fbpx

Timex lança nova linha de smartwatches com software de uma submarca da Xiaomi

Se inicialmente se pensava que o mercado dos smartwatches iria rapidamente explodir, a verdade é que não evoluiu como se esperava. Embora as vendas estejam a aumentar, com a Apple a liderar com o seu Apple Watch, ainda existe um longo caminho a percorrer.

No entanto, ao longo dos anos, várias são as marcas que se interessaram por este conceito e que desenvolveram os seus equipamentos. Além de empresas tecnológicas, também alguns construtores tradicionais de relógios como a Fossil e a Casio se aventuraram neste conceito para acompanhar a tendência no mercado.

Depois de já ter tido algumas experiências com o conceito de relógios inteligentes (criaram o primeiro em 1994), a Timex lançou agora uma nova coleção de smartwatches que conta com um software desenvolvido por uma submarca da Xiaomi, a Huami, conhecida pelos dispositivos Amazfit.

Metropolitan S e R – Os novos smarwatches da Timex

Em 2016, a Timex começou a incorporar algumas tecnologias nos seus relógios que permitiam a monitorização de fitness. Mais tarde, em parceria com a T-mobile, lançaram também um relógio para crianças focado também na monitorização de fitness e com suporte para GPS. Agora, a Timex quer deixar a sua marca neste mercado, tendo lançado a sua nova gama Metropolitan Collection.

Ofertas para os amantes dos ecrãs quadrados e redondos

De forma a agradar aos vários gostos dos utilizadores, além da variação de cor da bracelete é possível optar por um ecrã quadrado (Metropolitan S) ou um ecrã redondo (Metropolitan R).

No caso do Metropolitan S, a Timex inclui um ecrã Amoled com 1,65″ e com uma resolução de 348 x 442 pixeis, enquanto a versão Metropolitan R apresenta uma ecrã Amoled de 1,20″ com uma resolução de 390 x 390 pixeis. Ambos os relógios contam ainda com conectividade GPS, um sensor de batimentos cardíacos, monitorização de atividade 24/7, monitorização de sono, resistência à água e será compatível com Android e iOS.

Ao nível da bateria, os novos Timex prometem aguentar até duas semanas, sem utilização de GPS, o que a ser verdade se torna bastante interessante.

Timex metropolitan S smartwatch
Publicidade

Um sistema operativo da… Huami

A grande surpresa destes relógios surge no seu sistema operativo. Se alguns dos seus concorrentes optam pelo WearOS, da Google, a Timex optou por apostar num sistema operativo proprietário. No entanto, em vez de desenvolver o seu próprio, a marca americana irá usar um sistema utilizado pela Huami.

Embora o nome possa parecer desconhecido, certamente conhece esta submarca da Xiaomi responsável pelos famosos relógios Amazfit e pela Mi Band.

Esta nova coleção da Timex irá ser colocada à venda este mês através da Amazon e irão custar 179$.

Partilhe este artigo

1 comentário em “Timex lança nova linha de smartwatches com software de uma submarca da Xiaomi”

Deixe um comentário

Publicidade