senhoras preferem pesquisar através de dispositivos móveis (53%) enquanto os senhores recorrem mais vezes ao computador para o mesmo efeito.

A maioria dos portugueses pesquisam informações sobre a atualidade

A Google conseguiu ainda concluir com o estudo que realizou que 61% dos portugueses recorre aos motores de busca para chegarem aos meios de comunicação para acederem a notícias relevantes sobre a atualidade.

news paper journal noticias jornal

Além disso 43% recorre aos motores de busca para obter informações sobre produtos e serviços antes de realizar uma compra e 39% procura mais informações relacionadas com tarefas do dia-a-dia (tutoriais, receitas, localizações, meteorologia, etc.).

No que diz respeito a pesquisas relevantes para o desempenho profissional, a Geração X e os Millennials dominam o interesse neste tema, já a Geração Z pesquisa mais sobre conteúdos de entretenimento e os Baby Boomers focam-se em atividades de lazer como restaurantes, estadias, etc.

Graficos Google

Este estudo contou com 607 inquiridos, que se identificaram como 54% do sexo feminino e 46% do sexo masculino. Todas as regiões de Portugal estão representadas (à exceção das ilhas), bem como as diferentes gerações (dos Baby Boomers à Geração Z).

Entenda-se que foi considerado no estudo que a Geração Z engloba pessoas dos 18 aos 24 anos, os Millennials encontram-se entre os 25 e os 40 anos, a Geração X entre os 41 e os 56 anos e os Baby Boomers entre os 57 e os 75 anos.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade