Inflação leva a um aumento de 82% de reclamações

O custo de vida agravou-se em diversos setores e com tamanha força que se fez sentir a inflação dos últimos tempos os consumidores começaram, também, a reclamar muito mais sobre o preço de todo o tipo de produtos, em especial nos bens de primeira necessidade.

Segundo os dados do Portal da Queixa, o maior número de reclamações ligadas à inflação prendem-se nas categorias categorias Água, Eletricidade e Gás, Bancos, Financeiras e Pagamentos e Gastronomia, Alimentação e Bebidas.

portal da queixa inflacao grafico casa aumento de custos reclamações
Publicidade

Inflação leva consumidores a apresentar um maior número de reclamações

Desde o início do ano 2023 que o Portal da Queixa já contabilizou quase 3000 reclamações apresentadas relacionadas com a inflação sentida nos diversos setores. Estes valores representam um aumento de 82% face ao mesmo período de 2022.

Os portugueses sofreram bastante com a subida de preços dos bens e serviços, pelo que um maior número de pessoas começou a optar por expor o seu descontentamento com os diversos prestadores de bens e serviços. O Portal da Queixa dá destaque às áreas que envolvem a energia, a água, empréstimos, rendas e alimentação como as mais preocupantes nesta situação.

Shopping compras ivaucher restaurante comida food

Uma análise do serviço de queixas online releva que, em apenas 24 dias, foram submetidas 2816 reclamações relacionadas com a inflação, representando assim um crescimento de 82% face ao ano anterior, onde se verificaram “apenas” 1540 queixas.

Entre diversas categorias que foram analisadas, a que conta com uma maior incidência de reclamações ligadas à inflação são a Água, Eletricidade e Gás, com 583 queixas no Portal, onde os consumidores reclamam na grande maioria do “aumento das faturas”. No total, este setor representa 39% das queixas apresentadas no período analisado.

Em segundo lugar encontramos a categoria Seguros Vida, Auto e Planos de Saúde, que contam com 233 reclamações inseridas no Portal da Queixa entre 1 de Janeiro de 2023 e 24 de Janeiro de 2023. Os principais motivos apontados pelos consumidores estão relacionados com a “cobrança indevida de serviços”, com um total de 64% das queixas, e o “aumento do custo do plano contratado”, que representa 12% das reclamações nesta categoria.

portal da queixa

O setor dos Transportes está também a receber muitas reclamações devido à alteração dos preços devido à inflação de todos os setores envolventes. Neste caso, os problemas com pagamentos em transpores e portagens foram responsáveis por 313 queixas nesta categoria, com 14% destas reclamações a referirem “os aumentos e cobranças indevidas nas portagens”.

Para este estudo o Portal da Queixa analisou as seguintes categorias: Água, Eletricidade e Gás; Bancos, Financeiras e Pagamentos; Gastronomia, Alimentação e Bebidas; Hiper e Supermercados; Seguros Vida, Auto e Planos de Saúde e Transportes.

rede multibanco portugal sibs

Além disso o serviço de queixas online avança ainda que a maior preocupação dos cidadão da União Europeia (93%) é o aumento do custo de vida, sendo este o motivo principal de preocupação de 98% dos portugueses, segundo o mais recente Eurobarómetro.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory