fbpx

Microsoft lança ferramenta para recuperar ficheiros apagados

Certamente já lhe aconteceu apagar um ficheiro que não queria, de forma acidental. Infelizmente isto acontece mais frequentemente do que as pessoas esperam, e é sempre uma dor de cabeça para tentar recuperar.

Embora haja vários bons softwares que prometem ajudar nesta tarefa, nem sempre é possível recuperar os ficheiros pretendidos.

Tudo depende se os setores apagados continuam livres, se já foram reescritos e se é possível aproveitar alguma coisa dos fragmentos encontrados.

Para ajudar nesta tarefa, a Microsoft lançou agora uma nova funcionalidade no Windows 10, o Windows File Recovery, que irá ajudar nesta tarefa.

Windows File Recovery – A nova ferramenta da Microsoft para recuperar ficheiros apagados

De forma a facilitar a recuperação de ficheiros apagados, a Microsoft lançou discretamente a ferramenta Windows File Recovery.

Esta nova ferramenta está disponível na linha de comandos, utilizando o comando winfr, e pode ser utilizada para analisar o disco do computador ou discos externos (como é o caso de pens USB ou cartões de memória) com sistemas de ficheiros NTFS, FAT, exFAT ou ReFD (Resilient File System) do Windows Server 2012. No caso dos discos SSD, a recuperação de ficheiros está limitado por TRIM.

Para usar esta ferramenta, o utilizador deve estar na versão 19041.0 ou superior do Windows 10 nas arquiteturas ARM, ARM64, x64 ou x86.

windows file recovery recuperar ficheiros apagados microsoft
Publicidade

Como recuperar dados apagados usando a Windows File Recovery?

Se quer recuperar algum ficheiro que apagou, a ferramenda Windows File Recovery da Microsoft pode ser uma excelente solução.

Para a usar basta seguir os seguintes passos:

  1. Descarregar e instalar a aplicação Windows File Recovery da Microsoft Store. (Conseguimos encontrar através do link, mas não deixou instalar)
  2. Carregar na tecla windows, pesquisar por Windows File Recovery e abrir a aplicação.
  3. Carregar em Sim na mensagem de aviso que irá surgir.
  4. Na linha de comandos, inserir o comando no seguinte formato: winfr source-drive: destination-drive: [/switches]. Ambas as fontes devem ser diferentes e, ao usar o disco do sistema operativo, devem ser usadas as switches /n ou /y para ficheiros ou pastas.
  5. O Windows vai criar a pasta de recuperação Recovery_ on na drive de destino.

Embora não tenha um aspeto gráfico de fácil interação, uma vez que tem de ser utilizado pela linha de comandos, esta é uma forma nativa de realizar esta operação sensível.

Não é garantido que consiga recuperar todos os dados pretendidos, mas será assim mais uma ferramenta a recorrer caso aconteça o azar de apagar o ficheiro errado.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade