Identificação por vídeo assíncrona poderá ser o futuro?

A identificação por vídeo assíncrona é um processo que combina o streaming de vídeo com um sistema da Inteligência Artificial para conseguir, de forma remota e rápida, identificar determinada pessoa.

Este processo poderá vir a ser uma ajuda em grande escala para diversos setores que necessitam constantemente de identificar clientes de forma rápida e segura.

identificacaoo video identificação
Publicidade

Identificação assíncrona poderá trazer grandes vantagens

Os processos de identificação à distância tornaram-se uma realidade constantes desde o início da pandemia COVID-19, especialmente no setor bancário que teve de se adaptar por completo de forma a conseguir angariar novos clientes de forma mais fácil e remota.

A Electronic IDentification (eID), líder mundial e europeia em soluções de identificação por vídeo e assinatura digital qualificada, aposta agora na divulgação de um sistema de identificação por vídeo assíncrona e à distância.

MicrosoftTeams image 40 1 identificação

A empresa considera que este método poderá ser o futuro deste tipo de processos devido à facilidade de utilização e à redução de custos que poderá vir a oferecer às empresas.

A identificação por vídeo assíncrona é a combinação de um streaming de vídeo com IA que permite identificar uma pessoa numa questão de segundos, conseguindo processar essa informação de forma rápida e completamente remota. Recorrendo à ajuda de machine learning, o algoritmo vai aprendendo a verificar a identidade das pessoas e dos seus documentos de identificação.

Um dos exemplos que se tem vindo a verificar em maior escala desde o início da pandemia, foi no setor da banca que, de certa forma, teve de se ajustar por completo e começou a oferecer diversas formas de abrir conta online e de validar certos processos via chamada de vídeo.

1 Blog La importancia de la experiencia de usuario durante el proceso de autenticacion bancaria identificação

Atualmente é necessário que estas chamada sejam feitas com uma pessoa para que esta possa verificar todos os documentos apresentados e necessários para o processo. Com o sistema de identificação assíncrona este processo poderia ser realizado de forma mais rápida e direta, mantendo a mesma segurança técnica e jurídica da identificação presencial.

Esta solução, mais dinâmica e escalável e com melhor UX, juntamente com a Assinatura Digital Qualificada (QES, na sua sigla em inglês), não apenas dá resposta às necessidades regulatórias mais exigentes do enquadramento europeu, como está predestinada a substituir gradualmente a identificação por vídeo síncrona que ainda é predominante.

“Os processos de onboarding digital representam a primeira experiência que um cliente tem com uma entidade. Contudo, atualmente mantêm um alto nível de complexidade, esforço e custos de implementação, com desempenhos desiguais,” comenta Iván Nabalón, CEO & Founder da Electronic IDentification.

2 Blog El papel de la tecnología biométrica en la revolución de las fintech identificação

A Electronic IDentification oferece, também, três razões simples que farão da identificação por vídeo assíncrona a solução do futuro e a escolha a curto/médio prazo das empresas nos mais variados setores:

  1. Experiência de cliente otimizada. As soluções de vídeo assíncrono, como o VideoID da eID, permitem um processo de identificação automatizado e completamente independente de agendamentos em tempo real, o que é significativamente mais rápido e eficiente, melhorando a experiência de cliente ao eliminar atritos no processo. A automatização também remove possíveis barreiras de idioma.
  2. Redução dos custos de aquisição e aumento das taxas de conversão. Um processo mais eficiente e sem atritos leva a melhores taxas de conversão – tudo o que é necessário é um dispositivo com acesso à Internet e uma câmara, facilitando a situação e a predisposição dos utilizadores.
  3. Conformidade com todas as regulamentações da EU num único processo de integração digital. As soluções assíncronas da eID garantem a segurança e a conformidade regulatória das empresas que utilizam esta nova abordagem de onboarding, bem como a proteção de dados e documentos confidenciais dos seus clientes, fatores que, perante o contexto atual, não podem ser negligenciados.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory