fbpx

Huawei confirma HarmonyOS 2.0 nos seus smartphones já em 2021

Depois de Trump ter imposto restrições à Huawei no acesso a software de empresas americanas, o que a impediu de continuar a usar os serviços da Google nos seus equipamentos, a marca chinesa começou a desenvolver um plano B.

No ano passado, a Huawei anunciou o desenvolvimento do HarmonyOS, um sistema operativo aberto a todos os fabricantes e adaptável a um grande número de dispositivos.

Agora, e como era esperado, a marca chinesa apresentou o HarmonyOS 2.0 e revelou o seu roadmap.

HarmonyOS 2.0 é oficial e chega aos smartphones em 2021

Embora muitas pessoas considerem o HarmonyOS como um substituto do Android, este é na verdade algo mais abrangente e similar ao que a Google pretende construir com o seu projeto Fuschia.

Este novo sistema operativo está a ser construído para se adaptar a vários tipos de dispositivos e tornar-se algo multi-plataforma, algo que ficou ainda mais perto com a apresentação hoje do HarmonyOS 2.0.

huawei harmonyos 2.0
Publicidade

Uma das principais novidades apresentadas foi o Framework de UX adaptativo, algo que irá permitir às aplicações criadas para este sistema adaptarem-se automaticamente ao formato do ecrã, evitando assim uma programação individual para cada tipo de dispositivo.

Outra novidade, foi o AI Audiovisuals, um sistema pensado para interagir com outros dispositivos, como é o caso dos sistemas de infoentretenimento dos carros, e que permitem usar comandos de voz.

Com esta opção, irá permitir interagir com o veículo, dando comandos específicos como Mudar de música, saltar para uma faixa seguinte ou recuar 30 segundos na música.

harmonyOS 2.0

Além disso, e sendo pensado num contexto multi-dispositivo, a Huawei pretende que o smartphone seja o centro de toda a domótica e ecossistema.

Com isso, pretende que todos os dispositivos comuniquem entre si e que seja possível, por exemplo, apresentar receitas ao ligar o forno ou sugerir uma receita com base na atividade física do utilizador.

Desta forma, a Huawei pretende colocar o HarmonyOS em todo o tipo de dispositivos, desde frigoríficos, fornos ou robots de cozinha até tablets, computadores e smartphones.

Roadmap do HarmonyOS 2.0

Juntamente com as novidades desta nova versão, Richard Yu, CEO da Huawei, apresentou também o roadmap para disponibilização do OpenHarmony.

roadmap openharmony harmonyOS 2.0

Teremos assim um suporte a dispositivos com RAM entre 128 kb e 128 MB já a partir de hoje, podendo chegar assim a smartwatches, TVs e outros equipamentos mais simples.

Já a partir de abril de 2021, o suporte será ampliado a dispositivos com RAM entre os 128 MB e os 4 GB, onde poderemos já ver testes nos primeiros modelos de smartphones ou tablets.

Por fim, em outubro de 2021, serão suportados dispositivos com mais de 4 GB, ampliando assim o suporte para computadores e outros tipos de dispositivos com características mais exigentes.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade