Xiaomi está empenhada em ter um futuro sustentável

A Xiaomi tem vindo a adotar medidas para se tornar uma empresa mais sustentável e, atualmente, está completamente dedicada a esta causa.

Desde o design dos seus produtos, até à produção dos mesmos, a Xiaomi tem aplicado todos os esforços possíveis para se tornar uma empresa mais amiga do ambiente em todos os campos.

Green Xiaomi
Publicidade

Xiaomi aposta na sustentabilidade em todas as etapas dos seus produtos

A Xiaomi tem vindo a mudar muito a sua imagem e o seu foco ao longo dos anos. O que começou por ser uma empresa focada apenas no preço/qualidade dos equipamentos, evoluiu para uma das maiores empresas e com maior variedade de equipamentos dentro do ramo em que se insere.

O packaging dos seus equipamentos tem sempre sido algo cuidado e pensado para refletir a sua mensagem principal ainda antes de o consumidor poder mexer no dispositivo, tendo já chegado às embalagens MI 3, que representam os seus equipamentos sendo finas, práticas e simples.

No entanto, a empresa decidiu ir mais longe e tem-se focado completamente em criar um futuro melhor para as próximas gerações. Para isso, a Xiaomi tem criado soluções não só no campo da logística e transporte, mas também no design e na tecnologia que tornam a utilização dos seus equipamentos mais eficaz e, consequentemente, mais amiga do ambiente.

Soluções abrangentes para uma economia de energia

O melhoramento do Modo Escuro é um dos pontos iniciais que a empresa destaca. De forma a conseguir algo mais eficiente nos seus equipamentos, a Xiaomi tornou o fundo dos smartphones negro, podendo assim reduzir o consumo de energia em até 70%.

Juntamente a esta mudança, é possível ainda acrescentar a otimização do Assistente de IA que, atualmente, consome menos 37% de energia graças a algoritmos de autoaprendizagem.

sigmund aI4RJ Mw4I unsplash Xiaomi

A Xiaomi tem ainda apostado na revolução da eficiência de carregamento. O sistema de gestão de bateria da empresa permitiu uma solução de carregamento rápido triplex em amis de 100 milhões de equipamentos e terminais inteligentes, levando a uma economia anual global de energia de 57 milhões de kWh.

A economia de energia também pode ser verificada através de uma solução pioneira de transmissão de sinal. Ou seja, a Xiaomi recorreu a uma tecnologia de transmissão de sinal 5G com economia de energia utilizando chips WLAN avançados e monitorização dinâmica, conseguindo assim reduzir o consumo de energia em cerca de 30%.

Otimizar a utilização de materiais sustentáveis

Além da Xiaomi ter vindo a utilizar materiais sustentáveis, já chegou a uma fase de otimização no uso deste tipo de materiais. Assim, existem três exemplos em concreto que espelham esta estratégia:

paula brustur ZT5VWmiVAQw unsplash Xiaomi
  1. Redes de pesca oceânicas descartadas recicladas em todos os smartphones durante o ano de 2022;
  2. Utilização de materiais de alto polímero de base biológica em smartphones e acessórios;
  3. Aumento da utilização de metais reciclados, incluindo alumínio, ouro e cobre em todos os smartphones.

Para a Xiaomi, o caminho para um futuro sustentável inclui ainda a renovação de embalagens recorrendo à utilização de menos plástico. A empresa já conseguiu efetuar com sucesso a transição de plástico para materiais baseados em papel na série Necklace dos auscultadores da marca, fazendo com que sejam 100% biodegradáveis.

Além disso, o novo design de embalagem AIoT elimina a pega de plástico, resultando numa redução de 80g de plástico utilizado em cada embalagem.

Métodos de produção mais inovadores

Ao simplificar a linha de produção, a Xiaomi conseguiu otimizar os procedimentos de produção para as séries de ar condicionado, entre outros aparelhos. Ao rever os métodos de produção de ar condicionados, a empresa terá conseguido poupar 48.500 kWh por cada conjunto de molde.

pedro henrique santos jSjsgkZtJGE unsplash Xiaomi

Quanto à promoção de uma energia limpa, o número de fornecedores que estabeleceram metas de redução de carbono aumentou em 9,4%, bem como os que estão sujeitos a verificação de carbono por entidades externas que aumentaram em 7,9% em comparação com 2021.

Logística mais sustentável

A nível da logística, a Xiaomi conseguiu arranjar uma forma de reduzir o tempo na estrada.

A estratégia passou por estabelecer centros de armazenamento espalhados um pouco por todo o mundo de forma a conseguirem reduzir o transporte rodoviário e as emissões de carbono.

frank mckenna tjX sniNzgQ unsplash Xiaomi

Pegando no exemplo de Espanha, os tempos de entrega foram reduzidos em 71% ao longo do ano. Para além disso, a empresa registou ainda uma redução no transporte aéreo, neste caso, só em 2022, o transporte de 2.32 milhões de produtos da Xiaomi foram transportados por via ferroviária e marítima, conseguindo assim uma menor emissão de carbono.

Atualmente este é o foco da empresa e, para já, as apostas estarão sempre focadas na redução de emissões de carbono e na redução do plástico em todo o processo de criação e distribuição dos equipamentos da Xiaomi.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory