Portal da Queixa recebeu mais de 200 mil reclamações em 2023

O ano 2023 está a chegar ao fim e o Portal da Queixa esteve bastante ativo todo o ano. As contas finais indicam que os consumidores efetuaram mais de 200 mil reclamações.

Os correios, serviços públicos e telecomunicações foram, uma vez mais, os serviços onde os consumidores apresentaram mais reclamações no Portal da Queixa.

portal da queixa
Publicidade

“Encomenda” foi a palavra mais utilizada pelos consumidores nas reclamações do Portal da Queixa

O Portal da Queixa recebeu mais de 200 mil reclamações em 2023. Correio, Transporte e Logística; Serviços e Administração Pública; Comunicações, TV e Media foram os três setores mais reclamados pelos portugueses.

O ano de 2023 fica ainda marcado por queixas relacionadas com o aumento do custo de vida e com a inflação, com constrangimentos no SNS e pela crescente insatisfação com os serviços públicos.

Segundo indica em comunicado o Portal da Queixa, a palavra “Encomenda” foi a mais usada pelos consumidores nas reclamações registadas na plataforma.

entrega reclamacoes delivery encomendas

Em 2023, os portugueses mostraram o seu descontentamento e insatisfação com vários serviços, marcas e entidades, assistindo-se a um novo recorde anual de reclamações registadas no Portal da Queixa: um total de 202.580 ocorrências entre janeiro e dia 28 de dezembro.

Os números divulgados representam uma média diária de 550 queixas e um aumento de 5,3% em relação ao período homólogo de 2022, onde foram registadas 192.346 reclamações.

O perfil do consumidor que mais reclamou é masculino (51.6%), com idade média de 42/43 anos e residente no distrito de Lisboa.

Segundo a análise do Portal da Queixa, a categoria Correio, Transporte e Logística mantém o primeiro lugar em 2023, tendo sido a mais reclamada pelos portugueses e representando 12,42% das queixas.

portal da queixa avaliacao estrelas

No TOP 10 das categorias com o maior número de reclamações seguem-se: Serviços e Administração Pública (10,36%); Comunicações, TV e Media (8,84%); Informática, Tecnologia e Som (6,60%); Transportes Públicos, Aluguer e Condução (6,35%); Bancos, Financeiras e Pagamentos (6,20%); Compras, Moda e Joalharia(5,53%); Água, Eletricidade e Gás (4,45%); Mobiliário, Decoração e Eletrodomésticos (4,32%) e Hotéis, Viagens e Turismo (3,79%).

Segundo os dados analisados, as categorias com maior variação de crescimento de queixas em relação a 2022 foram: Casinos e Casas de Apostas, com um aumento de 59% face ao período homólogo; Empresas, Serviços e Associações (44%); Gastronomia, Alimentação e Bebidas (39%) e Automóveis, Motas e Bicicletas (38%).

A análise efetuada às reclamações geradas em 2023, revela ainda que, não obstante o elevado número de queixas registadas no Portal da Queixa, foram várias as marcas que demonstram uma preocupação na resolução dos problemas reportados pelos consumidores na plataforma.

portal da queixa inflacao grafico casa aumento de custos reclamações

Nas cinco categorias com maior Taxa de Solução destacaram-se: Correio, Transportes e Logística (70.4%); Comunicações, TV e Media (69.1%); Água, Eletricidade e Gás (68,8%); Casinos e Casas de Apostas (64.6%) e Bancos, Financeiras e Pagamentos também com 64.6% de Taxa de Solução.

Em 2023, foram vários os casos reportados pelos consumidores no Portal da Queixa que fizeram soar os alertas na opinião pública. Entre os mais mediáticos, destacam-se: as reclamações relacionadas com o aumento do custo de vida e inflação, desde a subida de preços, os problemas com a medida IVA 0%, até às dificuldades de negociações de crédito com a banca.

Com igual impacto, os constrangimentos gerados pelas inúmeras greves no SNS; o aumento das denúncias de burlas online e a crescente insatisfação com os serviços públicos.

No Top de palavras mais utilizadas nas reclamações pelos consumidores, a mais usada ao longo de 2023 foi: encomenda.

portal da queixa site

“Em 2023, o Portal da Queixa consolidou o seu posicionamento como o principal canal digital, onde os consumidores pesquisam a reputação das marcas antes de efetuarem as suas compras. A reputação constitui a principal moeda de troca na era da economia digital e os consumidores já perceberam como podem utilizar este indicador como um benefício para garantir confiança e transparência. Este ano, assistimos a mudanças comportamentais, por parte dos consumidores, mas igualmente das marcas, devido à instabilidade económica e financeira em que vivemos, alterando os hábitos de consumo e as estratégias de comunicação das empresas, ao incidir a sua mensagem na poupança, na confiança e na reputação.”

“Os serviços do Estado foram alvo de um aumento da insatisfação, como resultado das más decisões políticas, fruto da instabilidade governamental que se abateu sobre o país. O volume de reclamações dos cidadãos é um reflexo exato da fraca performance do executivo que agora foi demitido.”

Pedro Lourenço, fundador do Portal da Queixa by Consumers Trust
2023 equipamentos calendario

De referir que, o Portal da Queixa é a plataforma online que mais reclamações recebe dos consumidores em Portugal. Em 2023, atingiu um milhão de ocorrências registadas, consolidando o seu posicionamento de referência nacional em matéria de consumo e de principal canal digital eleito pelos portugueses na hora de reclamar e de pesquisar sobre a reputação das marcas.

Aproveite a campanha:
bluetti prime day

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory

Participe nos nossos giveaway de 4º aniversário

X