fbpx

MIUI 12.5 irá permitir desinstalar mais aplicações de sistema

A interface Android da Xiaomi, a MIUI, é uma das mais populares a nível mundial, mas também uma das mais criticadas devido ao grande número de bloatware que inclui de raiz nos seus smartphones.

De forma a mudar esta imagem, a marca chinesa irá agora apostar em permitir ao utilizador desinstalar ou remover várias das suas aplicações de sistema.

Esta novidade chega já com a MIUI 12.5, que foi introduzida no Mi 11 e que deverá chegar a outros equipamentos da marca nos próximos meses.

miui 12.5
Publicidade

MIUI 12.5 irá permitir desinstalar mais aplicações de sistema

Ontem, a Xiaomi apresentou globalmente o novo Mi 11, um novo flagship que além de grandes novidades ao nível de hardware, traz também uma nova versão de software.

A MIUI 12.5 foi também revelada oficialmente na sua versão global e irá trazer aos utilizadores mais ferramentas e opções para facilitar o uso do seu equipamento, como é o caso da MIUI+ que irá permitir conectar o smartphone ao computador.

Uma das novidades que irá ser muito útil aos utilizadores é a possibilidade de desinstalarem ou removerem um maior número de aplicações de sistema. Ou seja, aplicações como o gravador de voz, a calculadora, o scanner, as notas e várias outras vão poder ser removidas.

miui 12.5 desinstalar apps sistema

Desta forma, o utilizador irá escolher que apps quer usar e manter, permitindo reduzir a quantidade de bloatware no equipamento e, desta forma, poupar espaço de armazenamento e recursos do smartphone.

A Xiaomi trabalha assim para simplificar a MIUI, procurando torná-la mais leve e com menos aplicações desnecessárias.

xiaomi mi 11 tras

Que smartphones da Xiaomi irão receber a MIUI 12.5?

Durante a apresentação da MIUI 12.5, a Xiaomi avançou com alguns dados sobre a disponibilização desta nova versão aos smartphones da marca.

O primeiro lote de atualizações irá chegar durante o segundo trimestre de 2021 a estes equipamentos:

  • Xiaomi Mi 10T
  • Xiaomi Mi 10T Pro
  • Xiaomi Mi 10
  • Xiaomi Mi 10 Pro
  • Xiaomi Mi 11

Além destes, a marca chinesa revelou que irá chegar a outros 11 equipamentos numa segunda fase, sendo os modelos revelados mais tarde no site oficial da marca.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade