Imagens do HarmonyOS da Huawei mostram sistema baseado em Android 10

A Huawei tem estado a preparar, nos últimos meses, o HarmonyOS, o seu novo sistema operativo que irá substituir o Android nos seus smartphones e restantes computadores.

No entanto, ao contrário do que era esperado, tudo indica que o HarmonyOS 2.0 é na verdade baseada em Android 10, revelando um aspeto muito idêntico à EMUI.

HarmonyOS 2.0 mostra-se baseada em Android 10

O HarmonyOS 2.0 foi lançado recentemente numa versão de testes disponível para os programadores.

Embora o acesso seja ainda muito restrito, a equipa da Ars Technica conseguiu colocar as mãos a este novo sistema, depois de um processo de autorização onde foi preciso enviar os dados do passaporte e de um cartão de crédito.

Publicidade

O acesso chegou através de um emulador remoto que controlava um dispositivo remoto conectado a um computador que transmitia a imagem pela internet.

Olhando para os print captados deste sistema, é possível ver uma UI muito idêntica à EMUI, embora todas as menções ao Android tenham sido substituídas pela HarmonyOS.

No entanto, analisando ao detalhe, tudo indica que afinal este sistema é mesmo baseado no Android 10. Nas aplicações, estão presentes as apps Android Services Library, Android Shared Library, com.Android.systemui.overlay e Androidhwext, assim como o ícone do sistema Android e a referência à versão 10 no pacote HarmonyOS System.

Por fim, ao descarregar da App Gallery uma aplicação que detalha as informações de sistema, é identificado o Android 10 Q como o sistema presente no smartphone.

harmonyos android 10

Com o HarmonyOS 2.0 a estrear-se nos smartphones já este ano, tudo indica que as primeiras versões continuarão a ser baseadas no sistema Android, não havendo assim diferenças para a atual EMUI.

Fica no entanto a dúvida se esta é apenas uma estratégia de transição ou se será afinal uma versão alterada do sistema Android.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade