Web Summit irá exigir certificado de vacinação ou teste PCR negativo

Novembro será marcado por mais uma edição do Web Summit, trazendo a Portugal uma das maiores conferências de tecnologia a nível mundial.

Este ano o evento irá regressar a um modelo presencial, obrigando assim os visitantes a apresentar um certificado de vacinação ou um teste PCR negativo.

web summit
Publicidade

Será necessário certificado de vacinação ou teste PCR negativo para entrar no Web Summit

De 1 a 4 de novembro, o Web Summit regressa a Lisboa para mais uma edição de uma das maiores conferências de tecnologia a nível mundial.

Com o regresso ao modelo presencial, este evento terá de respeitar todas as medidas impostas pela Direção-Geral de Saúde de forma a assegurar a segurança de todos os participantes.

Desta forma, a organização anunciou que irá ser necessário um certificado de vacinação válida para a entrada no recinto da conferência ou então um teste PCR positivo, embora este só se mantenha válido durante 72 horas.

web summit lisboa portugal

Quanto ao uso de máscara, é referido que a expectativa é que já não seja necessário utilizá-la em interiores em novembro, mas que será aceite o seu uso caso o visitante assim o entenda.

Todas estas medidas podem ser ainda alteradas até à data do Web Summit, prometendo a organização estar em total ligação com a autoridade de saúde para atualizar qualquer procedimento consoante a evolução da crise sanitária até novembro.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade