fbpx

Tesla pondera licenciamento do AutoPilot e fornececimento de motores e baterias a outros fabricantes

A Tesla tem-se destacado cada vez mais na área dos automóveis elétricos e em toda a tecnologia associada à condução autónoma.

No entanto, se até há pouco tempo a concorrência se apresentava a anos-luz da sua oferta, várias marcas têm centrado esforços para combater a liderança da marca americana com o desenvolvimento das suas próprias soluções.

Agora, e em resposta ao artigo da publicação Teslarati sobre a investida alemã para recuperar terreno, Elon Musk coloca como hipótese a possibilidade da sua empresa licenciar o uso do AutoPilot e do fornecimento de baterias e motores a outros fabricantes.

volkswagen ID.4
Publicidade

Tesla poderá licenciar AutoPilot e ceder componentes a concorrentes

Uma das marcas que se destaca no combate à Tesla é a Volkswagen, marca que tem apostado nos seus ID.3 e ID.4 para dar o salto para o mercado elétrico. Além disso, além da comercialização dos veículos, a marca germânica pretende ainda licenciar a sua plataforma a outras marcas, como se viu pelo recente acordo com a Ford.

Do lado da Tesla, é agora Elon Musk que abre a porta a outros fabricantes para utilizarem as tecnologias empresa americana, como já aconteceu em tempos com a Mercedes-Benz e a Toyota.

Musk refere ainda que a sua empresa está a tentar acelerar a adoção de energias sustentáveis, não pretendendo esmagar a competição.

Embora a operacionalização desta ideia possa não ser tão fácil como aparenta, a Tesla abriu agora a porta a uma cooperação com as restantes marcas através da cedência da sua tecnologia.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade