fbpx

Projeto financiado pela Microsoft desenvolve câmara sem fios para insetos

Durante muitos anos, foram vários os filmes que nos mostraram como poderia ser fantástico utilizar uma mini câmara sem fios em insetos para espionagem.

Se até agora isto era algo difícil de replicar, com os investigadores a terem dificuldade em reduzir as dimensões do equipamento, começam agora a surgir os primeiros resultados funcionais.

O primeiro projeto chega-nos dos Estados Unidos, onde uma investigação da Universidade de Washington, financiada pela Microsoft, começa agora a dar os primeiros resultados.

Lançado o primeiro protótipo de câmara sem fios para insetos com transmissão em tempo real

Fruto de uma investigação da Escola de Ciências da Computação da e Engenharia da Universidade de Washington, em parceria com a Microsoft e a National Science Foundation, foi agora desenvolvido o primeiro protótipo de uma câmara sem fios em miniatura que transmite em tempo real para um smartphone o que está a gravar.

Com 248 gramas, permite a captação de imagem a preto e branco, numa resolução bastante baixa (160×120 pixeis) e com uma velocidade de transmissão muito baixa (1 a 5 fps através de Bluetooth). Tem também incluída uma bateria de 10 mAh, que permite uma operação até 6 horas, o que mostra a eficiência deste sistema.

mini camara sem fios inseto transmissao tempo real
Publicidade

Após vários projetos falhados, os investigadores chegaram agora a esta solução, depois de analisarem o sistema ótico das moscas. Estes insetos possuem uns olhos redondos bastante grandes que lhes permitem combinar um campo de visão amplo, desfocado e pouco específico com uma área de alta resolução. Desta forma, a equipa desenhou um pequeno rotor de 60 graus para melhorar o enquadramento e imitar o movimento da cabeça.

Embora não possa ser instalado em insetos muito pequenos, esta é uma grande vitória para esta equipa, que conseguiu ultrapassar todas as dificuldades de desenhar uma câmara funcional de tão pouca dimensão.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade