Análise Hisense 65U8HQ – uma TV mini-LED de qualidade com um preço apelativo

No mercado das televisões a Hisense tem vindo a marcar a sua posição com uma aposta forte no mercado. Desde as gamas mais baixas às suas topo de gama, a marca tem-se mostrado uma concorrente de peso num mercado que, até há pouco tempo, estava muito estagnado.

Com uma vasta gama colocada no mercado, a Hisense cedeu-nos um dos modelos de topo, a 65U8HQ, um dos modelos ULED que a empresa tem atualmente no mercado que conta ainda com a tecnologia Mini-LED para um resultado mais aprimorado de imagem.

hisense u8hq televisão tv
Publicidade

Características técnicas da 65U8HQ

O modelo 65U8HQ da Hisense conta com praticamente tudo o que um utilizador mais exigente pode procurar numa televisão. Podemos até considerar que estamos perante um produto que cumpre com os 3 B’s que os consumidores tanto querem: “Bom, Bonito e Barato”.

No caso do modelo que recebemos para testes, falamos da versão de 65 polegadas, no entanto, as características são iguais no modelo de 55 polegadas, com a exceção do tamanho e do peso.

hisense u8hq televisão tv

Falamos de uma televisão com um pé metálico, central, que fica muito simples e discreto numa mesa ou móvel de sala, dando o destaque todo à televisão em si. A U8HQ tem um ecrã Mini- LED ULED 4K, com um tempo de resposta de 8ms, um ângulo de visibilidade de 178º com a tecnologia Quantum Dot.

Conta com uma taxa de atualização de 120Hz e um brilho máximo de 1300 nits. Trata-se de um painel Full Array com Local Dimming, HDR10+, Dolby Vision e IMAX Enhanced. A nível de tecnologias de imagem estamos perante tudo o que o utilizador pode pedir.

No que diz respeito ao som, a U8HQ conta com uma barra frontal em tecido, que poderá agradar a uns mais que a outros no que diz respeito à estética do equipamento, mas que tem uma função que vai agradar a todos. Esta televisão da Hisense oferece um som diferente do habitual nestes equipamentos, pois conta com 4 altifalantes (10W+20W+2*5W), de forma a que haja uma distribuição maior do som por todo o espaço.

Além disso, na maioria dos casos, deixa de ser necessário a aquisição de uma soundbar, uma vez que a U8HQ mostrou-se bastante capaz de preencher os requisitos de muitas barras de som de gama baixa e mesmo algumas de gama média pois incluí ainda um subwoofer na própria TV.

Em termos de entradas, encontramos 4 portas HDMI, 2 portas USB, 1 entrada áudio mini, uma saída para auscultadores, uma saída S/PDIF e ligação de rede RJ45.

A U8HQ conta ainda com a possibilidade de ser controlada com comandos de voz através do assistente proprietários do sistema VIDAA, da Alexa ou do Google Assistant.

Experiência imersiva

Anteriormente já havíamos testado um dos modelos ULED que a Hisense nos disponibilizou, na altura tratou-se do modelo U8GQ, que já nos tinha impressionado bastante a nível de imagem. Com a nova U8HQ os resultados conseguiram ser ainda melhores do que estávamos à espera.

De facto, estamos perante uma televisão que consegue tornar-se muito imersiva com um ajuste de cores e contrastes muito bem conseguido. Não satura em demasia as cores e não abusa nos contrastes, consegue um equilíbrio de ambos bastante realista, podendo falhar um pouco de nada nos brancos mais claros dependendo sempre da cena em questão.

hisense u8hq televisão tv

A tecnologia ULED baseia-se na utilização de um processador de imagem de alto desempenho, desenvolvido pela própria Hisense, na retroiluminação LED de alta resolução e ainda numa ampla gama de cores de forma a reproduzir o aspeto natural e a nitidez das imagens.

Aliando esta tecnologia aos Mini-LED que, segundo a Hisense, são cinquenta vezes mais pequenos em tamanho quando comparados aos LED normais, conseguimos ter imagens com pretos mais profundos e destaques mais brilhantes com menos margem para falhas.

Um ponto em que sentimos algumas dificuldades, talvez mais associadas ao tamanho do ecrã, foi na questão de ver televisão em direto através do operador. Como se trata de uma resolução mais baixa que é transmitida para as casas dos portugueses, a televisão acaba por se ver forçada a realizar um grande upscaling para compensar, o que leva a uma certa falta de qualidade na imagem final por “esticar” em demasia a transmissão.

No entanto, este não é um grande problema, pois ao fim de um tempo o utilizador acaba por se habituar e com a distância certa da televisão torna-se menos visível este desfoque que se cria.

hisense u8hq televisão tv

No que diz respeito a serviços de streaming, a U8HQ é compatível com todos os serviços mais populares (Netflix, Disney+, Amazon Prime, YouTube, etc) com a exceção, de momento, dos serviços HBO. A marca encontra-se a trabalhar numa atualização para integrar a HBO no seu catálogo de aplicações, mas no momento de publicação deste artigo ainda não é possível recorrer a esta app.

Dentro de todos os restantes serviços, a U8HQ sem sombra de dúvidas que consegue mostrar as suas capacidades máximas com uma imagem muito bem conseguida e com qualidade superior quando comparada com outras televisões na mesma gama de preços de marcas concorrentes.

Som envolvente para todas as utilizações

Hoje em dia a televisão já não serve apenas para ver filmes, séries e notícias. Passou a ser um centro de multimédia em casa, onde se foca o entretenimento de todos.

hisense u8hq televisão tv

Neste sentido, o facto de a U8HQ possuir um espécie de soundbar integrada com um subwoofer mostrou-se uma agradável surpresa no que diz respeito à envolvência e à qualidade conseguida apenas com a televisão, sem a necessidade de recorrer a equipamentos externos.

Ao vermos um filme ou uma série de ação, conseguimos ter uma dispersão de som bem conseguida que permite identificar de que lado está a acontecer a ação sem grandes problemas.

Já com a música, sem ser necessário levantar o volume a grandes níveis, a casa fica cheia de animação e não apresentou muita distorção com os tons mais graves, apenas quando colocávamos o volume, efetivamente, muito alto.

hisense u8hq televisão tv

Analisando os resultados, existem diversas soundbar no mercado de gama baixa ou de gama média que oferecem um resultado inferior e menos preciso que o que obtemos na U8HQ da Hisense, pelo que poderá ser um caso a ponderar se será mesmo necessário comprar um equipamento extra no caso de adquirir esta televisão.

Sistema VIDAA

aqui entramos, talvez, no ponto em que a Hisense mais precisa de trabalhar. O sistema operativo VIDAA que encontramos nos seus equipamentos, incluindo na U8HQ, precisa de algumas melhorias.

hisense u8hq televisão tv

Não é que o sistema funcione mal ou tenha apresentado problemas de compatibilidade, pelo contrário, não tivemos quaisquer problemas neste sentido. Mas para um equipamento como a U8HQ não esperamos um sistema tão pouco cuidado a nível estético.

Os menus das definições parecem muito antiquados e, por vezes, um pouco lentos a desenvolver. A página inicial está bem conseguida, em consonância com o que encontramos no mercado e foi uma boa evolução que a empresa fez de um ano para o outro.

hisense u8hq televisão tv

No entanto, os menus ainda não estão bem lá e mostram um pouco a parte de se tratar de uma marca chinesa com menos poder de mercado que algumas marcas concorrentes. No entanto, não impede em nada a utilização da U8HQ.

Controlo de voz

A U8HQ oferece a possibilidade de ser controlada através de comandos de voz que vão ativar a assistente virtual própria do sistema VIDAA, a Alexa ou o Google Assistant.

Para sermos sinceros, não é uma funcionalidade que tenhamos utilizado muitas vezes. É bom termos esse controlo na televisão, especialmente se tivermos diversos gadgets em casa que possam ser controlados por este tipo de sistemas, mas foi sempre mais intuitivo recorrer ao telemóvel que à televisão.

Apesar disso, o sistema funciona bem mesmo em português. Podemos alterar as configurações da televisão, abrir e fechar aplicações, mudar de canais, no fundo, fazer quase todas as funções normais de um comando de TV mas com a voz.

Este controlo pode ser ativado ou desativado através de uma pequena patilha no comando da televisão.

Comando que não é fácil perder

O comando da U8HQ é bastante completo, isso não podemos negar, no entanto também é bastante grande e pesado.

Este foi um ponto que não conseguimos perceber tendo em conta as alternativas que encontramos em várias marcas de comandos mais compactos e igualmente capazes.

O comando da U8HQ tem atalhos para todas as funções, incluindo todos os serviços de streaming compatíveis com o sistema VIDAA, no entanto, achamos que a empresa podia optar por um formato mais compacto e mais em linha com a televisão, que apresenta um design bastante elegante.

Contas feitas, o preço/qualidade é o fator principal

Seguindo o fator que caracteriza a Hisense, a U8HQ mostrou ser um televisão que apresenta o melhor preço/qualidade que encontramos atualmente no mercado.

Isto porque estamos perante um ecrã muito bom, com tecnologia Mini-LED, sem apresentar um efeito esbranquiçado fora do esperado neste tipo de tecnologia, e que consegue albergar ainda um sistema de som completo que não desilude.

hisense u8hq televisão tv

Para assistir qualquer conteúdo de streaming é ideal, oferecendo uma experiência imersiva a todos os níveis, seja numa sala iluminada seja na escuridão total, pois o painel reflete muito pouca luz além de conseguir compensar essa situação com o brilho elevado que pode oferecer.

O pé central, em metal, é discreto e transmite uma imagem simples dando o destaque ao que de facto importa, a televisão em si. O corpo da U8HQ não é o mais fino do mercado, mas não foge à norma, contando ainda com a barra de tecido em baixo para uma melhor dispersão de som e com rebordo muito finos em torno do ecrã para que seja uma experiência sem distrações.

O comando, apesar de pesado e grande, é funcional e oferece todos os atalhos e mais alguns necessários. Além disso, os comandos de voz são feitos através do comando da U8HQ e funcionaram sempre sem quaisquer problemas de captação ou de resposta.

hisense u8hq televisão tv

De forma geral, estamos em frente a um equipamento topo de gama mais acessível que qualquer outro da concorrência, pois alberga muita tecnologia (e bem utilizada) para o preço que pagamos pela U8HQ.

A U8HQ pode ser adquirida por um PVPR de 1399.99€ na versão de 65 polegadas que testámos, e por um PVPR de 949.99€ na versão de 55 polegadas.

Compra recomendada Techbit 2023

Agradecemos à Hisense por nos ter disponibilizado a U8HQ para testes.

Hisense 65U8HQ

1399.99€
9.1

Design

9.0/10

Som

9.0/10

Qualidade de imagem

9.5/10

Preço

10.0/10

Compatibilidade

8.0/10

Pros

  • Painel com muito boa qualidade
  • Som envolvente
  • Design elegante
  • Preço

Contras

  • Comando grande e pesado
  • Incompatibilidade com serviço HBO (à data do artigo)
  • Distorção de imagem notável em televisão em direto do operador
nordvpn black friday campanha

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory