Análise ASUS Zenbook 14X OLED – a agradável experiência de um ecrã OLED num computador portátil

Os computadores portáteis são algo que, durante alguns anos, pouco tiveram de inovação. No entanto, esse cenário tem vindo a mudar com o avançar dos tempos e a ASUS acompanhou muito bem a evolução oferecendo algumas características diferenciadoras em alguns dos seus equipamentos.

Um dos modelos que tivemos em mão para testar foi o ASUS Zenbook UX5400EG-71DM5CB2 (Zenbook 14X OLED para os amigos) que nos permitiu perceber o que pode um ecrã OLED trazer de benéfico a um mercado bastante vasto, ainda para mais quando aliado a um segundo ecrã mais pequeno que serve, também, de trackpad.

ASUS Zenbook 14X OLED
Publicidade

Estes são os principais pontos diferenciadores do portátil em questão, no entanto, este poderá ser um dos casos em que ter algo a diferente pode não ser tão bom como aparenta.

Características gerais do ASUS Zenbook 14X OLED

Começando pelo básico, o modelo que recebemos para testes, UX5400EG-71DM5CB2, vem bastante bem equipado para a gama de portáteis em que está inserido.

A peça principal do computador é uma só: o ecrã. No ASUS Zenbook 14X OLED podemos encontrar, como o próprio nome indica, um ecrã de 14 polegadas, OLED, com HDR e quase sem qualquer rebordo à volta do mesmo. A acrescentar ao ecrã, este trata-se de um painel sensível ao toque com um máximo de 550 nits de brilho e ainda conta com o selo de validação Pantone.

Este é, sem sombra de dúvidas, o maior foco da ASUS nesta gama de portáteis. O ecrã é extremamente apelativo e as cores conseguidas são o sonho de muitas pessoas que trabalham com edição de imagem ou que, simplesmente, querem um ecrã capaz de oferecer uma visão mais precisa dos conteúdos.

ASUS OLED ASUS

O corpo do ASUS Zenbook 14X OLED é todo metálico com alguns detalhes na tampa de forma a oferecer um design simples, elegante e resistente.

No interior do ASUS Zenbook 14X OLED encontramos um processador Intel i7 de 11ª geração acompanhado por uma Nvidia MX450.

O modelo em questão que tivemos em testes conta com 1TB de armazenamento interno SSD e ainda com 16GB de memória RAM para aguentar qualquer tarefa que seja necessária sem qualquer problema dos dois lados.

ASUS Zenbook 14X OLED

Um extra que salta imediatamente à vista de qualquer pessoa assim que abrimos a tampa do computador, é o Screen Pad da ASUS. Este é o segundo ecrã que estes equipamentos oferecem que, além de servirem de trackpad normal e comum, conseguem ainda agir como um segundo ecrã do computador. Este é um tópico que tem muito que se lhe diga.

O ASUS Zenbook 14X OLED é um portátil bastante fino e fácil de transportar, contando com uma espessura de 16.9mm e um peso total de 1.4Kg.

O ecrã pode ser aberto até um ângulo máximo de 180º e, nas laterais contamos com um leitor de cartões MicroSD, duas portas Thunderbolt 4 USB-C, uma saída de áudio jack 3.5, uma porta HDMI e ainda uma porta USB 3.2.

ASUS Zenbook 14X OLED

O som do equipamento é proporcionado pela parceria com a harman/kardon, mas não é, de todo, o foco do computador ou da marca. No botão Power contamos ainda com um leitor de impressões digitais integrado.

O dia a dia com o ASUS Zenbook 14X OLED

Uma visão geral da utilização

Uma questão que poderá ser só uma comodidade, mas que se tornou algo a destacar, é de facto o leitor de impressões digitais no próprio botão Power. Além de funcionar muito bem na leitura da impressão digital, ao ligarmos o computador com o dedo registado, este inicia a nossa sessão automaticamente sem que seja necessário um passo extra ao ligar o ASUS Zenbook 14X OLED.

ASUS Zenbook 14X OLED

Sessão iniciada e começamos o dia de trabalho ao computador. O ecrã OLED é sem sombra de dúvidas uma lufada de ar fresco comparando com os outros equipamentos mais convencionais. Os olhos agradecem as cores mais vivas e os contrastes maiores, além de podermos trabalhar qualquer questão de imagem com a certeza de que as cores estão mais próximas da realidade que noutro tipo de ecrãs.

Inicialmente o que nos custou mais a conseguir utilizar como algo normal no dia a dia foi mesmo o trackpad do ASUS Zenbook 14X OLED. O facto de ser um ecrã mostrou-se um pouco estranho ao início e, à primeira vista, não vamos ter grande utilidade para o mesmo.

Com o tempo, o hábito instala-se e começamos a forçar a utilização do mesmo até que se torne hábito. A partir deste ponto já temos os programas mais utilizados à distância de um simples toque, colocamos o Spotify no ecrã pequeno para que possamos ir controlando o que queremos ouvir e, nos programas compatíveis, os atalhos de edição ou de interação são uma boa ajuda para a produtividade.

ASUS Zenbook 14X OLED

Torna-se incomodativo nos casos em que não estamos a utilizar um rato externo, pois temos de estar constantemente a ativar e desativar a função de trackpad caso queiramos utilizar um atalho do Screen Pad. No fundo, é uma função interessante de se ter, mas não foi das funções que mais nos convenceu quanto à sua utilidade no dia a dia.

O teclado do ASUS Zenbook 14X OLED conta com teclas de plástico, retro iluminadas, que se mostram um pouco mais rígidas que alguns computadores no mercado, no entanto, uns minutos de escrita e essa diferença desaparece e passa a ser, talvez, dos teclados mais confortáveis para longas horas a escrever textos num computador portátil. O espaçamento das teclas é apropriado e o som feito ao escrever não é ensurdecedor.

ASUS Zenbook 14X OLED

Autonomia – um misto de emoções

No que diz respeito a passar o dia inteiro sem preocupações com o ASUS Zenbook 14X OLED torna-se um ponto com alguns pontos a favor e outros contra. Isto porque houve dias em que a bateria se aguentou sem problemas e ainda sobrou um pouco e outros dias semelhantes em que a mesma precisou de algum auxílio por parte da tomada elétrica.

Temos a perfeita noção que a autonomia de um portátil está sempre diretamente relacionada com a utilização dada ao mesmo, e até esse ponto não temos qualquer queixa a apresentar. No entanto, o que conseguimos perceber é que os dois ecrãs do ASUS Zenbook 14X OLED podem tornar-se inimigos da bateria assim como uma ligeira alteração no brilho do ecrã se mostrou como algo muito prejudicial.

ASUS Zenbook 14X OLED

Em dias de utilização normal e com o brilho a meio gás, o ASUS Zenbook 14X OLED portou-se lindamente e aguentou o dia inteiro sem problemas de performance ou sem a necessidade de ser ligado à corrente. No entanto, num dia com um pouco mais de sol a entrar pela janela e com o brilho de ecrã apenas dois níveis acima do que estava a ser utilizado e a bateria já tem alguns problemas a aguentar um dia de trabalho.

Pelos testes, o ponto de conforto para uma utilização sem problemas prende-se um pouco acima do meio brilho. O ecrã não fica muito escuro para utilizar num sítio iluminado nem demasiado claro para prejudicar a autonomia do ASUS Zenbook 14X OLED.

ASUS Zenbook 14X OLED

Um ponto positivo é que o carregamento do computador é rápido o suficiente para, enquanto fazemos uma pausa para o almoço, este carregar uma percentagem bastante generosa da bateria para aguentar o dia inteiro e ainda se manter ativo para algum entretenimento multimédia. O carregamento é feito através da uma das portas USB-C.

Performance para todos os trabalhos

O interior do ASUS Zenbook 14X OLED está bastante bem composto. Isto significa que qualquer trabalho de edição, de escrita, de análise de dados ou de qualquer outra tarefa será realizado sem grandes problemas.

Mesmo sendo um computador fino, o corpo metálico aliado à ventilação lateral e ao sistema de arrefecimento permitem que o computador não aqueça com facilidade e consiga dissipar rapidamente o calor nos momentos de maior necessidade.

ASUS Zenbook 14X OLED

Quando ligado à corrente a ASUS oferece um atalho para adaptar o computador à utilização que lhe vai dar. Pode alterar rapidamente entre o modo Equilibrado, Sussuro e Desempenho através do atalho Fn + F, podendo assim manter o computador preparado para uma utilização mais simples ou mais puxada consoante a necessidade do momento.

Áudio abaixo do esperado

Apesar deste não ser o foco dos computadores portáteis, quando anunciamos uma pareceria com uma empresa conceituada no ramo, como é o caso da harman/kardon, deixamos as expectativas mais elevadas para o consumidor.

Neste campo o ASUS Zenbook 14X OLED desiludiu-nos um pouco. O som emitido não é que seja mau, apenas não nos preenche os ouvidos como esperávamos. Os graves não são muito fortes e nota-se que o foco maior foi mesmo nos agudos que, esses sim, são bastante bem conseguidos.

ASUS Zenbook 14X OLED

No entanto, mesmo no volume máximo, o som não se torna envolvente e não atinge um volume muito alto. Serve perfeitamente para nos acompanhar durante o trabalho, especialmente se for o caso de estarmos por casa, mas para momentos de maior lazer e ouvir apenas uma boa música poderá não satisfazer todos os gostos.

Veredito final

De forma geral, o ASUS Zenbook 14X OLED mostrou-se um computador bastante completo para levar para todo o lado e ter o trabalho feito sem problemas nenhuns. Com o equilíbrio das definições correto é capaz de aguentar mais de um dia de utilização moderada sem qualquer problema.

O carregamento rápido e via USB-C é um ponto positivo para ajudar nos dias mais atarefados a conseguir um bom aumento de autonomia em pouco tempo e o ecrã OLED é uma agradável experiência para a vista do utilizador e o facto de ser um painel sensível ao toque vai sempre acabar por levar o utilizador a cortar tempo em tarefas mais diretas e ir com o dedo ao ponto de toque (atenção aos dedos sujos no ecrã, não fica bonito depois de muita utilização).

ASUS Zenbook 14X OLED

O Screen Pad ASUS Zenbook 14X OLED é um ponto diferenciador que vai sempre chamar à atenção de toda a gente, mas em termos práticos, não conseguimos ver o grande benefício em ter este segundo ecrã presente no computador. É prático para acedermos rapidamente a algumas funções dentro de programas ou para abrir determinadas aplicações e atalhos com um só toque, mas não acreditamos que seja um fator relevante na altura de comprar um computador portátil.

Em termos de performance, aqui sim, o ASUS Zenbook 14X OLED brilhou. Não houve uma única função que o portátil não desempenhasse sem problemas e durante os testes nunca mostrou qualquer sinal de lentidão ou de perda de performance nas tarefas realizadas. O trabalho realizado no decorrer dos nossos testes envolveu maioritariamente alguma edição de fotos e vídeos, escrita de textos, análise de dados em Excel e diversos separadores abertos em simultâneo com tarefas distintas a correr.

ASUS Zenbook 14X OLED

No fundo, o ASUS Zenbook 14X OLED é um computador portátil de calibre, preparado para aguentar qualquer tarefa que lhe seja colocada à frente e que se vai destacar de muitos outros equipamentos do mesmo segmento quando colocado lado a lado. É fácil de transportar e consegue oferecer uma boa autonomia de forma geral com as definições corretas. Os pontos que o distinguem dos restantes concorrentes do mercado são também os pontos que o prejudicam em algumas questões, no entanto, no que diz respeito a mostrar-se uma máquina capaz, ninguém lhe tira o mérito.

O ASUS Zenbook 14X OLED (UX5400EG-71DM5CB2) encontra-se à venda com um PVP de 1599€.

Agradecemos à ASUS por nos disponibilizar o computador para análise.

ASUS Zenbook UX5400EG-71DM5CB2

1599€
8.9

Qualidade de construção

10.0/10

Performance

10.0/10

Som

7.0/10

Autonomia

8.0/10

Design

9.5/10

Pros

  • Ecrã OLED sensível ao toque
  • Teclado confortável
  • Design metálico e robusto
  • Leitor de impressões digitais no botão Power

Contras

  • Screen Pad consome mais bateria e não traz muita utilidade associada
  • Som baixo e com poucos graves

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory