Samsung vai começar a vender peças para a reparação de smartphones e tablets Galaxy

Com o intuito de continuar a promover a aposta na sustentabilidade, a Samsung tem planos de começar a vender peças destinadas à reparação de smartphones e tablets da linha Galaxy aos consumidores.

Os planos da Samsung devem começar a ser colocados em prática já a partir do verão de 2022.

samsung
Publicidade

Partiu a traseira de um smartphone Galaxy? A Samsung vende-lhe as peças para o poder reparar

São diversas as empresas que começaram nos últimos anos a apostar fortemente numa imagem mais sustentável para os seus equipamentos. No seguimento destes planos, a Samsung decidiu que vai apostar nas reparações em vez de forçar a substituição de equipamentos junto dos consumidores.

Muitas vezes as reparações de equipamentos como smartphones ou tablets tornam-se mais caras que o suposto devido ao pagamento das peças aliado aos custos da mão de obra do centro de reparação. É neste ponto que a empresa sul coreana quer começar a marcar a diferença.

samsung galaxy s21

Segundo a Samsung, a começar no verão de 2022, a empresa vai disponibilizar aos consumidores diversos componentes para que estes possam reparar os seus equipamentos pagando apenas o preço das peças (e talvez custos de entrega). O programa vai começar com a disponibilização de peças para as linhas S20, S21 e Galaxy Tab S7 Plus.

As peças vendidas vão desde os ecrãs dos equipamentos, as baterias e até mesmo os painéis traseiros ou as portas de carregamento. Além da compra, o consumidor pode ainda devolver as peças antigas à Samsung para que estas possam ser recicladas.

samsung galaxy tab s7 galaxy tab s8 ultra

Em comunicado, a empresa afirma que “os consumidores Samsung vão conseguir ter acesso a peças genuínas, ferramentas de reparação e guias intuitivos, visuais e com explicações passo-a-passo”. Estes guias vão ser criados em parceria com a empresa iFixit.

A empresa confirma ainda que, mais tarde, irá alargar o programa para outros equipamentos da família Samsung Galaxy, até porque a nova gama, a linha S22, não está incluída (para já) no programa de vendas de peças de reparação oficiais ao consumidor. Além disso, apenas um modelo da linha de tablets está abrangido nesta primeira fase do programa.

samsung

Caso os preços se mostrem competitivos e justos, esta poderá ser uma solução mais viável para que os utilizadores permaneçam mais tempo com os seus equipamentos Samsung Galaxy em vez de, simplesmente, os mandarem fora e comprarem novos.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory