Queixas por phishing aumentaram no que diz respeito aos cartões de crédito

O Portal da Queixa recebe diariamente milhares de queixas dos consumidores sobre os mais diversos temas e empresas.

Mas algo destacado foi a quantidade de reclamações recebidas, entre 1 de janeiro de 2021 e 15 de julho do mesmo ano, relacionadas com cartões de crédito e pagamentos associadas a ataques por phishing.

Segundo os mesmos, foram recebidas um total de 943 reclamações sobre este tema, sendo que um dos principais motivos das queixas está relacionado com ataques por phising. Neste campo, a empresa com maior número de incidências é a WiZink.

ransomware hacker virus informatico dinheiro pc
Publicidade

WiZink foi a marca mais prejudicada por esquemas de phishing

Com grande parte das pessoas obrigadas a trabalhar por casa e a terem de ficar mais tempo entre as suas quatro paredes, é normal que exista uma maior utilização de serviços de compra e venda online.

Como já havíamos relatado, os ataques informáticos dispararam em flecha desde o início da pandemia, mas um dos setor que foi fortemente afetado, segundo o relatório do Portal da Queixa, foi o dos cartões de crédito.

Phishing cartao hacker online compras pc ransomware

Desde o início do ano até ao passado dia 15 de julho, de forma geral, as queixas relacionadas com cartões de crédito e pagamentos duplicaram quando comparado com o ano passado. Esta subida foi verificada um pouco por diversas entidades credoras em Portugal (Universo, WiZink, Revolut e Cyrana).

Grande parte das reclamações deste ano devem-se a campanhas de phishing e à alegada falta de segurança na utilização dos cartões de crédito.

O Cartão Universo conseguiu resolver 80% das reclamações apresentadas no Portal da Queixa até ao momento, que teve um elevado número de casos identificados destes ataques. Neste momento, o mais visado é mesmo o Cartão WIZink.

wizink

Os consumidores que recorreram ao Portal da Queixa para apresentar as reclamações sobre o WiZink chegaram mesmo a criar um grupo online (Lesados WiZink) que, para já, conta com a participação de 25 lesados que alegam ter perdido, entre abril e maio, cerca de 130 mil euros nos cartões da marca.

Algumas das reclamações que se podem ler no Portal da Queixa indicam que receberam contactos identificados como sendo por parte do WiZink e só mais tarde foram avisados de que se tratava de um esquema, quando o prejuízo já seria elevado.

portal da queixa Phishing

Patrícia Furtado, uma das alegadas lesadas, reclamou na plataforma explicando que:

“No passado dia 15 de maio fui vítima de Phishing, através do meu cartão Wizink, após ter recebido um email e uma sms sempre pelo remetente Wizink.pt e Wizink. No momento em que a fraude decorreu recebi um telefonema da SIBS onde me confirmaram estar a ser vítima de fraude, pois teriam efetuado transferências de 300€ e outra 4.700€, disseram que iriam cancelar de imediato o meu cartão, (cartão esse que ainda nem sequer eu tinha ativado), no entanto para além destas transferências, ainda foi feita uma outra de 4.100€, perfazendo o total de 9.100€.”

Phising cartao hacker online compras pc ransomware

Outro caso que publicado na plataforma foi o de Pedro Pereira, que indica ter sido lesado em 4200€ sem qualquer tipo de pedido de confirmação ter sido feito antes dos valores serem movimentados do seu cartão:

“”Fui vítima de phishing. Um dia depois de ter recebido o cartão de crédito na caixa de correio respondi a um email para o ativar. Foram feitos 5 movimentos no valor de cerca de 4200€ sem ter recebido nenhum código para os confirmar”

E muitos mais casos são reportados pelos utilizados no Portal da Queixa sempre com a indicação de terem recebido algum contacto para ativarem o seu cartão WiZink e que, logo de seguida, começaram os movimentos sem autorização no saldo.

Phising cartao hacker online compras pc ransomware revolut

O Centro Nacional de Cibersegurança adiantou que, no ano passado, foram registados um total de 1418 casos de cibercrime, sendo que 649 destes casos são referentes a fraudes. Os esquemas de phishing dispararam de 236 para 613 no entretanto.

#NãoSejasPato

Esta campanha surgiu em pleno ambiente de pandemia com o nome #NãoSejasPato e tem como objetivo principal ajudar os consumidores portugueses a defenderem-se melhor dos perigos online.

nao sejas pato

Este movimento foi lançado pelo Portal da Queixa e visa aumentar a literacia digital da população e evitar que esta caia em burlas e esquemas fraudulentos.

Nesta campanha podemos encontrar diversas entidades (que também são parceiras do projeto) que permitem transações e compras online, como é o caso do OLX, MB WAY, Worten, CTT, KuantoKusta e euPago.

Partilhe este artigo

2 comentários em “Queixas por phishing aumentaram no que diz respeito aos cartões de crédito”

  1. O grupo dos lesados da wizink neste momento conta já com 47 pessoas., a tendência é aumentar, dado que os burlados vão começando a saber que não são os únicos. Também sou uma das lesadas e realmente a wizink deixa muito a desejar, falta de informação para com os clientes de como proceder para poderem reverter a situação dando s entender que até dá jeito, uns jurinhos a mais são sempre bem vindos.

    Responder
  2. O cartão universo resolve os casos porque os assume perante os clientes
    Liga a confirmar os movimentos com o cliente
    A wizink não faz nada disso… E alem disse alguns dos clientes sabem porque e a sibs que informa porque a wizink os clientes têm movimentos de milhares de Euros em minutos e a wizink acha tudo normal e nem os confirma…
    Nunca vi uma financeira trabalhar tão mal…

    Responder

Deixe um comentário

Publicidade