fbpx

Vendas da Apple na China podem cair até 30% se o WeChat for removido da App Store

Donald Trump assinou recentemente uma deliberação onde obrigava as empresas americanas a retirar das suas lojas de aplicações, num curto espaço de tempo, algumas apps chinesas como o caso do TikTok e do WeChat.

No entanto, esta decisão poderá trazer um impacto negativo à Apple, que poderá ver as suas vendas caírem até 30% da China.

wechat
Publicidade

Vendas da Apple podem sofrer queda forte se WeChat for eliminado da App Store.

O WeChat é, atualmente, uma das principais aplicações de mensagens na China, mas representa um papel importante como ferramenta de pagamentos, e-commerce, produtividade, notícias e de rede social.

Sendo uma plataforma essencial no dia a dia dos chineses, estes encontram-se bastante dependentes da sua utilização.

Assim, se a Apple for obrigada a remover a aplicação a nível mundial, esta ação irá trazer-lhe grandes consequências para o seu negócio.

Segundo previsões do analista Ming-Chi Kuo, esta ação poderia representar uma queda de 25 a 30% na venda de iPhones no mercado chinês, queda esta que seria conjugada com um declínio na venda de AirPods, iPads, Macs e Apple Watches em 15 a 25%.

Esta poderia ser assim uma grande perda para a Apple, que espera agora que a limitação seja imposta apenas no mercado americano e que não signifique uma retirada geral da aplicação da loja.

Siga o Techbit no Facebook

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade