fbpx

Cydia processa Apple por práticas anticoncorrenciais na distribuição de apps no iOS

A Apple tem estado debaixo de fogo, nos últimos meses, devido às suas regras restritivas de distribuição de aplicações no seu sistema.

Várias empresas têm-se unido em volta deste tema de forma a denunciar o que acham ser práticas anticoncorrenciais dentro do sistema iOS, denunciando que afeta os seus lucros e a sua liberdade.

A Epic Games, com o PUBG, foi uma das mais recentes empresas a processar a Apple, tendo-se agora seguido um outro processo imposto pela Cydia.

apple iphone
Publicidade

Cydia lança processo contra a Apple

A Cydia é uma empresa muito ligada ao JailBreak nos equipamentos Apple.

No entanto, esta organização desde cedo se destacou como uma loja e repositório de aplicações, existindo mesmo antes da App Store.

De forma a marcar a sua posição, o The Washington Post refere que a Cydia colocou um processo no Tribunal Federal da Carolina do Norte, apresentada pelo seu criador Jay Freeman, que acusa a Apple de políticas anticoncorrenciais na distribuição de aplicações no iOS.

Esta queixa alega que existe um monopólio ilegal da parte da Apple que proíbe os utilizadores de usarem outras lojas para descarregar as suas aplicações, algo que acontece no mundo Android.

iphone 5s iOS 12

A defender este processo está a empresa de advogados Quinn Emanuel Urquhart & Sullivan que ficou popular por defender a Samsung em tribunal num processo contra a mesma empresa americana.

Esta e outras empresas batalham-se assim para tentar baixar as comissões cobradas pela Apple na sua loja de aplicações aos programadores e para tentar que seja permitida a instalação de aplicações oriundas de outras lojas.

De forma a tentar contornar este problema, a Apple já baixou a comissão de 30% para 15% em pequenos programadores, embora seja algo que não resolva as várias contestações.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade