fbpx

POCO explica porque utiliza smartphones baseados nos modelos da Xiaomi

A POCO nasceu há alguns anos como uma sub-marca da Xiaomi, tendo-se estreado com o popular e económico POCO F1.

No entanto, pouco depois do seu lançamento, a marca chinesa decidiu tornar-se independente, tendo seguido um caminho distinto da Xiaomi.

Porém, a marca continua a usar equipamentos e sistema operativo da sua antiga proprietária, algo que foi agora explicado por um responsável da POCO.

poco x2 smartphone
Publicidade

POCO continuará a usar MIIUI nos seus equipamentos

Depois de se ter tornado independente, a POCO decidiu fazer uma pausa nos lançamentos, tendo voltado em força durante este ano.

No entanto, mesmo com uma separação oficial das marcas, a marca chinesa continua a usar os equipamentos e tecnologias da Xiaomi.

De forma a explicar este facto, Anuj Sharma, Responsável Nacional do mercado indiano, revelou que, como a marca está a dar os primeiros passos, não teve ainda tempo nem meios para desenvolver os seus próprios equipamentos.

Assim, numa estratégia também usada pela OnePlus e Realme nos seus primeiros equipamentos, irá utilizar por agora os smartphones da Xiaomi como base, aplicando as suas melhorias sobre estes.

Além disso, Sharma revelou ainda que a marca irá continuar a utilizar a MIUI, uma vez que não pretende, pelo menos para já, investir no seu próprio software e que estará a desenvolver um verdadeiro sucessor do POCO F1.

Com estas declarações, percebemos que a marca chinesa pretende fazer um caminho estruturado, procurando desenvolver lentamente as suas próprias soluções à medida que a marca cresce.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade