Setor do turismo com aumento de 15% de reclamações

O setor do turismo começou há pouco a recuperar dos problemas que a pandemia COVID-19 trouxe para a área e, comparando com o mesmo período em 2021, houve um aumento de 15% de reclamações efetuadas no primeiro semestre de 2022.

Os sites de reservas e as companhias aéreas lideram o maior volume de queixas (37%) sendo que a maioria é referente a problemas de reembolsos e à utilização de vouchers de desconto.

portal da queixa
Publicidade

Setor do turismo com mais reclamações em quase todos os departamentos

Segundos os dados partilhados pelo Portal da Queixa, o setor do turismo teve um aumento de 15% de reclamações no primeiro semestre de 2022, face aos números de 2021. A e.Dreams, TAP e Ryanair são as marcas com mais reclamações.

No total, o Portal da Queixa registou 2459 reclamações relacionadas com o setor do turismo, um aumento de cerca de 300 reclamações quando comparadas com as 2136 realizadas no ano anterior.

portal da queixa avaliacao estrelas

O maior número de reclamações da área do turismo encontram-se nas categorias de Sites de Reservas de Viagens (38%), Companhias Aéreas (37%), Agências de Viagens (8%), Sites de Reservas de Alojamento (7%), Aeroportos (3%), números estes apurados até ao mês de junho de 2022.

O maior problema que se consegue apurar pelas reclamações na área do turismo parece estar relacionado com problemas com o reembolso de reservas e com a utilização de vouchers, responsáveis por 37% das queixas apresentadas.

A lista prossegue com 23% das queixas a estarem relacionadas com problemas na alteração, confirmação ou cancelamento de reservas, 15% derivado de problemas com os pagamentos e a faturação, 10% referem-se a problemas com as bagagens e 8% queixou-se de questões relacionadas com o atendimento/apoio ao cliente das empresas do setor do turismo.

travel viagens viajar turismo

As empresas com um maior número de queixas dentro do setor do turismo são a eDreams, com 24% das queixas, seguida pela TAP com 16% e pela Ryanair com 7%. A Booking surge logo de seguida com 4% das reclamações assim como o Rumbo e a Easyjet. Com 2% está a ANA Aeroportos de Portugal, a Logitravel, a Vueling e a Tripmonster.

Face ao período homólogo, os dados do Portal da Queixam revelam que a ANA Aeroportos de Portugal teve um crescimento de 100% face ao mesmo período em 2021, a Logitravel cresceu 91% em termos de reclamações, a Booking 88% e a Tripmonster 77%.

travel viagens viajar

A Easyjet registou um aumento mais pequeno, com uma subida de 72% e, pela variação negativa, encontramos o Rumbo que registou -58% de reclamações.

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory