Black Friday preocupa especialista de cibersegurança

Com o mês de novembro chega uma das alturas mais aguardadas pelos consumidores, a Black Friday. Juntamente com este momento especial de descontos, junta-se a Cyber Monday e ainda a época de Natal.

Estes três momentos levam, todos os anos, a um aumento drástico das compras por parte dos consumidores e, claro, os cibercriminosos também sabem desta janela de oportunidade que surge todos os anos. Os especialistas contam que vai existir um aumento exponencial de ataques informáticos a começar logo na Black Friday e a continuar pelas seguintes semanas.

black friday sale smartphone descontos shopping compras
Publicidade

Black Friday é utilizada como chamariz para ataques informáticos

Nesta altura da Black Friday os consumidores estão mais atentos às publicidades das marcas e estão, também, mais propícios a procurar o melhor negócio possível para comprar algo novo ou adiantar as prendas de Natal.

Nesta época de descontos de Black Friday, as vendas dos smartphones, tablets, computadores, smartwatches e outros equipamentos semelhantes aumentam em grande escala e, para os mais desprevenidos, poderá ser a abertura de uma porta para ocorrer um ataque informático.

A S21sec, a maior empresa de serviços de cibersegurança da Península Ibérica, partilhou algumas dicas para aumentar a segurança dos consumidores durante a utilização destes equipamentos, especialmente agora que a Black Friday está cada vez mais próxima.

black friday sale smartphone descontos shopping compras

Antes de adquirir qualquer equipamento, procure entender quais os tipos de características e funções de segurança que este possui, as vantagens, desvantagens e riscos associados às suas necessidades específicas e à utilização do equipamento. Não é por ter um preço de Black Friday que deve escolher qualquer coisa apenas por estar mais barata.

No caso de adquiri um equipamento novo e este tenha algum tipo de password de segurança pré-definida, deve proceder logo à sua alteração. Esta senha inicial é, por norma, apenas um exemplo simples de como pode definir a sua e costuma ser muito fácil de descobrir.

No que diz respeito a atualizações, este é um tópico muitas vezes ignorado pelos utilizados menos entendidos no assunto. No entanto, as atualizações de segurança são disponibilizadas com alguma frequência e devem ser instaladas para que o equipamento possa ter as aplicações e o sistema com todos os erros anteriores corrigidos pelos programadores, evitando assim que os atacantes possam explorar esta vulnerabilidade existente.

black friday sale smartphone descontos shopping compras

“No meio de toda a vontade natural em explorar um novo smartphone ou associar um outro dispositivo a outros que já temos, há que ter em conta que temos de ter alguns cuidados iniciais para reforçar o nível de proteção. Os hackers estão sempre atentos a novas formas de roubar dados ou causar algum outro tipo de dano e, por isso, é importante mantermo-nos seguros, protegendo os dispositivos que usamos diariamente com passos tão simples como aqueles que aqui partilhamos”

Hugo Nunes, Team Leader de Threat Intelligence na S21sec em Portugal

Aumento exponencial do cibercrime

O período de Black Friday é arriscado para os menos informados e a S21sec prevê um aumento exponencial do cibercrime durante esta época, que deve alastrar-se até depois da altura de Natal.

Se vai apostar nas compras online durante a Black Friday, tenham em atenção os conselhos deixados pelos especialistas para que possa aproveitar os descontos e o espirito natalício da melhor forma e em segurança.

linkedin sales solutions UK1N66KUkMk unsplash Black Friday
  • Compre através de plataformas seguras e conhecidas
    Desconfie das lojas que vendem produtos quase de borla. Se não está seguro da sua procedência, é melhor evitá-las e aceitar que vale mais gastar uns euros extra em prol da segurança dos seus dados ou do seu dinheiro.
  • Verifica o website antes de pagar
    Reveja o seu browser e assegure-se de que o domínio ou URL da loja digital não é suspeito: deve conter o nome exato da loja sem alterações ou erros de ortografia. Se não coincidir, não faça qualquer compra. Assegure-se também que se trata de pagamento seguro, verificando que o endereço do website começa por https://.
  • Desconfie das mensagens massivas
    Evite aceder a ofertas estranhas que conhecidos seus partilham nas redes sociais ou grupos de Whatsapp. Utilize o seu julgamento crítico para decidir se um produto realmente pode ser oferecido a um preço exageradamente baixo. Perante qualquer dúvida, é melhor procurar essa mesma oferta diretamente na página web oficial da loja.
  • Não difunda a fraude
    Não alimente esta “bola de neve”, partilhando estas mensagens entre os seus conhecidos sem especificar que se trata de uma burla: o “boca a boca”, inclusive a nível digital, alimenta a proliferação deste tipo de fraude.
  • Evite descuidos nas redes abertas
    Se está ligado com o seu equipamento a uma rede WiFi partilhada, não faça compras online: procure os artigos através das aplicações oficiais das lojas, coloque-os no carrinho de compras e finalize a transação quando estiver conectado numa rede segura. Jamais use os seus dados bancários numa rede pública.
  • Faça compras conscientes
    Embora a oferta seja muito tentadora, questione-se se realmente necessita desse produto ou serviço. Não se guie por impulsos. Muitas vezes as ofertas não são assim tão boas como parecem. Nunca deixe de se perguntar: “será que preciso mesmo disto?”. Fomente uma cultura de compra responsável.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade