REvil, o grupo de cibercriminosos, tem os sites em baixo

O grupo é responsável por diversos ataques em grande escala e, aparentemente, agora encontra-se com os seus websites em baixo.

A Check Point alerta que esta pode ser uma jogada por parte do REvil que poderá querer manter-se mais discreto nos próximos tempos para desviar as atenções de futuros ataques que possam surgir.

Hacker PC Virus Ataque Ransomware
Publicidade

REvil pode estar a querer passar despercebido

O grupo de hackers tem estado bastante ativo nos últimos tempos. Com ataques de grandes dimensões, este grupo foi responsável pelos ataques ocorridos à Colonial, à Pipeline, à Kaseya e à JBS.

O ataque em grande escala que conseguiram concretizar contra a empresa Kaseya chegou a atingir mais de 1000 empresas por todo o mundo e levou mesmo ao encerramento temporário de alguns estabelecimentos.

hacker REvil ransomware

A Check Point comentou este súbito desaparecimento dos websites ligados ao grupo. Segundo a empresa especializada em ciberameaças, este acontecimento pode ser uma de duas hipóteses: pode tratar-se de um “takedown silencioso, tal qual como aconteceu na situação do DarkSide, onde os hackers foram discretamente derrubados pelas autoridades competentes” ou então o grupo “ter decidido manter-se discreto”.

Rui Duro, Country Manager da Check Point Software Technologies em Portugal, continua a justificação da segunda hipótese colocada em cima da mesa com o facto de termos visto diversos ataques do grupo a serem realizados com sucesso em grandes empresas.

ransomware hacker virus informatico dinheiro pc

“É possível que se tenham ‘reformado’, pelo menos temporariamente, como aconteceu há uns anos com o ransomware GandCrab”.

A empresa recomenda que não se tirem conclusões precipitadas pois, segundo Rui Duro, “o REvil é, sem dúvida, dos grupos de cibercriminosos mais impiedosos que já vimos. Pode ser demasiado cedo para celebrar.”

Segundo os dados recolhidos pela Check Point, nos últimos 2 meses foram registados 15 ciberataques do REvil por semana. Sendo que o foco dos ataques foram os Estados Unidos da América, o Brasil e a Índia.

Hacker PC Virus Ataque Ransomware

Nos últimos 12 meses a empresa avançou que os ataques de ransomware aumentaram cerca de 93% a nível mundial.

Não esquecendo ainda que, em Portugal, existiu também um grande aumento deste tipo de ataques, sendo que foi registado um aumento de ataques de ransomware de cerca de 265% no último ano.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade