fbpx

Redmi K30 Ultra com Dimensity 1000+ apresenta desempenho próximo do Snapdragon 865

No início desta semana, a Xiaomi apresentou duas grandes novidades no seu largo portefólio de smartphones.

Além do Mi 10 Ultra, que inaugurou a tecnologia de carregamento rápido a 120W e se tornou o líder do ranking da DxOMark em fotografia, a marca chinesa apresentou também o Redmi K30 Ultra.

Para este equipamento, a Xiaomi surpreendeu com um ecrã AMOLED com taxa de atualização a 120 Hz, além de ter optado por introduzir um dos novos processadores 5G da Mediatek em vez dos processadores da Qualcomm.

A escolha neste equipamento recaiu no Dimensity 1000+ um processador que ainda só tinha sido utilizado no IQOO Z1 e que promete surpreender pelo seu desempenho.

xiaomi redmi k30 ultra
Publicidade

Mediatek Dimensity 1000+ do Redmi K30 Ultra surpreende frente ao Snapdragon 865

Pouco depois de ser lançado o Redmi K30 Ultra, começaram a surgir os primeiros testes de benchmark a este equipamento de forma a perceber como se comporta o Mediatek Dimensity 1000+.

No caso do Antutu Benchmark V8.4.3, o Snapdragon 865 pontuou 605 248 pontos, seguido do Mediatek Dimensity 1000+ com 539 786 e, por fim, o Kirin 990 5G com 523 307 pontos.

antutu v8.4.3 mediatek dimensity 1000+ realme k30 pro

Passando ao Geekbench 5, o Snapdragon 865 mantém a liderança no single-core, com 904 pontos, seguido pelo Dimensity 1000+ e o Kirin 990 5G com 790 e 783 pontos respetivamente. Já no multi-core, o snapdragon mantém a liderança, com 3349 pontos, seguido do Kirin, com 3212, e, por fim, o Mediatek com 3100 pontos.

geekbench 5 mediatek dimensity 1000+ realme k30 pro

Passando ao 3DMark, tanto no teste Sling Shot Extreme OpenGLES 3.1 como no Sling Shot Extreme Vulkan o Snapdragon 865 é o líder, seguido pelo Mediatek Dimensity 1000+ e o Kirin 990 5G.

3dmark mediatek dimensity 1000+ realme k30 pro

Por fim, no GFXBench, a tendência é a mesma, mantendo o Snapdragon 865 a liderança, seguido de perto pelo Mediatek 1000+ e, por último, o Kirin 990 5G.

gfxbench mediatek dimensity 1000+ realme k30 pro

Tendo em conta estes testes, assim como o seu preço, o novo processador de topo da Mediatek apresenta uma pontuação surpreendente, conseguindo acompanhar de perto o processador de topo da Qualcomm.

Com um preço para o modelo base de 244€ na China, o Redmi K30 Ultra pode tornar-se facilmente um modelo muito apetecível, especialmente caso seja lançado no mercado global.

Para o lado da Mediatek estas são excelentes notícias. Em ano de regresso à ribalta ao mundo dos processadores, parece bem posicionada para desempenhar um papel mais relevante com esta nova geração de SoCs 5G.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade