fbpx

Linus Torvalds, pai do Linux, troca Intel por AMD

Se durante muitos anos a Intel liderou no mercado dos processadores, começa agora a perder terreno para a sua concorrência.

A AMD está atualmente a ultrapassar uma fase muito boa, estando a liderar no segmento dos processadores de topo com os Ryzen Threadripper, a destacar-se nos equipamentos mais convencionais, além de estar também nas consolas de próxima geração.

Agora a AMD tem mais uma razão para festejar, depois do emblemático Linus Torvalds, pai do Linux, ter optado por trocar o processador do seu computador principal passando de Intel para a sua concorrente.

Linus Torvalds trocou para AMD depois de 15 anos a utilizar Intel

Na apresentação do novo Kernel 5.7 RC7, Linus Torvalds contou que, após 15 anos a utilizar Intel, se rendeu agora à AMD no seu computador principal, tendo a escolha recaído num Ryzen Threadripper 3970x.

Segundo Linus, as compilações de teste “allmodconfig” são três vezes mais rápidas e deverá também notas diferenças na próxima janela de fusão.

amd ryzen threadripper
Publicidade

O processador escolhido pelo pai do Linux veio revolucionar o segmento dos processadores de alto desempenho. Com um chip de 7nm baseado na arquitetura Zen 2, conta com 32 núcleos e 64 threads de processamento. A frequência de base são 3,7 GHz e tem um Boost máximo até 4,5 GHz.

Além disso, inclui 88 slots PCIe 4.0 para albergar múltiplas GPUs e dispositivos NVMe, além de uma cache combinada de 144 MB e suporte para 512 GB de memória RAM DDR4 de quatro canais utilizando uma alimentação padrão de 280 W.

Embora simbólica, a AMD conquista assim mais uma vitória frente à Intel, mostrando que os seus processadores são agora mais maduros e uma referência no seu setor.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade