fbpx

Intel garante licença para negociar com Huawei

Depois das sucessivas notícias relacionadas com os vários fornecedores que deixaram de poder abastecer a Huawei, devido às restrições impostas por Trump, começam agora também a surgir boas notícias para a marca chinesa.

Depois da AMD, agora foi a vez da Intel também conseguir uma licença para vender os seus componentes à Huawei.

intel mediatek 5g
Publicidade

Intel já pode voltar a fornecer a Huawei              

Depois da restrição de Trump à Huawei ter entrado em vigor a 15 de setembro, várias foram as marcas que deixaram de poder abastecer a marca chinesa.

De forma a tentar resolver a situação, e de minimizar as perdas, várias empresas, como a Samsung, solicitaram uma licença especial para poderem manter o abastecimento dos seus componentes.

Se durante algum tempo não houve reação a estes pedidos, estes começam agora a ser respondidos.

Depois da AMD, agora foi a Intel que garantiu a licença para continuar a abastecer a Huawei com os seus processadores.

Desta forma, embora o mercado dos smartphones continue em risco, a marca chinesa consegue assim dar mais um passo para a continuidade do mercado dos computadores, uma área onde a marca tem apostado forte nos últimos tempos.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade