fbpx

Vendas da Xiaomi resistem ao Covid-19 e aumentam no primeiro trimestre

Com a pandemia do Covid-19 a atacar globalmente, várias foram as empresas dos mais variados setores que viram a sua atividade limitada ou suprimida, levando a grandes quebras nas vendas durante os últimos meses.

Tal como o restante mercado, a venda de smartphones assistiu a uma quebra de vendas foi sentida devido a alguma diminuição do consumo a nível mundial.

No entanto, a Xiaomi parece ter conseguido resistir a este período negativo com distinção. Mesmo com as grandes dificuldades sentidas na China no início do ano devido à necessidade que existiu de um confinamento mais agressivo, o primeiro trimestre correu de feição à Xiaomi que conseguiu mesmo aumentar as suas vendas neste período.

Xiaomi aumenta as suas vendas no primeiro trimestre de 2020

O Covid-19 atacou a China nos primeiros meses do ano, deixando a economia chinesa bastante afetada nos seus vários setores. No entanto, mesmo com a queda sentida globalmente no mercado dos smartphones, a Xiaomi conseguiu continuar a crescer nas suas vendas.

Segundo dados oficiais, no primeiro trimestre do ano a marca chinesa totalizou 49.7 mil milhões de Yuans em vendas (cerca de 6 mil milhões de euros), um valor superior aos 43.76 mil milhões de Yuans que foram registados no mesmo período de 2019.

xiaomi vendas 2020
Publicidade

Para justificar esta subida, a Xiaomi refere que se deve principalmente à venda internacional de equipamentos e ao preço dos seus equipamentos 5G que atraíram muitos utilizadores. Além disso, junta-se ainda o desempenho outras áreas de negócio da empresa, como é o caso da comercialização de serviços de cloud e armazenamento, anúncios e outros serviços de software.

Embora as vendas na China tenham caído 25%, a marca vê assim a sua aposta internacional a equilibrar a balança. Em Espanha, a Xiaomi já conseguiu alcançar um feito histórico, conquistando o primeiro lugar em vendas, estando também em crescendo em outros mercados.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade