fbpx

Microsoft não permite desinstalar Edge no Windows 10

Com o lançamento do Edge, a Microsoft conseguiu introduzir no mercado um verdadeiro concorrente ao Google Chrome.

Tendo por base o Chromium, este novo navegador oferece grande parte das vantagens do browser da Google, mas numa versão mais leve e rápida, algo que muitos utilizadores procuram.

No entanto, depois de incluir este navegador nas várias versões do seu sistema operativo, a Microsoft impede agora a sua desinstalação, o que tem levado vários utilizadores a criticar a marca.

microsoft edge chromium windows 10
Publicidade

Microsoft impede desinstalação do Edge no Windows 10

Nos últimos tempos, têm surgido vários protestos, por parte de utilizadores do Windows 10, que contestam o facto de não ser permitido desinstalar o Edge.

Entretanto, numa publicação oficial, a Microsoft confirmou esta realidade, referindo que esta é considerada uma aplicação de sistema, e assim impossível de desinstalar, de forma a que todos os utilizadores tenham acesso ao desempenho, segurança, privacidade e suporte do seu navegador.

Depois deste navegador ter sido incluído numa atualização de sistema, não oferecendo possibilidade de não instalar, é agora também removida a possibilidade de desinstalar o Edge, o que obriga a que o browser esteja obrigatoriamente instalado.

Se por um lado o novo Edge veio oferecer uma forte concorrência no mercado dos browsers, o que foi uma grande vitória para a Microsoft, esta decisão vem agora gerar críticas desnecessárias em volta do seu navegador.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade