Google não fará distinção entre conteúdo criado por humanos e IA na pesquisa

Com a popularização do Bard e do ChatGPT, surgiram muitas dúvidas de como a Google iria categorizar o conteúdo produzido por inteligência artificial na sua pesquisa.

De forma a esclarecer este assunto, a empresa americana afirmou que irá manter os mesmos critérios mantidos até agora e que não irá fazer distinção entre conteúdos feitos por humanos e Inteligência artificial.

google
Publicidade

Pesquisa da Google irá manter o mesmo critério para conteúdos de humanos e inteligência artificial

Com o lançamento do ChatGPT, e agora do Google Bard, o acesso às ferramentas de inteligência oficial tornou-se muito mais simples e gratuito.

Desta forma, muitos criadores de conteúdo passaram a utilizar esta ferramenta para criar as suas publicações, acelerando assim a quantidade de artigos nos seus websites.

Com esta nova tendência, muitos se começaram a questionar se a Google iria fazer alguma distinção entre os conteúdos, penalizando aqueles feitos por inteligência artificial, ou se iria manter o mesmo critério para todas.

pesquisa google smartphone

Para clarificar este assunto, a Google afirmou agora que todo o conteúdo será tratado por igual, independentemente da origem, sendo apenas consideradas as regras de qualidade e originalidade que tem sido aplicado até agora.

Assim, a otimização de conteúdo vai seguir os critérios do ranking de competência, experiência, autoridade e fiabilidade.

Dando como exemplo o facto de não ter dado prioridade aos meios de comunicação tradicionais face a blogs, a empresa americana defende agora que também não deve dar prioridade aos conteúdos feitos por humanos.

apple iphone google

A Google pede assim que a inteligência artificial seja vista como uma ferramenta para ajudar os criadores de conteúdo a escreverem mais e mais rapidamente, embora devam continuar a cumprir com todos os critérios de relevância para o seu público de forma a continuar a ser destacado em termos de SEO.

Nas últimas semanas, têm sido vários os protestos que têm surgido nas redes sociais devido à grande quantidade de conteúdo que tem surgido produzido utilizando o ChatGPT e outras ferramentas, algo que sido considerado pelos utilizadores como Spam e uma degradação da ferramenta de pesquisa.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory