Microsoft volta a ser a mais copiada para ataques de phishing

A Check Point publicou o Brand Phishing Report do quarto trimestre de 2023, onde a Microsoft volta a ser destacada como sendo a marca mais copiada para ataques de phishing.

A intenção destes ataques são, por norma, para conseguirem obter as credenciais de acesso dos utilizadores copiando sites de grandes empresas, como a Microsoft, para enganarem os utilizadores.

Microsoft
Publicidade

Microsoft, Amazon e Google estão entre as empresas mais utilizadas para ataques de phishing

A Check Point Research, equipa de investigação da Check Point® Software Technologies Ltd. (NASDAQ: CHKP), fornecedor líder de soluções de cibersegurança a nível mundial, publicou o Brand Phishing Report relativo ao quarto trimestre de 2023.

O relatório destaca as marcas que foram mais frequentemente copiadas pelos cibercriminosos nas suas tentativas de roubar informações pessoais ou credenciais de pagamento dos indivíduos durante os meses de outubro, novembro e dezembro de 2023.

Phishing

No período analisado, a Microsoft foi destacada como sendo a mais atacada, sendo responsável por 33% de todas as tentativas de phishing das marcas. O segundo lugar foi para a Amazon, com 9% das tentativas e a Google, em terceiro lugar, com 8%.

“Embora tenhamos dito adeus a 2023, uma coisa seguiu-nos para o novo ano: a ameaça do phishing. Mesmo os cibercriminosos com conhecimentos limitados de TI podem imitar com precisão marcas legítimas para enganar clientes desprevenidos e realizar ataques de engenharia social”

Omer Dembinsky, Data Group Manager da Check Point Software

Além do setor da tecnologia, a Check Point destaca ainda o setor das redes sociais e o setor bancário como três dos mais utilizados para ataques. Uma das causas para direcionar os ataques mais para os retalhista e para os correios deveu-se às épocas festivas mais recentes que motivaram um elevado número de compras.

DHL

A marca de entrega de encomendas DHL, entrou no Top 10, possivelmente devido ao aumento da atividade durante o mês de compras de novembro, enquanto a classificação da Amazon pode ser atribuída, em grande parte, à venda anual do Amazon Fall Prime Day, que foi agendada durante a segunda semana de outubro.

“Na sequência da utilização generalizada da IA, podemos esperar ver um maior volume de campanhas de phishing este ano, que são ainda mais indistinguíveis das comunicações genuínas das empresas. Uma vez que os maiores nomes da tecnologia, das redes sociais e da banca continuam a ser copiados, os utilizadores finais têm de estar muito atentos quando se envolvem em mensagens de correio eletrónico que afirmam ser de uma marca conhecida”

Omer Dembinsky, Data Group Manager da Check Point Software
data breach seguranca informatica hacker surfshark ransomware dados roubo malware phishing dados

Top 10 das marcas mais imitadas em ataques de phishing no quarto trimestre de 2023

  1. Microsoft (33%)
  2. Amazon (9%)
  3. Google (8%)
  4. Apple (4%)
  5. Wells Fargo (3%)
  6. LinkedIn (3%)
  7. Home Depot (3%)
  8. Facebook (3%)
  9. Netflix (2%)
  10. DHL (2%)
Aproveite a campanha:
bluetti prime day

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory

Participe nos nossos giveaway de 4º aniversário

X