Deepfake: três formas de detetar este tipo de esquema

Os esquemas de deepfakes entraram na consciência dos consumidores e das empresas devido à sua crescente sofisticação. Segundo a Check Point® Software Technologies Ltd. (NASDAQ: CHKP), fornecedor líder de plataformas de segurança cibernética alimentadas por IA e entregues na cloud, a capacidade de imitar um humano com uma qualidade superior é agora muito mais possível do que nunca.

Isto deve-se ao facto de o acesso às ferramentas de IA utilizadas para criar deepfakes ser melhor e isto – juntamente com barreiras de baixo custo à entrada – significa que as falsificações convincentes podem ser implementadas à escala.

inteligência artificial virtual pessoa tech
Publicidade

Esquemas de deepfake podem ser feitos quase sem custos e em muito pouco tempo

A investigação levada a cabo pela Check Point revelou que, em cerca de 30 segundos, ou até menos, após uma conversa, qualquer pessoa com as ferramentas de Inteligência Artificial necessárias pode criar um deepfake a partir de uma voz.

Esta gravação pode depois ser utilizada para qualquer tema, durante o tempo que for necessário e praticamente sem custos associados. Este é um fator de mudança e, atualmente, já se aplica ao formato vídeo.

deepfake fake graffity

De acordo com um relatório da Sumsub Research realizado no ano passado, os incidentes globais de deepfake aumentaram dez vezes de 2022 a 2023, com a América do Norte a registar o maior crescimento de ataques deste género de 1740%.

Para as empresas, uma das principais preocupações é saber se um executivo pode ser objeto de um deepfake convincente (ou se um funcionário “privilegiado” pode ser enganado por estes esquemas).

No início deste ano, um funcionário do setor financeiro atento de Hong Kong foi levado a aprovar um pagamento de 25 milhões de dólares através de uma elaborada videoconferência com um deepfake do diretor financeiro da empresa.

Em resposta a um pedido de transferência de dinheiro, o funcionário solicitou uma reunião via Zoom e só enviou o dinheiro depois de falar com quem pensava ser o diretor financeiro e vários outros colegas na mesma chamada, todos eles criações virtuais. O caso mostrou a evolução da tecnologia e o seu potencial como um novo vetor de ameaça para as burlas comerciais.

zoom pc conferencia reuniao

Os impactos comerciais significativos associados à utilização maliciosa de deepfakes levam as pessoas e as empresas a perguntar o que podem fazer para se protegerem a si próprias e às operações que têm em mãos.

A um nível elevado, exige que as pessoas estejam vigilantes e efetuem algumas verificações de senso comum. Em todas as situações, as pessoas tendem a ponderar o que estão a ver e a fazer determinadas avaliações e juízos de risco. Da mesma forma que as pessoas verificam atualmente a veracidade de uma mensagem de correio eletrónico ou do conteúdo do mesmo (verificando a identificação do remetente, passando por cima de um URL ou de um ficheiro anexado, examinando o estilo e a gramática) podem beneficiar da aplicação do mesmo tipo de abordagem às reuniões de videoconferência.

Dicas e truques da Check Point

Uma vez que este começa a ser uma forma de ataque mais recorrente, a Check Point deixa algumas dicas para que todos possam saber como devem agir de forma a identificar um esquema destes.

O primeiro passo é efetuar uma verificação rápida da “vivacidade” – pedir à pessoa do outro lado do vídeo para virar a cabeça de um lado para o outro. Isto é eficaz atualmente porque as ferramentas de IA generativas utilizadas para produzir deepfakes não criam uma imagem tridimensional ou de 360º da pessoa, apenas conseguem produzir imagens planas viradas para a frente.

check point

As vistas laterais da cabeça e do rosto não são apresentadas corretamente. Por isso, se os funcionários suspeitarem, devem pedir à pessoa para se virar para a esquerda ou para a direita e, se o rosto desaparecer, desligar.

Da mesma forma, outros comportamentos humanos naturais frequentemente observados numa videoconferência (alguém que se levanta e coça ou toca na cabeça, por exemplo) também não serão apresentados corretamente quando se tratar de um deepfake.

Isto é eficaz atualmente, mas pode já não ser amanhã. O ritmo acelerado do desenvolvimento da IA generativa significa que as ferramentas irão melhorar a criação de imagens mais realistas das pessoas e dos seus maneirismos, o que poderá tornar a verificação da vivacidade mais difícil ao longo do tempo.

Uma verificação útil quando se recebe uma chamada para uma videoconferência (ou quando se entra numa chamada com vários participantes) é verificar se os participantes estão a utilizar uma versão licenciada da empresa desse software.

google meet reuniao

Isso é muitas vezes óbvio, porque as empresas utilizam um “URL da vaidade” – companyname.videoplatform.com – para mostrar de onde estão a telefonar.

A confiança pode ser reforçada comunicando antecipadamente, através de um método diferente, como o chat ou o e-mail, a forma como o utilizador e as outras pessoas vão participar na videoconferência. Se souber de antemão que vai receber um convite de videoconferência de um determinado domínio da empresa, é mais um “fator” que pode ser tido em conta para determinar se aceita ou não a reunião.

Caso a reunião seja iniciada a partir de uma conta pessoal, ou se alguém se juntar inesperadamente e sem explicação a partir de uma conta pessoal, pode ser um sinal de alerta – e justificar, pelo menos, uma ou duas perguntas ou algumas verificações adicionais.

Uma terceira estratégia útil consiste em acordar palavras de código internas que têm de ser verificadas antes de determinadas ações (como uma transferência de dinheiro) serem executadas. No caso do trabalhador de Hong Kong, isto significaria enviar uma mensagem ao diretor financeiro com quem pensavam estar a falar através de um canal completamente diferente e perguntar: “Qual é a palavra?”. A resposta que receberiam dir-lhes-ia rapidamente se o “CFO” – e o pedido que estava a ser feito – era genuíno ou não.

videochamada zoom

Os funcionários devem continuar a ser cautelosos e preocupados, utilizar todas as dicas à sua disposição e manter-se atualizados com a evolução da tecnologia de IA, para lidar com a ameaça de se depararem com um deepfake.

Os esforços podem ser competentemente apoiados pelas organizações que implementam soluções de cibersegurança, incluindo proteções de correio eletrónico robustas, que podem detetar e impedir que muitos convites de reunião maliciosos sejam entregues nas caixas de entrada. Dada a realidade da ameaça, é importante dispor de proteções completas.

Participe no passatempo:
nordvpn promocao

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory