Tecnologia Mesh: Maximize a Conetividade Residencial com Inovação e Eficiência

A rápida proliferação de dispositivos conectados nas habitações modernas exige soluções avançadas em redes sem fios. Neste contexto, a Tecnologia Mesh emerge como uma abordagem inovadora, revolucionando a conetividade doméstica.

Ao contrário das redes tradicionais, onde um único ponto de acesso supervisiona toda a cobertura, as redes Mesh distribuem inteligentemente a carga entre diversos “Nós” interconectados, proporcionando benefícios distintos.

meshnet dispositivos
Publicidade

A Tecnologia Mesh

A tecnologia Mesh, atualmente em ascensão nas redes domésticas e corporativas, representa uma abordagem inovadora para superar as limitações das redes tradicionais baseadas em routers. Diferente do modelo convencional, a Mesh não depende de um único router, mas sim de vários dispositivos denominados “Nós”. Estes Nós, interconectados, asseguram uma cobertura Wi-Fi uniforme em toda a área, eliminando as zonas de sinal fraco.

Uma das principais vantagens da tecnologia Mesh é a capacidade dos Nós comunicarem entre si, com auxílio da Inteligência Artificial, determinando a rota mais eficiente para a transmissão de dados e gerindo o balanço de carga consoante as necessidades e capacidades dos dispositivos ligados. Isto resulta numa conexão robusta e mais eficiente em qualquer parte da casa ou escritório, independentemente da distância até ao router central.

Outra vantagem notável, é a transição entre os Nós, que garante uma experiência contínua para os utilizadores em movimento, evitando interrupções e quedas de conexão.

A simplicidade na instalação e configuração é outra característica notável da tecnologia Mesh. A maioria dos sistemas é plug and play, acompanhada por aplicações intuitivas, tornando-a acessível mesmo para utilizadores menos familiarizados com termos técnicos.

No entanto, é crucial considerar os desafios associados à implementação de uma rede Mesh. Apesar da sua notável eficiência, o custo pode ser um obstáculo, já que a aquisição de múltiplos Nós pode ser mais cara do que um router Wi-Fi tradicional.

Foto FlavioMatos Mesh

A potencial redução na velocidade da rede, à medida que mais dispositivos se conectam e partilham o mesmo sinal, destaca a importância de escolher Nós de alta qualidade capazes de manter um desempenho sólido mesmo sob carga. Apesar destes desafios, a tecnologia Mesh emerge como uma solução promissora para as crescentes demandas de conectividade em ambientes domésticos e empresariais.

Vantagens e características-chave da Tecnologia Mesh

Topologia Malha (Mesh)

image 6 Mesh

A topologia Mesh é caracterizada pela presença de vários Nós interconectados, formando uma malha. Cada nó na rede Mesh atua como um ponto de acesso e também como um repetidor, permitindo a transmissão eficiente de dados.

Um nome. Uma senha

image 7 Mesh

O WiFi Mesh permite que faça login na sua rede com apenas um nome de rede e uma senha para receber WiFi sem problemas em toda a sua casa.

Roaming Contínuo

image 8 Mesh

O Roaming Contínuo permite que fique conectado à sua rede, mesmo quando se desloca entre as divisões da casa. A transição de um nó para outro é impercetível.

Distribuição Dinâmica de Carga e Gestão Inteligente de Dispositivos

image 9 Mesh

A tecnologia Mesh é capaz de gerir dinamicamente a ligação de dispositivos entre os Nós. A alocação inteligente de recursos garante que cada dispositivo recebe a largura de banda necessária, proporcionando uma experiência de utilizador mais fluída, mesmo em ambientes com vários dispositivos conectados simultaneamente.

Auto-Reparação

image 10 Mesh

Se um dos Nós falhar ou for removido, a rede reconfigura-se automaticamente para otimizar o desempenho e garantir a continuidade do serviço.

Cobertura Ampliada

image 11 Mesh

A presença de Nós interconectados permite uma cobertura Wi-Fi mais ampla e uniforme em comparação com redes convencionais. Isto é especialmente útil em habitações grandes ou escritórios com vários andares, onde os sinais tradicionais podem enfrentar dificuldades para alcançar todos os cantos.

Resiliência e Redundância

image 12 Mesh

A redundância na topologia Mesh, orientada por IA, contribui para a resiliência da rede. Se um nó falhar, outros podem assumir a carga, garantindo uma conetividade contínua. Isto é crucial para aplicações críticas, como sistemas de segurança ou monitorização.

Adaptabilidade a Obstáculos

image 13 Mesh

A capacidade da rede Mesh de se adaptar dinamicamente a obstáculos físicos, como paredes e móveis, melhora significativamente a qualidade do sinal em ambientes complexos.

Desafios na Implementação da Tecnologia Mesh

Interferências e Latência

Mesmo com a capacidade de adaptação, existem interferências externas e latência que ainda podem afetar o desempenho da rede Mesh em determinadas situações.

Exemplos:

  • Dispositivos eletrónicos: Equipamentos domésticos como micro-ondas, telefones sem fio, dispositivos Bluetooth, fornos, rádios, entre outros, em operação na mesma frequência, podem gerar interferências na rede Mesh. O funcionamento desses dispositivos pode sobrepor-se ao sinal Wi-Fi, causando quedas de velocidade e potencialmente interrupções.
  • Obstáculos físicos: Paredes densas, móveis maciços, estruturas metálicas, espelhos, vidros, entre outros, podem atuar como barreiras físicas que atenuam o sinal Wi-Fi.
Deco X60 tp-link
  • Luzes LED: Embora geralmente não emitam interferências significativas, podem causar interferências eletromagnéticas em redes Wi-Fi, especialmente se forem de baixa qualidade ou mal projetadas. Isso ocorre porque o circuito eletrónico interno das luzes LED pode gerar ruídos elétricos que interferem nas frequências utilizadas pelas redes sem fio, podendo resultar em degradação do sinal Wi-Fi e potenciais problemas de conectividade. Para amenizar essas interferências, é recomendável utilizar luzes LED de boa qualidade e posicionar os Nós da rede Mesh de forma a evitar a proximidade com esses dispositivos.
  • Redes Wi-Fi nas proximidades: Se existirem várias redes Wi-Fi a operar nos mesmos canais ou em canais sobrepostos, podem causar interferências. É especialmente comum em ambientes urbanos densos, edifícios de apartamentos ou escritórios, onde várias redes sem fio podem competir pelos mesmos recursos de frequência.
  • Latência: refere-se ao tempo de resposta entre o envio de um pedido e a receção da resposta. Pode ser influenciada por diversos fatores, como a quantidade de dispositivos conectados à rede e a distância entre eles e os Nós da rede.

É essencial que os utilizadores estejam cientes dos possíveis desafios. Devem considerar a implementação de estratégias para minimizar interferências, o posicionamento adequado dos dispositivos Mesh e garantir uma configuração otimizada da rede para manter um desempenho consistente e eficiente.

Tp-Link Deco X90

Exemplos práticos

Apartamento

Vamos analisar um exemplo prático de como a tecnologia Mesh pode ser implementada num apartamento com três quartos, sala e cozinha e uma família de 4 pessoas com cerca de 10-15 dispositivos ligados (smartphones, computadores, Smart tv).

A escolha dos equipamentos varia consoante as necessidades dos clientes. Para uma utilização corrente (redes sociais, mails, serviços, vídeos) pode optar pelo Pack de 3 Unidades-Deco AX10.

Para uma utilização mais intensiva (Streaming, Gaming, Home office, redes sociais, mails, serviços, Casa inteligente) opte pelo Pack 3 Unidades Deco AX50.

Tp-Link Deco P7
  1. Análise da Cobertura Atual:
    • Examine a disposição do apartamento com três quartos. Neste caso o router da operadora está localizado na sala. Identifique áreas com sinal Wi-Fi fraco ou inexistente, uma situação comum com routers tradicionais.
  2. Posicionamento Estratégico:
    • Distribua os três Deco pela casa. Coloque um Nó na sala, ligado ao router por cabo, outro no corredor central e o terceiro num dos quartos. Avalie a disposição dos móveis, paredes e eletrodomésticos. Identifique possíveis obstáculos e oriente a colocação estratégica dos Deco.
  3. Configuração dos Dispositivos Mesh:
    • Siga as instruções de configuração dos equipamentos respetivos em Aplicação DECO para criar a rede Mesh. Conecte cada Deco, permitindo a comunicação entre eles e formando uma rede robusta e inteligente.
  4. Teste e Otimização:
    • Realize testes de velocidade e conectividade em diferentes áreas do apartamento. Ajuste a posição dos Deco conforme necessário para otimizar a cobertura.
  5. Conclusão:
    • Ao adotar a Tecnologia Mesh, beneficie de uma cobertura Wi-Fi uniforme, minimizando zonas mortas e proporcionando uma experiência de conetividade superior.

NOTA -Tenha em consideração as interferências

Tp-Link Deco P7

Vivenda

Agora, vamos explorar um exemplo prático de implementação da tecnologia Mesh para melhorar a conectividade numa vivenda com 2 pisos, 5 pessoas e 20-25 dispositivos ligados.

Para uma utilização corrente (redes sociais, mails, serviços, vídeos) pode optar pelo Pack de 3 Unidades-Deco AX50. Para uma utilização mais intensiva (Streaming, Gaming, Home office, redes sociais, mails, serviços, Casa inteligente) opte pelo Pack 3 Unidades Deco XE75.

Tp-Link Deco X90
  1. Análise da Cobertura Atual:
    • No piso térreo, o router da operadora está localizado na sala de estar. No entanto, alguns cantos da casa, como quartos distantes ou áreas com mais interferências, podem ter uma receção Wi-Fi fraca.
  2. Posicionamento Estratégico:
    • Certifique-se de que o número de dispositivos Deco é suficiente para cobrir toda a casa.
      Coloque o Deco principal na sala de estar, ligado ao router da operadora por cabo. Em seguida, distribua os pontos de acesso Deco nos locais estratégicos, em zonas amplas, afastados de obstáculos, como: um no corredor central do piso térreo e outro no corredor central do piso superior.
      Nota: Quando posicionados em pisos distintos, os Deco não devem sobrepor-se verticalmente. A unidade instalada no piso superior deve ser colocada diagonalmente em relação àquela no piso inferior.
  3. Configuração dos Dispositivos Mesh:
    • Siga as instruções da TP-Link em Aplicação Deco para configurar a sua rede. Normalmente, este processo envolve conectar o primeiro dispositivo ao router principal e, em seguida, posicionar os outros pontos de acesso de acordo.
  4. Teste e Otimização:
    • Realize testes de velocidade e conectividade em diferentes áreas da vivenda. Ajuste a posição dos pontos de acesso Deco conforme necessário para otimizar a cobertura.
  5. Conclusão:
    • Este exemplo prático ilustra como a tecnologia Mesh pode ser implementada de forma eficaz numa vivenda de dois pisos, superando as limitações das redes Wi-Fi convencionais e garantindo uma conectividade estável em toda a casa.

NOTA: -Tenha em consideração as interferências

image 5 Mesh

Conclusão

Em resumo, a tecnologia Mesh está a revolucionar a forma como as redes Wi-Fi são implementadas. Com as suas vantagens de cobertura uniforme, transição suave e facilidade de instalação, está a tornar-se uma opção popular para casas e escritórios.

Apesar dos desafios inerentes, como interferências e complexidade inicial, os benefícios em termos de cobertura, resiliência e gerenciamento inteligente de dispositivos, fazem da Tecnologia Mesh uma escolha promissora para otimizar a conetividade doméstica.

Artigo escrito por Flávio Matos da Tp-Link

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory