OnlyFans suspende proibição de conteúdo sexual explícito

A plataforma OnlyFans tem estado envolta de uma polémica de grandes dimensões nos últimos tempos depois de anunciar que iria proibir a exibição e publicação de qualquer tipo de conteúdo sexual explicito. Após se gerar uma grande revolta por parte dos criadores de conteúdo da plataforma a empresa decidiu suspender a proibição.

O anúncio foi feito pelo Twitter oficial da plataforma e deixaram ainda a indicação de que seria enviado um email aos criadores.

sex preservativo onlyfans
Publicidade

Criadores de conteúdo sexual explícito vão poder continuar a publicar no OnlyFans

Recentemente a plataforma OnlyFans havia anunciado que, a partir de dia 1 de outubro, passava a ser proibida a publicação e divulgação de qualquer tipo de conteúdo sexual explicito, real ou simulado.

Esta decisão da empresa era justificada com problemas existentes com as instituições financeiras que não estavam a mostrar suporte a pagar aos criadores deste tipo de conteúdo. No entanto, a imposição da plataforma gerou uma enorme revolta por parte de todos aqueles que, após a pandemia, viram no OnlyFans uma maneira de ganhar dinheiro e que, no fundo, acabaram por fazer da plataforma o que ela é aos dias de hoje.

onlyfans sensual mulher

Sentindo-se injustiçados e usados, os criadores de conteúdo sexual explicito começaram uma enorme onda de revolta pela Internet fora e começaram todos a ponderar trocar de plataforma uma vez que iam ver os seus lucros cortados a 100%.

A empresa OnlyFans já havia indicado que se encontrava a trabalhar numa solução para tentar dar a volta ao problema criado, mas ninguém parecia contente com este testemunho.

preservativo onlyfans sexual

As acusações dos membros da comunidade prendiam-se no facto terem sido estes conteúdos que geraram a maior parte das receitas da plataforma nos últimos tempos e foram eles quem deu o verdadeiro destaque ao OnlyFans e, agora, viam-se ignorados e “usados” uma vez que a plataforma já tem renome suficiente então já “não precisava deles para nada” (como se pode ler em diversos tweets publicados por várias pessoas).

Este problema trouxe ao de cima uma situação semelhante que aconteceu há uns anos quando a plataforma Tumblr, que na altura começou a ganhar mais destaque devido à permissão para publicar conteúdo sexual explicito e, assim que se tornou grande o suficiente, avançou com a proibição deste tipo de publicações.

Esta quarta-feira a OnlyFans veio a publico anunciar, via Twitter, que vai suspender a proibição que iriam entrar em vigor no dia 1 de outubro de 2021. Ao que a plataforma indica, conseguiram assegurar os meios necessários para suportar os “diversos criadores”.

O tweet terminou com uma mensagem de inclusão a todos os criadores e com a indicação de que vai ser enviado, brevemente, um e-mail para todos os criadores.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade