Análise Polestar 2 Long range Single motor – Um carro que não passa despercebido

O mercado dos carros elétricos está em constante crescimento, com cada vez mais marcas a lançarem os seus modelos.

De entre as várias marcas no mercado, encontramos a Polestar, uma marca que esteve muitos anos ligada diretamente à Volvo, mas que arrisca agora em nome próprio com uma grande aposta que alia design, qualidade de materiais, segurança e uma excelente condução.

Nas últimas semanas tivemos a oportunidade de testar o Polestar 2 e partilhamos agora a nossa experiência num ensaio a este excelente automóvel elétrico.

analise polestar 2
Publicidade

Ensaio Polestar 2 Long range Single motor – Design elegante aliado a uma excelente experiência de condução

A Polestar esteve durante muitos anos associada à Volvo, onde desenhava versões especiais da popular marca sueca.

Com o crescimento dos carros elétricos, a marca transitou para um caminho a solo e lançou-se com os seus próprios modelos.

Com o Polestar 3 e 4 já a caminho, com as vendas já a decorrer e as entregas a ocorrerem ainda este ano, a marca conta ainda com o Polestar 2, modelo já presente no mercado há algum tempo e que se destaca no mercado dos elétricos.

Este fastback 100% elétrico apresenta um design minimalista, mas elegante, que promete uma experiência de condução única e a melhor tecnologia ao serviço do cliente.

analise polestar 2

Está disponível em várias versões, com variação na capacidade da bateria e potência, podendo chegar aos 655 quilómetros de autonomia e realizar um carregamento de 28 minutos, quando reunidas as condições certas.

Em termos de potência, o Polestar 2 está disponível nas versões single e dual motor, conseguindo alcançar os 476 cavalos e uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 4.2 segundos na versão mais completa.

No interior encontramos uma série de materiais que garantem uma sensação de elevada qualidade, enquanto o sistema do carro é potenciado pelo Android Automotive da Google, oferecendo assim alguma versatilidade ao condutor.

analise polestar 2

Em análise tivemos a versão Long range Single motor, geração de 2024, que nos oferece um total de 299 cavalos e 490 Nm, capaz de fazer dos 0-100 km/h em 6.2 segundos, e uma autonomia de 655 quilómetros.

Face à anterior geração de 2023, a tração passa a ser traseira em vez de dianteira, a grelha frontal é fechada para integrar a smart zone, a tecnologia de baterias e autonomia foi alterada, além de ser alavancado o binário.

O Polestar 2 em análise incluía ainda o pack Pilot e o Pack Plus com:

  • Faróis Pixel LED
  • Máximos adaptativos
  • Luzes de nevoeiro LED direcionáveis em curva
  • Controlo da Velocidade Adaptativo
  • Pilot assist
  • Som Harman Kardon
  • Teto panorâmico
  • Bancos WeaveTech com frisos Black ash deco
  • Vidro traseiro escurecido
  • Iluminação interior premium
  • Bomba de calor
  • Bancos dianteiros elétricos, Volante, bancos traseiros e ejetores do pára-brisas aquecidos
  • Sensor de qualidade do ar
  • Polestar Digital Key
  • Porta traseira elétrica com sensor de pé
  • Piso traseiro “tampa na tampa” com suporte para sacos

Em termos de preço, o Polestar 2 começa nos 52 400€, com a versão em teste a custar 55 900€ que acresce aos 62 400€ com as opções selecionadas.

analise polestar 2

Design e qualidade de materiais

O Polestar 2 é um carro elegante e com desenho discreto, mas cuja personalidade e presença o destacam na rua.

Como também não é um carro muito visto era muito frequente ver pessoas a parar para olhar para o carro, mostrando assim a sua presença na estrada.

Este carro usa como base a plataforma CMA, também utilizada pelo Volvo XC40 e, embora com linhas próprias, é impossível não ver os apontamentos partilhados com a Volvo.

analise polestar 2

Exterior

Na frente do Polestar 2 destacam-se as luzes de presença em formato martelo de Thor onde se juntam os faróis Pixel LED que utilizam 84 Pixel LED autónomos que cobrem até 5 áreas na frente do carro e que se adaptam automaticamente para não encandear os outros condutores.

analise polestar 2

Esta tecnologia é especialmente visível nos máximos adaptativos, onde observamos certas áreas a desligar quando um carro se aproxima.

analise polestar 2

Logo abaixo, as luzes de nevoeiro são também dinâmicas, acompanhando a direção para onde se vira ou os piscas quando circulamos a menos de 30 km/h.

No centro da frente, como não há necessidade de grelha, encontramos a chamada Smart Zone, uma área com câmara e radar aquecido que permitem detetar os outros carros e pessoas que circulam na rua e ajudam a identificar possíveis perigos durante a circulação.

analise polestar 2

Abrindo o capot, encontramos um espaço de arrumação onde estão guardados os cabos de carregamento, o kit de reparação de pneus e o reservatório do líquido de limpa vidros.

analise polestar 2

Passando para a parte superior do Polestar 2 encontramos um teto panorâmico que nos dá uma visão muito mais alargada do espaço envolvente do carro e ajuda a criar uma sensação de maior dimensão do espaço interior.

analise polestar 2

Sendo esta área sempre exposta ao sol, conta com um vidro colorido, 99,5% resistente aos raios UV, que protege do calor exagerado do verão e traz em segurança a luz solar para o interior, enquanto a laminação acústica ajuda a manter o ruído da estrada no exterior. 

Nas laterais, localizam-se os espelhos retrovisores que se destacam por não terem praticamente moldura, um pormenor que lhe dá um aspeto premium e elegante. Integrado no espelho temos a indicação visual da tecnologia de ângulo morto.

analise polestar 2

Sendo o Polestar 2 Keyless, os puxadores permitem abrir e fechar o carro com um simples toque e integram uma luz LED para iluminar o chão.

analise polestar 2

As jantes em análise são de liga leve de 20” com 5 raios em V Black Silver e estão montadas num pneu 245/40/20 bastante seguros na estrada.

analise polestar 2

Passando para a traseira, encontramos também um sistema adaptativo composto por 288 LEDs autónomos que se ajustam a diversas tarefas na condução.

analise polestar 2

Além de uma animação de boas vindas e despedida, permitem uma iluminação tanto de dia como de noite que é regulada consoante a luz ambiente..

analise polestar 2

Por cima da matrícula encontramos a câmara traseira e o botão de abrir a mala, embora esta abertura possa ser feita com a passagem do pé debaixo da mala.

analise polestar 2

O vidro traseiro escurecido cobre uma grande área na parte traseira.

analise polestar 2

No entanto, por dentro do Polestar 2 a visibilidade é reduzida.

analise polestar 2

Ao abrir a mala, encontramos uma área espaçosa que pode descer para um segundo nível e que pode ainda ser ampliada com o rebatimento dos bancos traseiros.

A mala pode ser aberta com o pé e existem dois botões para fechar. Um para fechar apenas a mala e outro para fechar e trancar o carro.

analise polestar 2

Interior

Ao entrar no Polestar 2, encontramos uma elevada qualidade de materiais, com mistura de plástico rígido, tecido e um acabamento em madeira.

analise polestar 2

O volante e os bancos são aquecidos, sendo estes últimos construídos em Pele Nappa com garantia Animal Welfare e de origem rastreável, na cor Zinc com interior em Light Ash deco, um efeito bastante elegante.

No volante encontramos os botões de contexto, de falar com o assistente e de ativação do cruise control adaptativo a Pilot Assist.

analise polestar 2

Logo atrás encontramos o habitual manípulo para ligar a iluminação, onde se ativa também as luzes e máximos automáticos, e do lado oposto o manípulo para as escovas, onde também inclui o botão para ligar o sensor automático de chuva.

As saídas de ar integram um botão bastante bem conseguido que funciona como se fosse um botão de som de uma aparelhagem.

analise polestar 2

Contamos também com som Harman Kardon associado a um grande ecrã no centro que permite controlar praticamente todas as definições do Polestar 2.

analise polestar 2

Na coluna central, posiciona-se um botão para controlar o volume e a reprodução e dois botões de desembaciamento.

analise polestar 2

O botão de volume apresenta um relevo que lhe dá um toque elegante e premium.

analise polestar 2

Nesta mesma zona, encontramos o seletor de mudanças com um visual elegante e prático de utilizar. No centro encontramos o logo da Polestar que é iluminado de noite.

analise polestar 2

Logo abaixo encontramos o botão de Park (P) e a indicação da ordem das mudanças, que infelizmente não são iluminadas para dar indicação de qual está ativa.

analise polestar 2

Inclui ainda dois suportes para copos e quatro bolsas laterais (duas nas portas e duas nas laterais da consola central).

analise polestar 2

Encontramos também uma gaveta onde é possível carregar o smartphone sem fios e onde podemos encontrar as 2 portas USB-C

O espelho retrovisor é eletrocromático e tem, logo acima, as luzes de leitura e iluminação geral e os botões de SOS e assistência.

analise polestar 2

Nas portas do Polestar 2, além do habitual puxador para abrir a porta, temos ainda o controlador dos vidros e o botão para trancar. Já do lado do condutor, soma a possibilidade de trancar os vidros e portas de trás e o controlador dos espelhos retrovisores.

analise polestar 2

Junto ao condutor está ainda uma patilha para abrir a mala da frente e um botão para a mala de trás.

Nos lugares de trás, o Polestar 2 apresenta os bancos numa posição ligeiramente mais elevada que os da frente, devido às baterias, 2 portas USB-C e os botões para ligar o aquecimento dos bancos.

analise polestar 2

Espaço do habitáculo e arrumação

Em termos de habitáculo, o Polestar 2 tem uma boa posição de condução, podendo o banco ser ajustado tanto em altura como na horizontal, além de ser possível ajustar o apoio lombar. A altura do volante também pode ser regulada.

Para maior conforto, o condutor pode memorizar, com 2 opções de memória, a sua posição no banco e tem ainda à disposição o banco e volante aquecido.

No entanto, o espaço acaba por ser o maior defeito do Polestar 2. A consola central é demasiado espaçosa e acaba por retirar algum espaço às pernas. Para pessoas de estatura média não há problema, mas caso seja uma pessoa com uma estrutura maior, quer seja em altura ou volume, poderá sentir-se mais apertado.

analise polestar 2

A posição da mão durante a condução acaba também por não ter uma posição ideal, acabando por ter de ser posicionada em cima do seletor de mudanças, na extremidade da consola ou com a mão na perna.

Esta falta de espaço é também alargada ao passageiro onde segue a mesma regra. Pessoas até estatura média encaixam sem qualquer problema, mas pessoas maiores acabam por se queixar por falta de espaço para as pernas.

analise polestar 2

Já no banco de trás, o espaço na horizontal é mais que suficiente, sendo possível ter uma cadeira de bebé e ainda ter folga para o banco central. No entanto, em altura, o banco acaba por estar numa posição mais alta devido às baterias, deixando-o assim mais perto do teto.

analise polestar 2

Uma das pessoas que transportei no Polestar 2, com cerca de 1.87 metros, acabou por ter de trocar de trás para a frente porque teria de viajar com a cabeça meio de lado, uma vez que já batia largamente no teto.

Tirando a altura do banco traseiro e do tamanho exagerado da consola central, este carro é bastante confortável e agradável mesmo em viagens mais longas.

O interior utiliza materiais de elevada qualidade e sente-se a robustez e cuidado tido na construção deste carro.

analise polestar 2

Arrumação

Chegando à arrumação, temos também boas e más impressões do Polestar 2. A mala traseira oferece 407 litros, um espaço bastante grande e suficiente para arrumar tudo, podendo ainda ser ampliado para 1097 litros caso decida baixar os bancos.

analise polestar 2

A mala pode ser aberta através de um botão junto à matrícula ou através do sensor de pé, que serve tanto para abrir como fechar. Na mala, há também um botão físico para fechar a mala e outro para fechar e trancar o carro.

analise polestar 2

Além da mala traseira, o Polestar 2 integra também uma arrumação debaixo do capot, na zona onde costuma estar o motor, com 41 litros, permitindo guardar mais algumas coisas.

analise polestar 2

Já no interior, a arrumação tende a ser insuficiente. Encontramos duas bolsas na porta e outras duas, de dimensão similar, na coluna central.

Existe também um suporte de copos e uma parte mais funda onde integra um outro suporte de copos.

analise polestar 2

Além disso, o Polestar 2 integra uma gavetas debaixo do tablet onde pode pousar o smartphone a carregar sem fios ou onde irá encontrar as 2 portas USB-C.

analise polestar 2

Para o segmento onde se insere o Polestar 2, este é um espaço de arrumação demasiado pequeno quando comparado com os concorrentes diretos.

Sistema de infoentretenimento Android Automotive e som Harmon Kardon

O Polestar 2, ao contrário da maior parte dos veículos, não traz um sistema próprio compatível com Android Auto.

Em vez disso, utiliza um sistema próprio da marca totalmente baseado no sistema operativo da Google para carros, o Android Automotive.

analise polestar 2

Visualmente é bastante simples e direto, estando as várias opções espalhadas num pequeno número de separadores.

No primeiro separador encontramos a zona de destaques com 4 áreas, com um espaço dedicado à conexão bluetooth com o smartphone, outra ao Google Assistente e as restantes variam consoante as últimas aplicações utilizadas.

Passando ao segundo separador encontramos as principais definições do Polestar 2. Na primeira janela todas as opções relacionadas com condução inteligente, no segundo separador o carregamento e no terceiro outras funcionalidades mais gerais.

analise polestar 2

No terceiro separador localizam-se todas as aplicações instaladas, assim como as definições (similares à de um smartphone Android) e a Play Store.

analise polestar 2

Na loja de aplicações irão aparecer as aplicações adaptadas aos automóveis, sendo apenas possível interagir quando o carro está parado.

analise polestar 2

Por fim, no último separador, podemos fazer a gestão de perfis, sendo assim possível adaptar as definições para cada utilizador do carro. É também aqui que se configura a aplicação e se conecta a chave ao condutor. Se tiver várias chaves, pode associá-las a condutores diferentes para quando abrir o carro já iniciar no utilizador correto.

Além das aplicações já incluídas de origem, como rádio ou Google Maps, é possível configurar também o Spotify, o Waze e muitas outas aplicações.

analise polestar 2

No caso do Waze existem ainda alguns bugs no layout, não aparecendo o mapa exibido corretamente no ecrã do Polestar 2.

analise polestar 2

É possível utilizar o YouTube ou instalar apps como o Amazon Prime Video, no entanto só estarão disponíveis com o carro parado.

analise polestar 2

No geral, o sistema deste carro é bastante simples de utilizar com todas as opções a estarem facilmente acessíveis e sem menus muito complexos como acontece em outras marcas.

Já quanto ao som, o sistema de som Harman Kardon oferece uma boa distribuição do som e uma boa qualidade com som bastante equilibrado, embora pudesse ter um pouco mais de baixos.

analise polestar 2

Nas definições está disponível um equalizador e a possibilidade de personalizar a distribuição do som pelo carro.

Para controlar por voz o Polestar 2, está disponível o Google Assistant que pode ser chamado diretamente no botão dedicado no volante.

analise polestar 2

Embora não haja Android Auto, uma vez que já estamos a utilizar Android no sistema operativo (embora pudesse dar jeito uma integração mais personalizada com o smartphone), existe também a integração com Apple CarPlay para quem utiliza iPhone.

analise polestar 2

Personalização e integração do painel de instrumentos do condutor

O painel de instrumentos do condutor, com 12.3″, é bastante simples e integra informações bastante simples e diretas.

Além da velocidade, autonomia, descarga/regeneração é ainda possível visualizar o histórico de consumos e quilómetros percorridos.

analise polestar 2

Caso o condutor carregue no botão de contexto incluído, posicionado no lado direito do volante, é também possível colocar o mapa do Maps no centro da informação, permitindo visualizar o caminho a percorrer.

analise polestar 2

Quando recebemos uma chamada, surge também as opções de atender, desligar ou silenciar no painel de instrumentos.

analise polestar 2

É também aqui que encontramos indicações do modo dos faróis, limpa-vidros, cintos ou a orientação de marcha selecionada (D, R, N ou P).

Surge também a informação referente aos limites de velocidade da estrada atual, indicação da sinalização de proibição de ultrapassagem ou alerta de radares fixos.

analise polestar 2

Iluminação exterior e interior

Na frente do Polestar 2 encontramos faróis LED que lembram bastante a assinatura que encontramos na Volvo com o efeito martelo de Thor.

analise polestar 2

No caso do modelo em análise, encontramos integrada nesta iluminação a tecnologia Pixel LED. Além de regular automaticamente a luminosidade consoante o espaço envolvente, permite também apenas ligar uma parte dos LEDs para iluminar áreas específicas e não iluminar outras áreas onde pode interferir com os restantes utilizadores da via.

Este dinamismo é visível principalmente na função de máximos inteligentes, onde conseguimos ver a luz dos máximos a desaparecer apenas na zona onde são detetados carros ou pessoas, mantendo-se as restantes áreas vazias iluminadas.

analise polestar 2

As luzes de nevoeiro são também LED e integram também o dinamismo da iluminação frontal ao ter a função curva. Desta forma, até 30 km/h, as luzes de nevoeiro seguem a orientação da direção para iluminar a estrada ou servem também como pisca.

Na traseira, voltamos a encontrar um design característico com tecnologia Pixel LED integrado que permite regular automaticamente a intensidade consoante a luz (mais forte com sol e menos intensidade com pouca luz), além de apresentarem uma animação de boas vindas ou despedida quando o Polestar 2 é aberto ou fechado no puxador.

analise polestar 2

Já dentro do carro, encontramos uma iluminação noturna branca (não é personalizável) por cima do porta luvas e junto às portas.

analise polestar 2

O manípulo das mudanças tem também o logótipo iluminado, criando um ponto de destaque elegante à noite.

analise polestar 2

Um outro pormenor interessante, é o facto de existir um símbolo da Polestar iluminado junto ao teto panorâmico que é visível do lado de fora e cria também um apontamento bastante interessante com o logo.

Visto de dentro do Polestar 2 é também possível ver esta “estrela”, uma clara representação da estrela do norte no céu.

analise polestar 2

App Polestar

A acompanhar o Polestar 2, encontramos a app Polestar que permite controlar remotamente o automóvel.

Para configurar a chave digital no smartphone necessita que as 2 chaves estejam no carro e o smartphone próximo e que a conta seja de administrador. Depois, basta seguir os passos indicados no ecrã.

Depois de tudo configurado, poderá encontrar as seguintes funcionalidades:

  • Estado da bateria – Saiba quanta bateria tem atualmente no carro
  • Abrir ou fechar portas – Pode abrir ou fechar as portas remotamente
  • Qualidade do ar – Identifica a qualidade do ar dentro do carro e permite iniciar o ciclo de purificação de 5 minutos
  • Carregamento – Permite saber a percentagem atual de bateria e a autonomia dinâmica atual do carro. Pode também controlar ou agendar o carregamento.
  • Localização do Polestar 2 – Indica a posição exata no mapa onde o carro está localizado

A aplicação funciona bem e é bastante intuitiva. No entanto, ao iniciar e entre ativações/desativações de funcionalidades a app entra em atualização e obriga a que esta seja concluída para voltar a interagir. Este processo de atualização por vezes é um pouco demorado e pode demorar uns bons segundos a conseguir interagir.

analise polestar 2

Tecnologia de condução e segurança

Sendo uma marca tradicionalmente ligada à segurança, o Polestar 2 mostra-se também como um carro bastante seguro e repleto de tecnologias para ajudar o condutor.

Para recolher dados necessários às ajudas inteligentes à condução, este carro conta com três unidades de radar, cinco câmaras e doze sensores ultrassónicos que permitem monitorizar o espaço em redor.

Ao contrário de outros carros, não inclui estacionamento autónomo, heads up display ou outras tecnologias idênticas, com a Polestar a preferir focar-se no essencial.

Sensores de estacionamento e câmaras 360º

O Polestar 2 conta com 5 câmaras e 12 sensores que permitem facilitar o estacionamento ao apresentar uma representação 360º do carro e de permitirem uma medição constante das distâncias do espaço envolvente.

Este sistema funciona bastante bem e permite ter uma maior noção da manobra e da forma como posicionamos o veículo.

analise polestar 2

Cross Traffic Alert com Auto Brake

Ao realizar marcha atrás o Polestar 2 está constantemente a monitorizar o espaço envolvente para tentar identificar possíveis carros ou peões que possam surgir sem que o condutor se aperceba.

Desta forma, quando recuamos, surge por vezes uma luz vermelha e um aviso sonoro nos cantos da câmara traseira de forma a alertar que irá surgir algum carro num dos lados da via.

Para os estacionamentos conta também com uma funcionalidade de travão automático caso sinta que está muito perto do carro de trás. Esta funcionalidade ativou-se uma vez enquanto estacionámos num lugar apertado. Embora tenha aparentado que tivéssemos batido no carro de trás, na verdade foi o Polestar 2 a ativar a travagem para assegurar que não existia embate.

analise polestar 2

Controlo da Velocidade Adaptativo (Adaptive Cruise Control)

Nas definições do Polestar 2 é possível escolher entre o modo de cruise control tradicional ou o Cruise control adaptativo.

Esta é uma funcionalidade bastante útil, especialmente em autoestrada, onde pode definir a velocidade máxima em cruzeiro e deixar que o carro gira a velocidade consoante os obstáculos.

Por exemplo, podemos definir uma velocidade de 120 km/h, velocidade que o carro cumpre. Mas quando surge um outro veículo na frente, este reduz automaticamente a velocidade para manter a distância de segurança do carro da frente e volta a aumentar sozinho para a velocidade definida assim que deixar de ter alguém na sua frente.

analise polestar 2

Com esta funcionalidade as viagens em autoestrada são mais simples uma vez que é apenas necessário definir a velocidade máxima e utilizar os piscas quando o carro da frente já limita há bastante tempo e é necessário uma ultrapassagem.

O único ponto de melhoria a apontar a esta funcionalidade é a possibilidade das travagens automáticas poderem ser um pouco mais atempadas e progressivas para não gerar uma desaceleração mais agressiva.

Pilot Assist

De forma a mostrar a tecnologia de condução autónoma, o Polestar 2 conta já com Pilot Assist de nível 2.

Embora seja bastante engraçado e ao mesmo tempo assustador sentir o carro a conduzir sozinho, a verdade é que esta tecnologia ainda não é totalmente fiável e necessita algumas vezes de intervenção humana.

Em rotundas ou vias de acesso à autoestrada é frequente que não detete o local a percorrer, sendo necessário assumir o controlo para corrigir a direção.

O Pilot Assistant mostra-se assim como uma tecnologia engraçada, mas que ainda necessita de algum trabalho para que seja realmente fiável e autónomo.

analise polestar 2

Driver Alert Control

Com o Driver Alert Control, o Polestar 2 usa a câmara frontal para monitorizar o percurso e perceber quando o carro segue uma trajetória mais irregular e com indícios de sonolência ou distração.

Como é um método que apenas analisa a deslocação na estrada nem sempre deteta os níveis de cansaço, especialmente se este não afetar de forma gradual a direção.

analise polestar 2

Aviso de sinais de trânsito

O Polestar 2 analisa sistematicamente a estrada para detetar sinais de trânsito e comunicá-los no painel de instrumentos para que o condutor tenha sempre toda a informação para o ajudar na viagem.

Pode escolher se quer que este aviso seja apenas visual ou se também pretende que seja emitido um sinal sonoro.

analise polestar 2

Experiência de condução

Em termos de condução, o Polestar 2 mostrou-se sempre bastante seguro e estável em estrada, tanto em piso seco como molhado.

Embora por vezes os carros elétricos sejam associados a uma condução pouco dinâmica, no caso do Polestar 2 correspondeu sempre de forma dinâmica, com boa reação nas curvas e na aceleração e com a direção a ser bastante precisa.

analise polestar 2

No arranque dos 0-100 km/h conseguimos um valor próximo dos 5 segundos potenciado pelos 299 CV e os 490 Nm. Estes valores estão todos disponíveis no arranque, sentindo-se uma ligeira força contra o banco. Mesmo com esta aceleração a fundo nota-se o Polestar 2 bastante seguro, sem que os pneus cedam um segundo, mesmo com estrada húmida.

Em condução no dia a dia, tal como é habitual nestes carros, o modo de One Pedal é o melhor aliado. Embora inicialmente possa parecer estranho, uma vez que não temos sensibilidade no momento de largar o pedal, rapidamente se percebe o funcionamento e se apanha o hábito.

Desta forma, teremos uma aceleração normal quando carregamos no pedal, mas quando o largamos sentimos automaticamente a travagem que potencia a regeneração da bateria.

analise polestar 2

Com o tempo irá começar a perceber a intensidade e antecipação desta travagem, fazendo com que raramente utilize o pedal do travão.

Caso o modo standard do One Pedal seja muito violento a travar, nas definições desta funcionalidade pode baixar a sensibilidade ou até mesmo desligar esta funcionalidade.

Contamos também com diversas ajudas das tecnologias já mencionadas no ponto anterior, além de existirem ainda outras funcionalidades como o facto dos espelhos poderem baixar assim que aciona a marcha atrás para facilitar a manobra.

analise polestar 2

As ajudas ao estacionamento são também bastante úteis, quer para ajudar a conhecer os limites do Polestar 2, no caso dos sensores de proximidade, como para saber sempre a posição do mesmo através das câmaras que perfazem uma imagem de 360º.

analise polestar 2

Embora as câmaras não tenham a melhor definição do mercado, são mais que suficientes para ajudar a perceber o espaço envolvente e facilitar as manobras.

analise polestar 2

Autonomia

Em termos de autonomia, o Polestar 2 promete alcançar 655 quilómetros com uma única carga.

Embora o valor real seja sempre um pouco abaixo do que o apontado, a verdade é que depende muito do tipo de condução e percurso que se faz.

No caso de uma condução muito centrada em cidade, e tirando proveito da condução com um único pedal e da regeneração que permite, é possível um consumo a rondar os 14-15 kWh/100km, um valor que, tendo em conta a bateria de 82 kWh, aponta a autonomia para cerca de 550 a 580 quilómetros.

analise polestar 2

No entanto, se o percurso for muito centrado em autoestrada, experienciámos duas situações diferentes com o Polestar 2.

Com o cruise control adaptativo ligado a 135 km/h o consumo saltou para os 27-29 kWh/100km, um valor que reduz a autonomia para um valor que deverá ficar abaixo dos 300 quilómetros.

Já na condução com cruise control adaptativo a 125 km/h o consumo desceu para os 23-25 kWh/100km, crescendo assim a autonomia para um valor a rondar os 350 quilómetros.

analise polestar 2

Estes valores foram registados numa viagem A1 de Aveiro a Leiria, podendo a autonomia ser mais reduzida se considerarmos um caminho com mais subidas e descidas.

Para ajudar a acompanhar e estimar mais detalhadamente a bateria, o Polestar 2 inclui um app de Assistente de autonomia que dá indicações sobre o tipo de condução feita, o consumo instantâneo e a autonomia dinâmica com base na condução atual, indicando o mínimo e máximo que o carro é capaz com a bateria restante.

analise polestar 2

Para ir mais ao detalhe, é ainda possível visualizar um gráfico de barras com a evolução do consumo nos últimos 100 quilómetros percorridos.

analise polestar 2

Experiência de carregamento

Em termos de carregamento, o Polestar 2 permite carregar até 11 kW em tomadas AC e 205 kw em tomadas DC.

analise polestar 2

No caso das tomadas AC, mais ligadas a um carregamento doméstico, é possível alcançar carregamentos até 32A.

Tendo em conta que as tomadas típicas de casa são de 16A, é necessário alterar as tomadas para uma terminação industrial e aplicar um cabo de 6mm para permitir usufruir de todo o potencial do carro.

analise JUICE BOOSTER 3 Air

No caso dos carregamentos nas tomadas standard, usámos o carregador Juice Booster 3 AIR para carregar ao máximo permitido, os 13A, o que equivale a cerca de 3 kWh de carregamento. Este é um valor lento que eleva o tempo de carregamento para mais de 25 horas.

De origem, o carregador AC incluído no carro permite apenas um carregamento a 10A, ou seja, cerca de 2.78 kWh, que ainda amplia este tempo de carregamento.

analise JUICE BOOSTER 3 Air

Passando ao carregamento rápido, podemos usufruir de grande parte dos carregadores de rua (ou uma wallbox mais potente instalada em casa) para carregar com valores a rondar os 60 a 120 kWh.

No limite, é possível carregar o carro em cerca de 30 minutos, desde que seja utilizado um carregador que explore o máximo dos 205 kWh suportados pelo Polestar 2.

Junto com o carro encontramos um carregador AC, para ligar à tomada doméstica, e um carregador DC Type 2 para carregamento na rua.

analise polestar 2

Locais para carregamento

Para encontrar locais para carregar o Polestar 2 pode instalar no Android Automotive a app PlugShare, de forma a que lhe seja apresentado um mapa ao estilo do Google Maps com os sítios de carregamento mais perto de si, além de ter possibilidade de planear onde carregar nas suas viagens.

analise polestar 2

Soluções para carregamento sem cartão físico

Se chegar a um posto com um carro elétrico e ainda não tiver um cartão físico para o usar, não se preocupe, existem soluções.

Pode usar o Via Verde Mobilidade, que permite desbloquear o posto com a app e juntar à faturação da Via Verde, e pode ainda usar a Miio, disponível para Android e iOS.

Esta é uma carteira virtual que pode carregar por MB Way e cartão de crédito ou usar com faturação mensal.

Na Miio basta instalar a app, criar o seu perfil, carregar o cartão virtual ou configurar a faturação e depois escolher o posto que pretende utilizar.

miio

Ao iniciar o carregamento a app vai automaticamente desbloquear o posto e permitir iniciar o carregamento. É frequente a app dar erro. Caso aconteça volte a repetir a operação que, normalmente, acaba por funcionar.

Pode acompanhar o progresso do carregamento na app, parar quando pretender e ainda ficar com um registo de todos os consumos e faturação.

Carro elétrico é a melhor solução para o futuro?

Esta é uma pergunta para o qual não existe uma resposta certa.

O facto de compensar ou não varia muito de condutor para condutor, do percurso que faz e da facilidade que tem em carregar este carro em casa ou no emprego.

Para condução em cidade, tendo em conta que há uma constante regeneração, é muito provável que os custos em carregamentos serão bastante mais baixos que um carro a combustível.

JUICE BOOSTER 3 Air analise

Já quem tem grande parte do percurso em autoestrada ou percorre grandes distâncias este investimento pode não ser tão rentável, especialmente se não tiver onde carregar em casa. O carregamento na rua fica bastante mais caro do que o carregamento doméstico, podendo representar um agravamento de pelo menos 7 a 8x, fazendo com que o custo seja muito próximo ou mais caro que um carro a gasolina ou gasóleo.

Em termos de manutenção, esta é bastante mais reduzida. Com o constante uso do One Pedal é raro ter de utilizar o travão, reduzindo bastante o gasto dos calços, sendo assim o maior custo o preço da troca de pneus.

analise polestar 2

Quanto às baterias, ainda não existem dados suficientes para perceber como irá evoluir o preço da troca, estando para já as baterias salvaguardadas pela garantia durante 8 anos, período onde muita coisa ainda vai mudar no mercado automóvel e nos seus custos de reparação.

Antes de comprar um carro elétrico é importante fazer uma análise do seu perfil de forma a perceber se este é o tipo de automóvel que faz sentido para si.

Opinião do Polestar 2 Long range Single motor

O Polestar 2 é um excelente carro, apostando num design elegante e irreverente que, embora seja discreto, não deixa ninguém indiferente quando se passa na estrada.

analise polestar 2

Em termos de qualidade de materiais, tudo é escolhido com critério para transmitir ao condutor uma sensação de qualidade e durabilidade. Exemplo disso é a escolha de materiais nobres como o acabamento em tecido ou madeira.

analise polestar 2

Passando à condução, esta é bastante dinâmica e divertida, especialmente tirando proveito do binário totalmente disponível no arranque. O carro agarra-se bem às curvas, a direção é responsiva e o modo de condução One Pedal permite, com o hábito, uma condução mais natural e eficiente.

analise polestar 2

A autonomia e a regeneração de bateria funcionam muito bem em cidade, tendo sido possível fazer viagens para o trabalho sem grandes gastos, embora tal não se registe na autoestrada onde os consumos disparam consideravelmente.

analise polestar 2

Em termos de carregamento, o Polestar 2 permite alcançar os 205 KWh, um valor que, se explorado na totalidade, permite carregar a totalidade da bateria em cerca de 30 minutos.

Como ponto mais negativo, é necessário apontar o espaço dentro do habitáculo. Na traseira temos um problema de altura, não sendo necessário ser muito alto para bater com a cabeça no teto, enquanto na frente a enorme coluna central influencia no espaço para as pernas e para a mão direita do condutor.

analise polestar 2

No geral, o Polestar 2 é um excelente carro e permite aliar uma condução cuidada, segura e económica com uma condução mais desportiva, agressiva e responsiva quando o condutor assim o entende.

Este carro tem um preço inicial de 52 400€, embora a versão em análise, a Polestar 2 Longe Range Single Motor custe 55 900€, mais 4500€ para os packs Pilot e Plus.

O Techbit agradece à Polestar a cedência do Polestar 2 para análise.

Polestar 2 Long range Single motor

52 400€
8.9

conforto

8.5/10

Condução

9.0/10

Funcionalidades

9.0/10

Autonomia

9.0/10

Carregamento

9.0/10

Pros

  • Condução dinâmica e segura
  • Android Automotive simples e intuitivo
  • Design elegante e irreverente

Contras

  • Espaço e arrumação no habitáculo
  • Falta de Android Auto para maior integração com o smartphone
  • Chave com visual muito desfasado do preço do Polestar 2
Participe no passatempo:
passatempo xiaomi smart band 8

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory