Smartphones da Xiaomi e da Samsung entre os que mais emitem radiações em 2024

Um estudo realizado pela Stocklytics revelou os smartphones com uma maior taxa de radiação emitida, onde podemos encontrar o Xiaomi Mi A1, em primeiro lugar, e o Samsung Galaxy A23 5G em quinto lugar.

A lista em questão está, maioritariamente, preenchida com os equipamentos da Xiaomi, com a marca chinesa a ocupar os quatro primeiros lugares.

Xiaomi 13T Pro
Publicidade

Smartphones Xiaomi e Samsung emitem maior radiação

O estudo em questão revela a radiação emitida por diversos smartphones presentes no mercado atual, com a Xiaomi e a Samsung a ocuparem os primeiros cinco lugares do gráfico.

Apesar de ser um cenário que pode levar muitos utilizadores a ficarem preocupados vamos ter em mente que se tratam de smartphones de gamas mais baixas ou que, atualmente, já contam com alguns anos de mercado.

Samsung Galaxy A35 5G

Isto significa que, apesar destes smartphones da Xiaomi e da Samsung ainda circularem um pouco por todo o lado, já não são os mais atualizados de ambas as empresas, pelo que o nível de risco nos equipamentos mais recentes deverá ser muito inferior.

Em primeiro lugar na listagem, encontramos o Xiaomi Mi A1 (tanto a versão normal como a com dual SIM – em segundo lugar), com valores (no ouvido) de 1.75 W/kg e com emissões de 0,76 W/kg quando no bolso (ou quando encostado ao corpo). Logo em seguida encontramos o Xiaomi Mi Max 3, em terceiro lugar, seguindo-se a versão 5G do mesmo smartphone da Xiaomi.

Em quinto lugar surge então o Samsung Galaxy A23 5G, com valores de 1,49 W/kg quando no ouvido e com 1,25 W/kg quando colocado no bolso. Da sul coreana encontramos ainda valores preocupantes com o Samsung Galaxy Z Fold 4 (130 W/kg / 1,51 W/kg) assim como o Samsung Galaxy Z Fold 5, com uma emissão de 1,24 W/kg quando no ouvido.

Samsung e Xiaomi também têm smartphone com baixas emissões de radiação

Apesar de ocuparem o topo da tabela apresentada, tanto a Samsung como a Xiaomi são, também, responsáveis por alguns modelos que emitem muito pouca ou quase nenhuma radiação.

No caso da gigante sul coreana, falamos de smartphones como a linha Note 10, os Galaxy A55 e os Galaxy A35. Já a Xiaomi conta com o Redmi 5A e o Note 7 Pro. Todos estes equipamentos apresentam uma emissão de radiação ilegível quando no ouvido.

Redmi Note 12 Pro+ 5G

Este fator contribuí para que exista uma certa segurança de que, dependendo do tipo de materiais e da evolução registada nos equipamentos, as marcas conseguem oferecer equipamentos bem trabalhados e com taxas de emissão de radiação extremamente baixas.

A Google e a Apple aparecem, também neste mesmo estudo, com o Pixel 3a, o Pixel 4a e a linha iPhone 7 a apresentarem valores entre os 1,36 W/kg e os 1,39 W/kg quando no ouvido.

Participe no passatempo:
nordvpn promocao

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory