fbpx

Apple poderá estar a preparar a sua própria solução de Cloud Gaming

As plataformas de Cloud Gaming estão em rápido crescimento e poderão mesmo substituir brevemente as consolas de jogos.

Atualmente já vários serviços começam a dar os primeiros passos, como é o caso do Google Stadia ou o Nvidia GeForce Now, estando para ser reforçado em breve pela nova solução xCloud da Microsoft.

No entanto, embora estas plataformas estejam a chegar a cada vez mais utilizadores de vários sistemas, foi recentemente confirmado que não chegariam ao ecossistema Apple devido a incompatibilidades com as regras da App Store.

Porém, a verdadeira justificação parece estar agora a vir ao de cima, dado que a Apple está a preparar a sua própria plataforma de Cloud Gaming.

xbox xcloud gaming
Publicidade

Apple prepara a sua própria plataforma de Cloud Gaming

O website Patently Apple revelou recentemente que a marca americana estaria a preparar uma plataforma de cloud gaming assente em redes 5G.

Esta informação surgiu através de uma patente registada pela Apple na Europa, a 6 de fevereiro de 2020, e que veio agora a público.

apple cloud gaming

Segundo o descritivo, este é um projeto que pode ser usado como um serviço interativo controlado por rede através de uma conexão sem fios de 5ª geração (5G) e que permite uma renderização de jogos na cloud.

Além disso, descreve ainda Cloud gaming como um tipo de jogo online que permite um streaming direto de vídeo de jogos em vários dispositivos de computação com a utilização de um cliente.

Para explicar o conceito desta nova plataforma, a patente refere que “o jogo é armazenado, executado e renderizado num servidor remoto e os resultados de vídeo são transmitidos diretamente para o dispositivo de computação.” Acrescenta ainda que “as ações do utilizador no dispositivo de computação são transmitidos para o servidor, onde são gravados, e o servidor envia de volta a resposta do jogo aos comandos de entrada.

A Apple prepara assim a sua entrada no mercado do Cloud Gaming e aparenta estar a barrar logo à partida a entrada de concorrentes dentro do seu ecossistema.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade